Review-ASUS-Zenfone-3-Laser

Análise ao ASUS Zenfone 3 Laser – a melhor câmara lowcost que existe

Design
84
Ecrã
82
Rendimento
69
Bateria
77
Câmaras
91
Eco-sistema
65
Review dos Leitores1 Vote
87
Design muito cuidado
Ecrã com boas cores e luminosidade
Câmara traseira surpreendente
Coluna horrivel
Sistema sobrecarregado com lixo
Preço europeu exagerado
78

A ASUS é uma companhia com pouca sorte no mercado dos dispositivos móveis, não sendo muito recomendada em muitos mercados devido aos seus preços. No entanto, se há algo que gostamos muito é que adaptem os seus dispositivos a diferentes usos. Por exemplo, como verão nesta análise, o Zenfone 3 Laser tem uma câmara espectacular, pelo que é bastante recomendada para as pessoas que gostem de fotografia.

Este dispositivo, lançado no ano passado, conta com um design muito premium. Com um corpo metálico e as bordas atrás redondas, um leitor de impressões digitais com metal anodizado e os botões um pouco diferentes pelas suas texturas. Se tens mãos pequenas, como eu, utilizá-lo com uma mão será um pouco difícil, especialmente por ser grande, com um ecrã de 5,5″. Mas se esse não for o vosso caso, melhor, porque também não escorrega muito.

Um ecrã grande e brilhante mas uma câmara melhor

Há uns anos, um smartphone de 5,5″ era considerado um phablet, mas hoje em dia é um tamanho standard. O ecrã deste Zenfone 3 Laser conta com uma resolução FHD e está protegido por Gorilla Glass 3. Com este ecrã não teremos nenhum problema, tanto dentro como fora de casa.

Pantalla ASUS Zenfone 3 Laser

Se comparar-mos com outros terminais com o mesmo preço, é capaz de estar entre os melhores. Não é um painel AMOLED nem conta com nenhuma tecnologia que melhore as suas cores, como Quantum Color+, algo que na realidade ajudaria, já que em alguns momentos chegam a ser algo apagadas. Se em algum momento tiverem esta sensação, podem facilmente personalizar os níveis de contraste do ecrã.

A principal razão pela qual deveriam comprar este smartphone, não é pelo seu ecrã, ainda que este seja grande e uma boa opção para o preço. A sua câmara traseira, de apenas 13 MP, é uma das câmaras mais impressionantes que já vimos na gama média.

Câmara traseira impressionante

Digo-vos a verdade, as minhas expectativas para um telemóvel de gama média não eram as melhores, mas talvez por isso me tenha surpreendido tanto. Em ambientes de baixa luminosidade conseguem fazer vídeos e fotos muito boas. com bom contraste, pouco ruído, boas cores e muita nitidez.

Fotos ASUS Zenfone 3 Laser

Podem ver todas as fotos na qualidade original aqui

Como podem ver no link que partilhamos, as fotos estão acima da média e nas mãos de alguém com mais aptidão e conhecimentos de fotografia, ainda poderão ser melhores. Todas as fotos que tirámos com este telemóvel foram sem preparação, apenas abrir a aplicação e tirar a foto. É assim que a maioria das pessoas utiliza um smartphone, pelo que saber que consegue bons resultados sem estar sempre a mexer nas definições, é um grande ponto a favor.

Mas se realmente quiserem alterar as definições, também o podem fazer, conta com muitas definições que podem mudar. Além do mais, incorpora vários modos como o HDR Pro, Animação GIF, Profundidade e outros que poderão utilizar se realmente gostarem de fotografia.

Cámara ASUS Zenfone 3 Laser

A sua câmara frontal de 8 MP também não está nada mal, especialmente para selfies. Não é tão boa como a câmara traseira, mas conta também com uns ajustes que permitirão melhorar a tua aparência de uma forma natural ou grotesta, desde aumentar os teus olhos, alisar a pele, etc. Em fim, tudo o que uma revista de moda faz com os seus modelos.

