Arctis9 Cover

SteelSeries Arctis 9 Wireless, Review em Português

SteelSeries Arctis 9 Wireless
Um headset para todas as ocasiões
Se querem um headset wireless que possam utilizar em todas as ocasiões, e com todos os dispositivos do vosso dia a dia, ou simplesmente acabaram de comprar uma Playstation 5, os Arctis 9 Wireless são umas das melhores opções wireless atualmente no mercado.
Design
90
Conforto
95
Áudio
88
Microfone
75
Autonomia
80
Conectividade
90
Preço/qualidade
85
Aspetos positivos
Qualidade de som
Conforto
Conectividade
Compatível com a Playstation 5
Aspetos Negativos
Porta micro-USB
Posicionamento dos botões no headset
Qualidade do microfone
100
Recomendado

Se à poucos dias tivemos a oportunidade de lançar uma review do Aerox 3 Wireless, o rato mais leve da SteelSeries, desta vez tivemos a oportunidade de analisar o mais recente headset wireless da marca, os Arctis 9 Wireless.

Design

Os SteelSeries Arctis 9 Wireless mantêm o design característico dos modelos mais caros da linha Arctis, um design bonito e bastante característico da marca, que vem a ser utilizado desde 2016. À semelhança dos modelos wireless da marca, a qualidade de construção destes Arctis 9 é superior aos modelos wired, utilizando materiais premium, como metal no aro superior.

Arctis9 Conteudo

Os fãs de RGB ficarão desiludidos por saber que não existe qualquer tipo de iluminação RGB, algo que nos agrada, uma vez que a ausência de iluminação poupa bateria, peso, e torna ainda o visual mais “limpo”.

Na parte traseira do auricular esquerdo, encontramos o controlo de volume da funcionalidade ChatMix, e na parte frontal, o microfone retrátil.

Já na parte direita, é onde se encontra o maior número de botões e controlos, nomeadamente o controlo de volume, o botão para desativar o microfone, o botão de power e botão do Bluetooth, um conector Jack 3.5mm para partilha de áudio, e ainda uma porta micro-USB utilizada para carregar o headset.

Na nossa opinião, os ajustes de volume deviam estar posicionados um pouco mais abaixo, uma vez que ao pegar no headset para o colocar na cabeça, acabamos, muitas das vezes, por mudar a sua posição acidentalmente. Além disso, a SteelSeries devia ter optado por um conector Type-C, uma vez que esta é uma porta utilizada com muita frequência.

O aro da parte superior é todo ele feito em metal, o que confere uma sensação bastante agradável a nível de qualidade e robustez, além disso, a pressão exercida sobre as orelhas é a correta (pelo menos na nossa experiência). Existe ainda uma tira de borracha que percorre toda a parte interior do aro, de forma a garantir um maior conforto.

Arctis9Wireless

O sistema de suspensão para a cabeça é algo que a SteelSeries vem a utilizar desde os seus princípios e, como tal, não é de espantar que tal como os restantes headsets da marca, os Arctis 9 Wireless sejam muito confortáveis, sendo que é fácil esquecermos que os temos na cabeça, mesmo após longas sessões. A banda elástica pode ser ajustada consoante a preferência do utilizador, e pode também ser adquirida com outros padrões e cores no site da marca.

Os earpads utilizados são feitos de um material que a marca denomina de “airweave”, e são os mesmos utilizados em todos os outros headsets da marca, tendo como características o facto de não causarem um grande aquecimento nas orelhas, mantendo ao mesmo tempo um bom nível de isolamento acústico.

Arctis9 Earpad

Ainda em relação aos earpads, apesar de serem dos melhores que encontramos em headsets gaming, é importante referir que o seu formato é comum e são facilmente substituíveis, pelo que é muito simples encontrar alternativas compatíveis no mercado.

Som e conectividade

Os Arctis 9 Wireless estão equipados com uns drivers de 40mm, com uma frequência de resposta de 20 a 20,000 Hz, sendo estes os mesmos utilizados na restante linha Arctis.

Ao ser um headset wireless, existe sempre o receio da qualidade de áudio e desempenho no geral ser inferior às versões wired, no entanto, usamos os Arctis 9 Wireless durante duas semanas com vários jogos e música, e consideramos que a qualidade de áudio é boa e bastante equilibrada no geral, apesar disso, o perfil de equalização que vem configurado por defeito (“plano”) pode não ser o preferido de algumas pessoas.

Arctis9 DriverAudio

Já em relação ao som 7.1 (DTS Headphone:X v2.0), é uma funcionalidade apenas suportada no PC, e que não costumamos utilizar na maior parte do tempo, sendo que apenas achamos que pode ser interessante em alguns casos específicos, como nos jogos da saga Battlefield, onde conseguimos tornar o áudio um pouco mais imersivo.

