Xiaomi Pocophone F1 finalmente apresentado!

Hoje foi dia de apresentações da Xiaomi na Índia, onde anunciaram oficialmente aquele que será seguramente um dos dispositivos de 2018, o Xiaomi Pocophone F1 – um flagship pensado para o mercado indiano, mas que temos esperanças que possa chegar à Europa!

 

O Xiaomi Mi 8 surpreendeu muitos, mas a Xiaomi é afinal de contas uma companhia como as outras, e o preço deste já não é tão competitivo como outros flagships no passado, à semelhança de outras marcas como a One Plus, ainda assim podemos encontrar o Mi 8 por pouco mais de 400€ à venda.

Com o Pocophone F1 a gigante chinesa comprometeu-se a lançar uma oferta de flagship bastante barata, abaixo dos 300€ mesmo – tão barata que nem podemos dizer que é competitivo, pois o baixo preço e as especificações de topo, colocam-o num patamar sem competição.

Falta só que chegue à Europa sem grandes inflações

Exageramos? Nós ou os restantes media? Não, basta olhar para as especificações, verdade que atualmente são muitas já as soluções com 6 GB de RAM e 128 GB (ou 64 GB) de armazenamento interno, o qual pode ser expandigo o que é muito bem vindo. Este conta ainda com uma versão de 8+256GB. Mas o forte está mesmo no motor deste F1, o Snapdragon 845. O mesmo processador do Xiaomi Mi 8 ou dos Samsung Galaxy S9 e Note9.

Já o design, não nos surpreende nem nos deixa de boca aberta, é mais um dispositivo inspirado na sobrancelha imposta pelo desejo das massas em possuir um smartphone da Apple, sendo neste caso muito semelhante ao Mi 8, mas sem os sensores para reconhecimento facial.

Já o ecrã tem reunido opiniões positivas em seu redor, o que é muito bom, com uma relação 18:9 e 6″ com resolução Full HD+ num painel IPS – e não OLED. Outra coisa que coisa que permite o preço competitivo face aos flagships atuais, é o corpo do dispositivo ser em plástico.

Quanto às câmaras, o Pocophone F1 parece usar a mesma combinação que o Mi 8 com dois sensores 12+5 MP atrás com DPAF e flash LED, e um mega sensor de 20 MP à frente, com tecnologia que permite combinar 4 pixeis num só, melhorando o resultado final da foto especialmente em ambientes baixa-luz.

Tudo isto é alimentado por uma bateria de 4.000 mAh e pelo Android 8.1 com a MIUI 9. Este será lançado por agora em quatro cores distintas, Preto Grafite, Azul Aço, Vermelho Rosso e uma Armored Edition, uma versão diferente com Kevlar na capa traseira para lhe dar mais resistência.

Quanto a preços oficiais, o Pocophone F1 chega à Índia em três versões distintas:

  • 6 GB + 64 GB: INR 20.999 algo como 258€;
  • 6 GB + 128 GB: INR 23.999 algo como 295€;
  • 8 GB + 256 GB: INR 28.999 algo como 357€.

Para preços oficiais para os restantes mercados, a Xiaomi tem três eventos diferentes agendados para 27 de Agosto onde serão reveladas as respetivas noticias, em Jacarta (Indonésia), Hong Kong, e Paris (França).

Como consegue a Xiaomi um preço tão competitivo?

É de notar que temos um dispositivo bastante bom, se pensarmos na variante do meio, com 6GB de RAM, 128GB de armazenamento interno e um Snapdragon 845, não tem competição para o preço convertido de 295€.

Para isso, a Xiaomi corta em elementos menos essenciais, como os materiais usados no corpo, usando plástico em vez de alumínio e vidro como outros flagships, tornando-o mais pesado e mais grosso em comparação.

Versão Kevlar

O facto de não ter sensores de reconhecimento facial também ajuda a baixar o preço final, e na verdade, o sensor de impressões digitais é mais do que suficiente, e está bem instalado na parte de trás do dispositivo.

 

Nutella Man

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *