Review Samsung Gear S2

Chegou às nossas mãos uma sample review do smartwatch Samsung Gear S2 Classic, neste caso, o SM-R732.

Os wearables começaram a ganhar realmente espaço no mercado quando as gigantes de dispositivos móveis, a Samsung primeiro e mais tarde a Apple, entraram na corrida com os seus modelos.

No caso da Samsung, com a sua linha de smartwatches equipados com o SO Tizen, tem conseguido cativar alguns utilizadores, seja pelo design dos dispositivos ou pelas funcionalidades reunidas. Mas será que o Gear S2 é o ideal para um utilizador comum que goste de estar conetado com o mundo?

Características:

  • Ecrã: Super AMOLED de 1,2″;
  • Resolução: 360×360 (~302ppp);
  • Proteção: Corning Gorilla Glass 3;
  • SO: Tizen;
  • Chipset: Exynos 3250 (Cortex-A7, dual-core @ 1Ghz – Mali-400 MP2 @ 400 MHz);
  • Memória interna: 4gb (sem expansão microSD);
  • Memória RAM: 512mb;
  • Conetividade: Wi-Fi 802.11 b/g/n; Bluetooth v4.1; NFC;
  • Sensores: Acelerómetro, barómetro, frequência cardiaca, giroscópio;
  • Carregamento sem fios;
  • Bateria: incorporada Li-Ion 250mhA;
  • Corpo: Aço inoxidável;
  • Dimensões: 43,6 x 39,9 x 11,4 mm;
  • Peso: 42g;
  • Certificado IP68resistência a pó e água;
  • Notas: sem GPS e sem 3G;
  • Compatibilidade com smartphones com versão Android 4.4 ou superior e pelo menos 1.5Gb de RAM.

Primeiras impressões

O relógio que recebemos tratou-se de uma sample review, como já referi, que neste caso veio numa caixa diferente da habitual quando o compramos numa loja qualquer. Portanto fazer um unboxing seria algo redundante. Basta dizer que na caixa vinha apenas o Gear S2 acompanhado do cabo e estação para carregamento sem fios.

Ao pegar no relógio pela primeira vez fiquei mesmo impressionado. Tem seguramente um design bastante apelativo, clássico como o nome sugere, com o mostrador redondo, uma moldura giratória e uma bracelete em pele, não sendo perceptível se é verdadeira ou falsa. Fiquei encantado com o seu aspeto, até porque o meu estilo de relógios é precisamente este género, redondo e bracelete em couro/pele.

“Ao pegar no relógio pela primeira vez fiquei mesmo impressionado, tem seguramente um design bastante apelativo…”

Assim, ao experimentá-lo no pulso, não senti qualquer desconforto, nem que fosse pesado ou grande, assentando bem, e ainda com mais alguns furos para apertar mais – para quem tenha pulsos mais finos.

gears2 (4)

Em termos de construção, pareceu-me bastante sólida, além da bracelete em pele, sente-se bem o aço inoxidável do dispositivo, e o ecrã parece resistente o suficiente. Claro que não experimentei bater com ele em nada pois não é esse o objetivo mas, ao toque, reconhece bem os movimentos e sente-se a sua resistência.

gears2_design

Os dois botões que traz são de fácil acesso, em locais habituais dos relógios normais, não criando qualquer transtorno na sua utilização. O botão de cima permite recuar nas aplicações ou voltar ao mostrador principal, enquanto que o de baixo, com um toque, abre o menu das aplicações ou premindo de forma continua, funciona como botão para desligar (ou ligar) o dispositivo.

Experiência pessoal

A adaptação ao uso do smartwach foi bastante fácil, ao fim de uns minutos de brincadeira já conseguia mexer nele sem grandes problemas. Para isso, a moldura giratória é uma grande ajuda, facilitando bastante a passagem entre menus e escolha de opções. Apesar de não ter feito a experiência, seguramente é uma grande ajuda para quando temos luvas postas e não as queremos tirar só para ver as notificações ou outro tipo de informação.

A imagem do ecrã é bastante boa, e brilhante, o que facilita a sua visualização em ambientes com muita iluminação, como na rua. O ajuste do brilho também é fácil de fazer nas definições do dispositivo, mais uma vez, graças à moldura giratória, podendo baixar o brilho para não ferir os olhos durante a noite.gears2 (6)

Para o mostrador principal, a Samsung criou vários temas diferentes ajustados ao ecrã, para que o utilizador possa escolher o que mais lhe agrada. Fiquei-me pelo que trazia de raiz pois agradou-me, algo clássico, mas traz outras para todos os gostos, desde mais desportivas a outras mais animadas com bonecos.