A nível de conectividade, os Arctis 9 Wireless contam com duas formas de conexão, Wireless 2.4GHz e Bluetooth, tornando-o compatível com praticamente qualquer dispositivo: PC/Mac, Nintendo, dispositivos móveis, e ainda suporte para a nova Playstation 5 (suporta áudio 3D).

O dongle tem algumas funcionalidades extra, sendo que além de ser o transmissor/recetor wireless, tem ainda dois conectores Jack 3.5mm, um para saída e outro para a entrada de áudio. A funcionalidade de saída de áudio é bastante interessante, uma vez que permite ligar uma coluna de som diretamente ao dongle, fazendo com que o áudio mude de forma automática da coluna para o headset, quando este é ligado, e o reverso quando o headset é desligado.

Arctis9 DongleBotoes

Já na parte de baixo do dongle, temos um pequeno botão para escolher a que equipamento se encontra ligado: PC ou PlayStation, e um botão para emparelhar ao headset, algo que não tivemos de utilizar durante a nossa review.

Ainda no que diz respeito a funcionalidades extra, os Arctis 9 Wireless têm a funcionalidade de ChatMix, que consiste na utilização de dois canais de áudio distintos, um para uso geral/jogos e outro para voz, permitindo desta forma ajustar o volume de ambos os canais de forma individual e sem interrupções, diretamente no auricular esquerdo.

No que diz respeito à distância e desempenho, não tivemos problemas com interferências ou perdas de ligação, exceto quando estávamos a grandes distâncias (>10 metros) com paredes pelo meio. Já em relação à bateria, a marca anuncia 20 horas de utilização continua, algo que de facto pareceu-nos corresponder.

Para terminar, outra particularidade interessante deste headset, é o facto de podermos utilizar a conexão 2.4GHz ao mesmo tempo utilizamos a conexão Bluetooth, permitindo estar ligado ao PC, e ao mesmo tempo ao smartphone, ouvindo o áudio de ambos em simultâneo.

Microfone

Desde o lançamento da gama Arctis, que a marca sempre frisou o microfone como um dos grandes pontos fortes destes headsets, tanto a nível de qualidade de áudio, como a nível do cancelamento de ruído.

Arctis9 Microfone

No caso destes Arctis 9 Wireless, e à semelhança do que já tínhamos referido antes na review dos Arctis 1 Wireless a qualidade é boa, mas não tão boa como os Arctis 5. Em baixo, podem ouvir um sample de áudio dos Arctis 9 Wireless e um sample de áudio dos Arctis 5 para comparação:

Existe uma diferença percetível de qualidade entre os dois, apesar de teoricamente o microfone ser o mesmo. Além disso, existem outros dois aspetos importantes de referir, o primeiro relacionado com o cancelamento de ruído que funciona relativamente bem, mas não pode ser ajustado via software, e o segundo é o de que a SteelSeries vende os Arctis 9 Wireless como headset certificado pelo Discord, mas por algum motivo o Discord não o deteta como tal.

Software

A nível de software, os Arctis 9 Wireless são suportados pelo famoso SteelSeries Engine 3.

Através do software é possível ativar e configurar o “famoso” som 7.1 (DTS Headphones:X v2), personalizar o equalizador, testar o microfone em tempo real, aumentar e diminuir o volume do microfone, ativar o sidetone, e configurar opções como o tempo de suspensão, ou o arranque automático do Bluetooth quando o headset é ligado.

SSEngine

As nossas críticas em relação ao software vão apenas para o facto de não ser possível configurar a intensidade do cancelamento de ruído do microfone, como acontece nos Arctis 5. Por fim, é importante recordar que o software é bastante importante para realizar os updates de firmware ao dongle e headset, além de permitir verificar o nível de bateria do headset.

Conclusão

Os Arctis 9 Wireless são basicamente um upgrade aos já conhecidos Arctis 7, oferecendo conectividade Bluetooth por uma pequena diferença de preço.

É um headset equilibrado em todos os aspetos, tem uma qualidade de construção e conforto excelentes, uma qualidade de áudio bastante equilibrada, um bom microfone, é compatível com praticamente todo o tipo de dispositivos, e tem ainda funcionalidades extra difíceis de encontrar, como a da passagem de áudio de um dispositivo para o headset de forma automática, o Chatmix (no PC), ou ainda a possibilidade de utilizar os dois meios de conexão ao mesmo tempo.

Se querem um headset wireless que possam utilizar em todas as ocasiões, e com todos os dispositivos do vosso dia a dia, ou simplesmente acabaram de comprar uma Playstation 5, os Arctis 9 Wireless são umas das melhores opções wireless atualmente no mercado, com um preço de 199€. Contudo, se até acham que este é o headset ideal, mas dispensam a conectividade Bluetooth, podem sempre optar pelos Arctis 7, com um preço ligeiramente inferior de 179€.

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Design
Conforto
Áudio
Microfone
Autonomia
Conectividade
Preço/qualidade
Final Score