Review: Zootopia – Filme animação do ano?

Neste artigo fizemos uma análise a Zootopia, um dos melhores filmes de animação de 2016 e que tu também não podes perder.

Não tive oportunidade de lhe dar uma merecida review quando saiu, mas como esta semana saiu em DVD, finalmente posso ver e rever Zootopia, aquele que é, sem duvida, um forte candidato a melhor filme de animação do ano.

 

Se há coisa cuja qualidade se recusa a diminuir, são filmes de animação, e este é mais um para a lista. Claro que há excepções à regra de vez em quando (estou a olhar para ti Ratchet and Clank e Minions), mas com filmes espectaculares como Inside Out, a saga How to Train Your Dragon ou Big Hero 6(não, não vou dizer Frozen, isso é garantido) só nos últimos anos, quem quer saber desses?

Zootopia Bem vindo

E Zootopia faz sem dúvida nenhuma parte desse nível de filmes, e merece cada ponto dos 98% que tem no rottentomatoes e o 8.2 no IMDb (nota, é apenas 0.1 abaixo de Inside Out, que ganhou o Óscar de melhor filme de animação ano passado).

IMDb           rootentomatoes

Se o tiver de caracterizar com uma palavra seria criativo, se fossem três, criativo, original e único. História não fará parte da lista, pois apesar de estar muito bem escrita e com excelentes personagens, segue a receita que a Disney simplesmente não consegue deixar, o que torna bastante previsível.

Zootopia Gelo

É um filme que te mete um enorme sorriso na cara, e um que me vou lembrar no futuro quando estiver triste ou deprimido

Combinando com isso temos ainda excelente animação, trabalho por todos os actores, cenários e cores de cortar a respiração, cenas de acção, ainda que poucas, intensas, relações entre os dois protagonistas ao nível de Toothless e Hiccup e uma fantástica música principal (podem dizer mal por ser da Shakira à vontade, esta música é espectacular).

Musica para acompanhar

 

Argumento

Apesar de todo o louvor que dou a este filme, a história para mim é o seu ponto mais fraco. Isto porque segue a receita que a Disney simplesmente não consegue largar nos seus filmes. Funciona? Sim, e sendo um filme para crianças não quereria nenhum Inception, mas já conseguimos ver pelo Inside Out que histórias alternativas também funcionam… é algo que a Pixar devia mesmo ensinar ao estúdio da Disney.

Zootopia Flash

Sendo para crianças, não é Inception, mas história é mesmo assim o ponto mais fraco

O filme segue a história de Judy “Carrots” Hopps, interpretada por Ginnifer Goodwin, uma coelha que sempre sonhou em ser uma polícia, e por muito que toda a gente à volta dela lhe diga que é impossível, que um coelho nunca foi polícia, tudo o que ela responde é “então terei de ser a primeira”.

Ora, sendo um filme da Disney, toda a gente sabe o que acontece a estas personagens determinadas cheias de sonhos – vai para a academia, sai com as melhores notas e torna-se a primeira coelho agente.

Ao chegar à cidade, vê que ninguém quer saber dos sonhos dela. Todos a subestimam e dão trabalhos inferiores só por ser uma coelha, só por tentar conseguir fazer algo que nunca ninguém conseguiu. Isto deixa-a moralmente em baixo, mas no fim tem uma epifania e fica tudo bem.

Zootopia Personagens

E é isto o filme, basicamente, pelo menos no panorama geral. Especificamente, Judy, numa tentativa de mostrar o que vale, aceita um ultimato do seu chefe, interpretado por Idris Elba, que lhe dá 48 horas para desvendar um caso de desaparecimento, e caso falhasse, se demitia.

E é a tentar desvendar o caso que entra na cena principal Nick “Foxy” Wilde, interpretado por Jason Bateman, uma raposa con-artist que “ganha a vida” com truques baratos para fazer dinheiro rápido, e “aceita” (quase obrigado) ajudar Carrots a encontrar o animal desaparecido.

Zootopia cast

Sendo uma raposa e uma coelho, a lei do predador/presa está patente, mas não é essa a razão porque estes dois se dão tão incrível e, ás vezes, hilariantemente mal um com o outro. Em vez disso, é pelos seus pontos de vista na sociedade e vida no geral – Judy sempre acreditou em atingir os seus sonhos, por muito que toda a gente lhe dissesse que não, mas rapidamente começa a perceber que vida não é só preto e branco, enquanto que o Nick aceitou o que a sociedade pensava de raposas e dos predadores em geral, portanto vive a vida deixando-a passar.