Rendimento

Executar as aplicações mais básicas, como Instagram, Facebook e WhatsApp é um dos requisitos que até um telemóvel de gama baixa precisa garantir para ser vendido. O Zenfone 3 Laser executa, claramente, estas aplicações, mas talvez não da melhor forma. Já me explico…

Depois de aceder à nossa conta de Gmail e instalar as nossas aplicações, entrámos no Instagram e a velocidade de conexão era muito lenta. Estivemos 20 minutos para ver uma história, e no final não a chegámos a ver. Talvez fosse um problema do Instagram, então tentamos entrar no Facebook. Mas aconteceu o mesmo… Ao ver isto, tentei com outros telemóveis que tinha à mão, para ver se seria problema da conexão de Wi-Fi, mas não, todos funcionavam bem.

Carcasa trasera ASUS Zenfone 3 Laser

Com o passar do tempo, e depois de muito desespero, demo-nos conta que o problema do Zenfone 3 Laser não era o executar aplicações, com o seu Snapdragon 430 e 2 GB de RAM, mas sim dos seus sensores. O módulo Wi-Fi funciona muito mal, tanto que por vezes a conexão de Wi-Fi desaparece por momentos. Durante as chamadas não tivemos problemas, bem como com o GPS, mas é frustrante saber que o que mais uso tem, o Wi-Fi, pode falhar em alguns momentos.

Algo que também está relacionado com o rendimento é a sua bateria de 3.000 mAh. É capaz de durar um dia de uso continuo sem problemas, o que é muito aceitável. Algo que já não é, é o som das suas colunas, quando escutámos pela primeira vez, não queríamos acreditar na baixa qualidade destas.

As colunas são das piores que já vimos até ao momento

Se vivêssemos nos EUA e pudéssemos comprar este dispositivo por 199$, talvez não o criticássemos tanto pelo seu rendimento. Mas na Europa, onde a versão de 2 GB de RAM custa 270€ na Amazon. Por este preço, podemos comprar um Mi 5S ou qualquer outro dispositivo com 3GB de RAM e melhor processador.

Por favor, acabem com as capas de personalização inúteis

Já há muito que se evoluiu no sentido de deixar de carregar os sistemas dos terminais com lixo, o chamado bloatware. No entanto, algumas empresas, com a ASUS, ainda não se aperceberam.

O Zenfone 3 Laser conta com a versão Android Marshmallow e a máscara de personalização ZenUI 3.0. O menu de definições é diferente, assim como menú superior de notificações e o gestor de inicio que se abre com um deslize de baixo para cima

Apps ASUS Zenfone 3 Laser

Existem novas incorporações que não gostamos, como o controlo de gestos táctil que nos permite ativar ou apagar o ecrã com dois toques, entre outras coisas. Isto é muito bom, já que ao ter o leitor de impressões digitais atrás, é algo incómodo ter de o levantar para o desbloquear. Outras definições adicionais, como ASUS Cover e o Modo de Cor do ecrã são excelentes adições ao dispositivo.

Num dispositivo como este, que conta apenas com 2 GB de RAM, algumas das aplicações extra como as que mencionámos são boas adições, mas as aplicações inúteis apenas servem para piorar a experiência final. Atenção, achamos muito bem que uma aplicação como ZenFone Care, que ajuda as pessoas a conhecer melhor o sistema e resolver alguns problemas possíveis. Mas outras, como ASUS Mobile Manager e Share Link, não deveriam existir.

Nossa conclusão: é um telemóvel de nicho

O ASUS Zenfone 3 Laser não é um dispositivo que podemos recomendar a todas as pessoas. O seu design é genial como o seu ecrã de 5,5″, um bónus a ter em conta. No entanto, a principal razão para a sua recomendação é a sua câmara extraordinária.

Mas não é perfeito. O seu rendimento é péssimo em muitos aspectos, e os seus 2 GB de RAM serão obsoletos em coisa de um ano. É certo que conta com boa capacidade de armazenamento, com 32 GB, mas isso não é mais importante do que um bom processador ou mais RAM. Além do mais, para o seu preço, faltam muitas coisas, como carga rápida e porta USB do tipo-C.

Editor Chefe

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Design
Ecrã
Rendimento
Bateria
Câmaras
Eco-sistema
Final Score