Top Melhores Jogos de Sempre da SNES

Uma consola memorável que certamente quase toda a gente teve ou jogou algures no passado, quer seja na casa de algum familiar ou de algum amigo. Os tempos eram outros e os jogos também, mas depois de 25 anos do lançamento da mítica SNES, alguns dos jogos ainda ocupam um lugar muito importante de destaque nesta indústria.

Parecendo que não, já lá vão 25 anos que foi lançada a Super Nintendo

Esta vai ser a nossa lista para os melhores jogos de sempre para a Super Nintendo Entertainment System (SNES). A ordem dos jogos não tem em conta a qualidade de uns em relação a outros, é apenas uma lista com aqueles que, para nós, são os melhores jogos lançados para esta consola.

Super Mario World

https://www.youtube.com/watch?v=3RPYcfgKsNI

Este jogo já tinha sido lançado no Japão quando a SNES passou a estar à venda no resto do mundo, portanto foi um dos jogos disponíveis a partir do primeiro dia. E que jogo este. Foi o quarto lançamento da lendária série Super Mario, desenvolvido pelo também lendário Shigeru Miyamoto. Este jogo centra-se na história de Mario e Luigi a tentar salvar a Dinosaur Land de Bowser.

Apesar de a base ser bastante semelhante ao que já existia anteriormente, Super Mario World introduziu novos power-ups e criou algumas noções que marcaram o resto da série no futuro. Foi ainda o primeiro Super Mario onde apareceu Yoshi. Com notas extraordinárias dos vários críticos chegou a ser considerado um dos melhores jogos de sempre, tendo tido direito a vários relançamentos mais tarde.

The Legend of Zelda: A Link to the Past

Tal como Super Mario World, este jogo também foi desenvolvido (curiosamente ou não) por Shigeru Miyamoto e Takashi Tezuda. Apesar de também ter sido lançado no Japão antes do lançamento do resto do planeta, só chegou ás lojas 6 meses depois de ter sido lançado na Europa. Zelda: A Link to the Past foi o terceiro jogo da série The Legend of Zelda. A história deste jogo centra-se na aventura de Link para salvar a terra de Hyrule, impedir o retorno de Ganon e libertar as sete donzelas.

É, no entanto, uma prequela dos jogos anteriores, envolvendo os antepassados de Link e da princesa Zelda. O jogo teve algumas alterações que se mantiveram posteriormente, como o conceito de mundos alternativos, a Master Sword e finalmente deixou para trás os elementos de side-scrolling do jogo anterior. Também como Super Mário, teve vários relançamentos em 2002 (Game Boy Advance), em 2007 (Wii) e em 2013 (Nintendo 3DS).

Chrono Trigger

Este jogo RPG foi desenvolvido pela Square (actualmente chamada Square Enix) em 1995, por uma equipa de 3 designers que mais tarde seriam conhecidos pela Dream Team: Hironobu Sakagushi, Yuji Horii e Akira Toriyama. A história deste jogo centra-se num grupo de aventureiros que viajam no tempo para prevenir uma catástrofe global.

Chrono Trigger é um jogo extraordinário com novidades que certamente serão aclamadas pelos fãs de RPG’s como múltiplos finais, side quests relacionadas com a história principal e com as personagens do jogo, um sistema de batalha único e gráficos detalhados. Apesar de serem aspectos que quase parecem triviais hoje em dia, em 1995 eram completamente revolucionários. Um dos melhores jogos de sempre que foi relançado em 1999 para a PlayStation e em 2008 para a Nintendo DS.

Donkey Kong Country

Este jogo de plataformas foi desenvolvido pela Rare e publicado pela Nintendo em 1994. O seu êxito foi tal que foi relançado em 2000 (Game Boy Color), em 2003 (Game Boy Advance). em 2007 (Wii Virtual Console), em 2014 (Wii U Virtual Console) e em 2016 (New Nintendo 3DS). O jogo é passsado na Donkey Kong Island, onde Donkey Kong e o seu sobrinho Diddy Kong, tentam recuperar as bananas do King K. Rool.

Apesar de ter sido o primeiro jogo que não foi produzido por (surprise surprise) Shigeru Miyamoto, ele esteve envolvido em todo o processo de produção do jogo. Este foi o segundo jogo mais vendido para a SNES, apenas ultrapassado por Super Mario World. Este foi um dos jogos a ter algumas texturas 3D relativamente realistas, o que foi uma enorme vantagem para este lançamento. Incrivelmente, foi desenvolvido por apenas 12 pessoas, durante 18 meses, o que é extraordinário para um novo conceito.

Super Metroid

Este é o terceiro jogo da série Metroid lançado em 1994 pela Nintendo. Super Metroid é um jogo de plataformas mas com elementos de acção e aventura. Este é a sequência do segundo jogo da série e conta a história de Samus Aran, que viaja até ao planeta Zebes para recuperar um Metroid roubado pelo Ridley, o líder dos Space Pirates. Este jogo foca-se muito na exploração, com power-ups que são usados para desbloquear zonas.

Super Metroid introduz conceitos novos como um inventário, um mini-mapa e a hipótese de disparar em várias direcções. Apesar de não ter sido um êxito no Japão, o mesmo não aconteceu na América do Norte, onde foi um dos jogos mais vendidos de sempre. Este é um dos jogos mais aclamados pelos críticos com a sua atmosfera, jogabilidade, música, gráficos e elementos cinematográficos.

