Valve quer dar segunda hipótese aos mods pagos

Depois da primeira vez que a ideia de mods pagos conheceu a luz do dia, e que não correu especialmente bem para a Valve, segundo esta empresa e Gabe Newell pessoalmente, estes criadores precisam de ser pagos pelo trabalho que fazem e pelo valor que adicionam a jogos já criados.

valve-mods-pagos

Isto acontece quase dois anos depois do falhanço de Abril de 2015, mas parece que esta ideia vai voltar às bocas do mundo nos próximos tempos. Em 2015 a ideia falhou porque muitos diziam que pagar por mods ia contra a ideia e o espírito de criar este conteúdo. Segundo a Valve, a ideia falhou tão redondamente por causa do jogo piloto onde se tentou implementar esta ideia: Skyrim.

Ou seja, apesar do falhanço, a ideia de mods pagos parece continuar a ser uma excelente ideia para a direcção desta empresa. Numa conferência de imprensa dada durante esta semana, Gabe Newell expressou que no futuro veremos novamente uma nova tentativa de implementar esta ideia, embora ainda não seja claro nem quando nem como.

“Tal como é bom para os modders saberem o que os jogadores querem, estes criam uma grande quantidade de valor para os jogos e devem ser compensados por tal. É muito importante que o dinheiro flua para quem cria este tipo de valor”

O próprio Gabe Newell admite que a primeira tentativa não correu de acordo com o planeado. No futuro, tem de se reflectir como se pode pagar aos modders e fazer com que a comunidade de jogadores aceite este pagamento. Embora a Valve já pague a alguns escolhidos pelos seus trabalhos que foram publicados com alguns jogos, devem ser os jogadores a escolher aquilo que vale, ou não, a pena.


Qual a vossa opinião acerca da ideia de mods pagos?

Your email address will not be published. Required fields are marked *