Leis da Natureza não são as razões porque estes dois se dão tão incrível e hilariantemente mal

No entanto, as suas principais diferenças não residem em em quem são, mas em como pensam, e é isto que os faz uma dupla tão boa ao longo de todo o filme. As suas personagens aprendem e descobrem que um afinal não era nada do que pensavam do outro. Adicionando alguns momentos em que fazem coisas um pelo outro que nos fazem…

ohhhhh

Esta é sem dúvida nenhuma uma dupla que merece crédito e que ajuda em muito a carregar o filme para o que é. Com o trabalho excelente dos actores, a sua personalidade, desenvolvimento e papel no filme, só por elas dá gosto ver este filme até o fim.

 

Só para crianças?

No entanto, mesmo com a história altamente cliché (falei apenas do rapto, pois ir mais longe seria spoilers), tal como Inside Out, este filme consegue também explorar indirectamente alguns conceitos adultos de racismo e xenofobia, mantendo o filme para crianças.

Zootopia Nick e Hopps

A maneira como o filme explora as capacidades das várias espécies e o nível na cadeia alimentar em que estão no mundo real, explica alguns problemas bem assentes neste último. Cenas como quando Jody é mandada passar multas só por ser coelha, e quando está no metro e vê dois antílopes afastarem-se de um leopardo só porque… ele é leopardo, e portanto têm medo dele.

Debaixo da sua camada infantil, o filme representa problemas que estão ainda bem assentes no mundo real

No mundo real, o leopardo estaria a transformá-los em bifes, mas o filme aqui representa animais numa sociedade humana, onde cada espécie mostra um tipo de pessoa, com determinadas características e culturas. A maneira como o filme personifica alguns problemas do mundo real é sem dúvida nenhuma muito bem pensada e ainda melhor executada.

No final, ainda há que falar da cena das preguiças do DMV, uma das melhores e mais hilariantes criticas ao sistema burocrático que eu já vi.

 

Criatividade – Personalidade

Se existe sítio onde a criatividade deste filme é mostrada, é na cidade em si. Não só pelo seu desenho espectacular, como pelas suas secções para englobar todos os tipos do reino animal. As maneiras como o filme junta as necessidades dos animais com os utensílios que humanos usariam numa cidade, não é mais do que brilhante.

Para mim são, de longe, os pontos mais fortes do filme

Todas as pequenas coisas, como sistema de transporte de Icebergues, rega das florestas tropicais, elevadores em miniatura para os hamsters advogados, e, a minha preferida, o sistema de elevação que serve refrescos às girafas, são só uma das muitas que não só dão vida a Zootopia, como nos dão uma enorme vontade de a visitar, se fosse possível.

Zootopia

Juntando a isso, a personalidade do filme em si está também no topo. Toda a gente já viu animais falantes em inúmeros filmes como o livro da selva ou Tarzan… sim, esses tinham uns humanos, mas a ideia é a mesma. E também já se deu vida a carros, brinquedos, etc.

A ideia principal deste filme não é nada de completamente novo, isso é certo. No entanto, funciona muito, muito, mas mesmo muito bem por uma coisa: execução. Uma ideia pode ser repetida, mas sempre funcionará se for bem executada, e este filme é um claro exemplo disso. Não são as piadas que dão vida a este filme, mas sim as personagens, a sua própria personalidade, a animação e a cidade que o torna único.

Zootopia lol

 

Animação

É o que já se espera destes estúdios, mas mesmo assim é preciso falar.

Cores deslumbrantes e vivas, desenhos espectaculares, tanto de cenários como de personagens, arte em movimento… Este é mais um filme em que, mesmo que não queiramos saber da história, só a cor, o ambiente e a animação são o suficientes para nos pôr um sorriso nos lábios.

Zootopia Hopps

Conclusão

Tal como Inside Out, Zootopia é um daqueles filmes que pega numa ideia e a leva quase à perfeição. Mesmo com uma história previsível, incorpora o mais importante com a sua fantástica animação, personalidade e personagens únicas e cenários deslumbrantes. É simplesmente um filme que coloca um sorriso na cara de qualquer um durante e depois de o ver.

Zootopia Hopps e Nick

História60
Acção80
Animação90
Personagens-Actores95
Entretém?90
Reader Rating1 Vote88
Incríveis Personagens
Excelente Animação
Muito Criativo
Mundo único e muito bem animado
História Cliché Disney
90
Animal Kingdom
More Stories
huawei kirin 970
Huawei apresentou o SoC Kirin 970 para 2017