Ainda de notar o modo poupança de energia, quando está perto de acabar, surge a questão de se queremos ou não ativar o modo. Ativando-o, o relógio adota uma temática de tons em cinzento e desativa diversas funcionalidades, mantendo o básico como as horas e notificações.

 

No que toca a monitorização de saúde e fitness, permite mais do mesmo, possuindo algumas funções básicas como a contagem de ingestão tanto de água como café, o controlo da frequência cardíaca através do sensor em contacto com o nosso pulso e a contagem de passos dados, o que tudo junto permite ao sistema ‘medir’ o nosso nível de atividade física e contabilizar a mesma em três modos – repouso, ligeira e alta, registando ainda as Kcal despendidas nesse período.

O relógio traz duas aplicações para o efeito, S Health e Nike+. Esta permite cronometrar, medir o percurso, pela passada, e a frequência cardíaca…contudo, para um fã de eu um fã de corrida ou running (como preferirem), que geralmente gosta de correr sem o telemóvel, este relógio não permite registar as corridas no seu todo – com registo do percurso.

Além do que consegue fazer, senti que fizesse falta o registo do percurso em si, o que não é possível uma vez que não possui nem GPS nem 3G, quem quiser essa funcionalidade teria de optar por um dos outros modelos existentes no mercado com GPS incorporado.

gears2

Quanto ao Tizen, apesar de ainda se verem algumas criticas pela internet, achei bastante interessante e promissor, sendo claro que fazem falta algumas aplicações ainda sem compatibilidade com o SO, é bastante leve e não senti soluços na utilização do mesmo. Acredito que se fosse um sistema baseado em Android teria tido mais dificuldades no uso do que neste baseado em Linux.

Contudo, o ponto mais fraco do aparelho pareceu-me ser definitivamente o tempo de vida da bateria, esgotando-se com relativa facilidade e um carregamento diário torna-se algo obrigatório, isto se querem ter o dispositivo pronto para o dia seguinte, deixando-o a carregar durante a noite, ou seja, abrindo mão da monitorização do vosso sono, não algo muito essencial para mim, mas há quem goste de ter tudo sobre controlo.

Esta bateria de 250 mAh não parece ser suficiente para alimentar o ecrã AMOLED, o Tizen e o Exynos ao mesmo tempo, já outros smartwatches da concorrência apostarem em baterias de maior capacidade, como a de 300mAh no caso do Moto 360 Sport, mas mesmo nesses casos ficaram algo àquem das expetativas. As companhias têm de encontrar uma solução de melhorar a eficiência das baterias, pois se o aparelho tem determinadas funcionalidades, são para ser usadas, não para estar em modo eco constante.

Conclusões

A Samsung não desiludiu, pelo menos quanto ao design, a mim deixou-me rendido, do que tenho visto de smartwatches, este foi seguramente dos meus favoritos nesse campo.

Contudo, para um dispositivo que pode ser encontrado entre os 300 e 350€, acho que falha ainda ‘valente’ não trazer GPS, mesmo que existam outros modelos da linha com essa funcionalidade e assim promover de alguma forma a existência de diferentes opções no mercado, parece-me que será um valor um pouco elevado para algo sem essa funcionalidade, apesar de tudo o que traz, mas pronto, se calhar é um espelho do que já sucede no mundo paralelo dos smartphones.

Notei ainda algum aquecimento em alguns momentos, principalmente em sincronizações com o smartphone e também com a aplicação da Nike+, mas nada fora do normal neste tipo de dispositivos. Afinal, possui um processador de 1Ghz muito próximo da nossa pele, pelo que é normal sentir o aquecimento.

E a bateria, como referi, é o calcanhar de Aquiles mesmo.

Eu ainda não me rendi aos wearables, e o Gear S2, apesar do design de construção e leveza do Tizen, não conseguiu fazer-me juntar ao Dark Side…quiçá na próxima geração de wearables, com o novo chip All-in-One da Samsung?

Bónus extra pela possibilidade de download e instalação de uma versão adaptada do clássico jogo Snake!

Ver na Amazon

Este Samsung Gear S2 foi testado com o Asus Zenfone 2 ZE551ML.

Design
92
Ecrã
80
Software
80
Rendimento
70
Bateria
80
Review dos Leitores1 Votes
89
Design
Construção Sólida
IP68 - Resistência a pó e água
Personalizável - troca de bracelete
Duração da bateria
Aquecimento
Falta de GPS
80
Nutella Man

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Design
Ecrã
Software
Rendimento
Bateria
Final Score