Review: Surviving Mars – Space Race

O mesmo mundo mas bem mais brilhante

Review dos Leitores0 Votes0
Novos tamanhos edifícios e cúpulas
Adversários e missões planetárias
Mais patrocinadores
Pouco conteúdo novo
80

Surviving Mars recebeu a sua primeira expansão: Space Race. No meio de toda a loucura de colonizar um planeta novo, onde tudo está feito para ser um desafio à nossa sobrevivência, descobrimos que, ao contrário do que sabíamos no jogo base, afinal não viemos sozinhos para o planeta vermelho. Ao mesmo tempo que nós vieram 3 outras colónias de outros patrocinadores.

E obviamente toda a nossa componente humana se verifica mesmo que o planeta onde vivemos não goste de nós. Desde as ajudas, a trocas comerciais, ao pior da nossa condição: os roubos, a destruição e os raptos. Parece que no final de contas viver em Marte pode não ser assim tão diferente do que é viver no terceiro calhau a contar do sol.

Então vamos sair pela segunda vez deste planeta

Em Space Race, existem agora mais alguns novos patrocinadores, o que não é propriamente uma grande mudança, mas quando se pode ir para Marte com o patrocínio brasileiro, então o jogo tem logo um gosto especial. Os novos patrocinadores são então o Brasil e o Japão, cada um deles com as suas vantagens e desvantagens.

Com o passar do tempo podem negociar com os vossos novos vizinhos, ou então sabotá-los das mais variadas formas. Podem retirar-lhes pessoas, tecnologias, drones e sabotar edifícios. Obviamente que também podem tentar seguir por um caminho mais amigável e sem possíveis consequências tão graves.

diplomacia_surviving_mars

Do lado bom da moeda podem oferecer, trocar e pedir recursos e trocar tecnologias. Têm aqui muitas possibilidades para poderem começar a negociar com os vossos colegas (ou não) que vos acompanham na superfície do vosso novo planeta casa. Não precisam necessariamente de ser inimigos, mas também pode acontecer.

Na vista planetária de Space Race verão ainda que eventualmente encontrarão anomalias planetárias que podem pesquisar e que vos dão as mais variadas vantagens. Para as poderem fazer precisam de certos veículos, pessoas, ou especializados, para que sair da vossa base.

Já na superfície, chegou a altura de voltar a construir tudo de novo. Também aqui existem grandes diferenças, aquelas que, na minha opinião, são as que melhoraram mais o jogo base. Não existem propriamente novos edifícios, com novas funcionalidades, mas existem novos edifícios, pelo menos no tamanho.

Existem novas cúpulas com novos formatos, embora as mais pequenas são, de longe, as mais interessantes. Estas, no entanto, não teriam practicamente qualquer utilidade se não tivessem sido adicionados novos edifícios de tamanhos reduzidos.

edificios_pequenos_suviving_mars

Por exemplo na cúpula mais pequena, útil para podermos colocar cedo no jogo, pessoas em Marte, tem tão pouco espaço que estes edifícios reduzidos são uma enorme bênção. O mais interessante ainda, é que conseguimos colocar tanta variedade de edifícios, que até alguma produção é possível nas cúpulas mais pequenas.

Na versão inicial do jogo podia ser um pouco complicado começar a produzir os recursos mais especializados, até porque os edifícios eram de grande dimensão, mas estes também receberam versões mais pequenas de si próprios.

Para melhorar ainda mais estas novas possibilidades, foram adicionados túneis entre as cúpulas, que fazem com que as pessoas de uma cúpula possam viver numa e usar os benefícios das outras. Esta é uma grande mudança.

Existem ainda novos eventos, alguns ligados às outras colónias em Marte, mas alguns novos em relação à nossa vinda para este planeta. Foi ainda adicionado um novo sistema de missões e recompensas muito interessante e que nos permite seguir o nosso percurso em Marte.

missoes_suviving_mars

A qualidade das mudanças é muito superior à quantidade

E as adições acabam aqui. O que pode parecer pouco, na realidade é mesmo isso. Mas algo indiscutível é que o jogo melhorou mesmo muito com estas pequenas mudanças. No final do dia, o jogo parece practicamente o mesmo, embora exista toda a nova interacção com as outras colónias.

Esta interacção acaba por ter pouca importância no nosso dia-a-dia. Mas os novos edifícios sim vão usá-los constantemente, e vão dar graças por eles estarem lá disponíveis para vocês.

Os novos eventos são interessantes e mantêm-nos agarrados ao monitor para saber mais sobre o que se está a passar. Embora seja algo que não afecta o nosso jogo de forma muito profunda, para quem gosta de boas histórias, então foi uma boa adição.

Na minha opinião, apesar de terem sido adicionadas muito poucas alterações, para quem gosta de Surviving Mars vai gostar de Space Race. Isto porque a qualidade das mudanças é muito superior à quantidade das mesmas.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Final Score