Mega Man X/Rockman X (Japão)

Este é um jogo de acção/plaformas desenvolvido e lançado pela Capcom em 1994. Este jogo foi lançado como um spin-off da série original Mega Man que apenas existiu na consola anterior à SNES. Este é, portanto, o primeiro jogo da série Mega Man X. Este lançamento passa-se no século a seguir à série original, num mundo futurista povoado por humanos e Reploidsrobots capazes de pensar, sentir e crescer como os humanos. Alguns destes seres, devido aos seus atributos complexos, são mais virados para o crime e são chamados os Mavericks.

A história do jogo é então sobre o portagonista (Mega Man X), um andróide da força especial Maverick HuntersCom a ajuda do seu parceiro Zero, terão de impedir os planos de Sigma um poderoso líder da Maverick que deseja a extinção da raça humana. Devido às alterações muito positivas que recebeu, como a possibilidade de escalar paredes, obter armaduras e habilidades especiais, juntamente com uma melhoria gráfica, de som e de jogabilidade, tornaram este jogo num êxito e num dos melhores jogos de sempre para a SNES.

Starwing/Star Fox (Japã0)

Este jogo foi lançado como Star Fox no Japão e Starwind na Europa. É um rail shooter (1) desenvolvido pela

Nintendo e (novamente) por Shigeru Miyamoto em 1993. Este foi o segundo jogo desenvolvido pela Nintendo com três dimensões e o primeiro a ter gráficos baseados em polígonos, para definir as superfícies em 3D. Como trazia melhorias gráficas enormes, foi um dos jogos mais esperados do momento e, claro, com bons resultados.

A história do jogo é focada em Fox McCloud e a restante equipa Star Fox. Estes defendem o seu planeta chamado Corneria das forças atacantes de Andross. Mais tarde, a história foi reescrita para as novas consolas, em 1997 para a Nintendo 64 como Star Fox 64, em 2011 para a Nintendo 3DS e em 2016 como Star Fox Zero para a Wii U. Como um pioneiro em gráficos 3D e pelo seu enorme sucesso, é sem dúvida um dos melhores jogos da SNES de sempre.

Street Fighter II: Turbo

https://www.youtube.com/watch?v=EDL4ch53VSM

Quem não conhece Street Fighter? Se são fãs de jogos de luta, então provavelmente jogaram esta série, quer seja em arcades quer em casa. Este foi o primeiro a ser lançado para a SNES e trouxe um ambiente de luta muito mais rápido, com novos movimentos especiais e com as personagens melhor balanceadas. Este jogo foi lançado primeiro nas arcades e só em 1993 para a SNES.

O sucesso do lançamento foi imediato. Poder jogar este clássico de luta em casa com os nossos amigos, durante todo o dia, sem ter de gastar moedas, fazia toda a diferença quando somos mais novos. Este acabou por se tornar um jogo um pouco mais difícil de jogar mas, como o podíamos fazer em casa durante horas a fio, tornava-se muito mais gratificante quando derrotávamos os nossos adversários numa batalha épica. Por isso e muito mais, é absolutamente indispensável na lista dos melhores jogos de sempre da SNES.

Mortal Kombat

https://www.youtube.com/watch?v=Ju6B0Cg4ZFo

Depois de Street Fighter só poderia vir Mortal Kombat para finalizar os jogos de luta. Tal como Street Fighter, também foi lançado primeiro para arcades e só mais tarde para praticamente todas as consolas desse tempo. Mortal Kombat é especialmente conhecido pelos combos e (claro) pelos finishing moves (Fatalities). Embora seja um jogo de luta, existe por trás uma história que costuma passar ao lado de todos os que não conhecem ou não jogaram este jogo.

A história foca-se no monge Liu Kang para salvar a Terra do feiticeiro Shang Tsung, acabando a rivalidade com um confronto num torneio chamado (curiosamente) Mortal Kombat. Este tornou-se imediatamente num dos jogos mais vendidos de sempre e também um dos mais populares até aos dias de hoje. Isto aconteceu devido aos sucessivos spin-offs e até uma adaptação para filme em 1995.

Earthworm Jim

Este jogo de plataformas desenvolvido pela Shiny Entertainment em 1994 tem como herói uma minhoca chamada Jim num fato robótico e que luta contra o mal. Este jogo apareceu como uma tentativa de trazer o melhor de Teenage Mutant Ninja Turtles e de Sonic the Hedgehog. Este jogo tinha também uma marca cómica muito conhecida por gozar com alguns estereótipos e com outros jogos.

Um exemplo é o da princesa a ser salva se chamar Princess-What’s-Her-Name numa tentativa de ironizar muitos dos outros jogos de terem uma personagem feminina que precisa de ser salva. O lançamento de Earthworm Jim foi um sucesso imediato, tendo inclusivamente ganho o prémio Best Genesis Game of 1994.


(1) Um rail shooter é um jogo que, ao contrário de um fixed shooter (Space Invaders), o ecrã de jogo se move numa direcção predefinida e o jogador se pode mover livremente no monitor. São muitas vezes chamados de Into the Screen porque dão a noção de estarmos a jogar para dentro do monitor.

Quais os jogos que na vossa opinião faltam na nossa lista?

Your email address will not be published. Required fields are marked *