razer diamondback

Review Razer Diamondback, volta a lenda renovada com 16.000 DPI

Design86
Personalização79
Funcionalidades84
Rendimento85
Review dos Leitores0 Votes0
Equilibrado, suave e com boa resposta
Botões laterais em ambos lados
Efeitos de luz
Roda central não funciona tão bem
Não inclui extras
É demasiado baixo
84

Falar de ratos e falar da Razer é uma boa combinação. Como prova disso, hoje trazemos a review do rato Razer Diamondback, uma peça mítica renovada na atualidade.

O Razer Diamondback é um rato gaming bastante completo, com um aspeto muito cuidado e bom funcionamento, especialmente interessante para os jogadores de FPS.

Trata-se da re-edição de um clássico, que poucos anos depois nos volta a surpreender. A serie Diamondback surgiu no ano 2004, com um sensor de 1.600 DPI. Foi modificado esteticamente poucos meses depois, mantendo o seu sensor. Poucos anos depois, em 2007, o seu sensor foi melhorado para os 1.800 DPI.

modelo-antiguo-y-nuevo-razer-diamonback-newesc

O Razer Diamondback é a re-edição de um clássico, que mantém a sua essência mas com um melhor sensor e design

Não há dúvidas que desde 2007 as coisa mudaram muito, e hoje temos um dispositivo com um sensor de 16.000 DPI de 5ª geração que não tem nada a ver com as primeiras versões. O interior é uma versão melhorada das edições anteriores, e o exterior uma adaptação aos novos tempo.

Vamos analisar ponto por ponto para conhecer os seus melhores aspectos, mas também os seus defeitos.

review-razer-diamonback-newesc

Razer Diamondback: especificações completas

O Razer Diamondback é um rato todo-terreno, muito versátil e apto para todos os públicos, e não o dizemos apenas por ser um rato para destros e canhotos.

  • Sensor de 16.000 DPI de 5ª geração.
  • Reconhecimento de até 210 polegadas por segundo, 50g de aceleração.
  • Ultrapolling de 1.000 Hz.
  • Iluminação RGB Chroma com 16,8 milhões de cores.
  • 7 botões Hyperesponse programáveis.
  • Design para destros e canhotos.
  • Cabo USB de fibra trançado/manga.
  • Medidas: 125 x 60 x 30 mm.
  • Peso: 89 gramos.

razer-diamonback-newesc

Design melhorado

O design do Razer Diamondback é, de alguma forma, a adaptação de um clássico, como é o caso dos novos modelos Mustang da Ford: é preciso renovar sem perder a essência.

Este rato mantém o seu design de forma similar às versões anteriores, assim como a curvatura dos seus botões principais Esta curvatura faz com que seja muito cómodo de apoiar com os dedos nos botões principais, já que de alguma forma os mantém firmes.

botones-razer-diamonback-newesc

A ergonomia do rato é realmente notável, o qual se ajusta à mão sem necessidade de curvas extravagantes, e, como já referimos, serve tanto para destros com canhotos. Contudo, se tiverem a mão grande, pode não ser tão cómodo, já que não é um rato alto. Alguns utilizadores sentirão que a mão fica no ar. É um rato para quem usa um Palm Grip.

É um rato para destros e canhotos, simétrico e funcional

Em cada parte lateral, o rato conta com um grip de borracha para facilitar a pega, que para nós, fica um pouco para atrás de posição do polegar. Mas mesmo assim, não é nada alarmante.

detalle-botones-laterales-y-grip-razer-diamonback-newesc

Em relação aos botões, o Razer Diamondback oferece dois botões em cada lateral. A parte esquerda (se forem destros), é muito utilizada em todo o tipo de jogos, enquanto que a parte direita já não tanto, por não ser ergonómico. Mas o mesmo acontece com se forem canhotos, pelo que em qualquer situação o rato adapta-se às necessidades.

A roda do rato está coberta de uma borracha que melhora a pega dele, e a sua rotação é correta, mas é um pouco ruidoso e duro. Não é que faça imenso barulho, mas transmite menos suavidade que o habitual.

Em relação à iluminação, o que podemos dizer? É um dispositivo com iluminação Chroma, pelo que conta com LED’s que podemos personalizar com o software Synapse. Tem uma banda de luz nas laterais que lhe dá um aspeto realmente impressionante, com uma difusão muito suave da mesma, e que realça a sua linha de um modo espectacular. Esta banda de luz é composta por 19 LED‘s diferentes, que podemos configurar como quisermos. Muito bem Razer.

vista-superior-razer-diamonback-newesc

Além da banda de luz, também podem personalizar a iluminação do Logo da Razer e a própria roda do rato. Tudo de forma independente e ajustando os ciclos de cores, tempos, velocidades… Uma maravilha da personalização.

O mais bonito deste rato é a banda de luz, que podemos personalizar infinitamente

Depois de utilizar este rato durante uns dias, pensamos que realmente seria muito interessante que, e atenção Razer que vos estamos a dar esta ideia de graça, desenvolvessem um rato com uma iluminação inferior mas que de alguma forma não tocasse diretamente no mousepad com a zona da luz, para que a luz se refletisse no mousepad e víssemos o rato iluminado por de baixo. Seria um efeito espectacular e que estenderia a iluminação do rato para fora dele. Como se estivesse a flutuar.

Em relação à parte inferior do Razer Diamondback, mantém o design dos seus antecessores, com três apoios de borracha, dois na parte frontal e outro na parte traseira. Isto reduz o atrito ao não ter mais apoios nas laterais, o que se agradece ao deslizar o rato.

Funcionamento único

O funcionamento deste rato é muito bom, suave, preciso e com uma resposta instantânea aos nossos movimentos. A resolução do sensor não se nota realmente e permite jogar com a precisão que provavelmente nunca tenhas experimentado.

Os botões são muito sensíveis aos cliques, tendo uma distância de ativação muito corta, o que dá a possibilidade de fazer mais cliques em menos tempo, algo muito importante para um bom gamer.

raton-synapse-razer-diamonback-newesc

Em relação aos botões laterais, como vimos, no nosso caso estes parecem muito úteis próximos do polegar, falando dos do lado esquerdo que usamos. Sem esquecer a existência de botões do lado oposto, para quem for canhoto, mas que no nosso caso ficaram sem uso.

O Razer Diamondback é um rato suave, preciso e com boa resposta

O rato não é, infelizmente, um rato sem fios, nem tem um peso ajustável. São as duas coisas que podemos criticar. De resto, o seu deslizamento no tapete é ótimo, o reconhecimento da superfície muito bom e os botões respondem como deve ser.

Gostaríamos que a roda do rato fosse um pouco mais suave no seu funcionamento, mas cumpre com o seu propósito na perfeição. Além disso, ao pressionar, a resistência que oferece é boa.

Software com poucas novidades

Como sempre, se precisam de alterar algumas configurações nos dispositivos da Razer, precisam de instalar o Synapse. O software da Razer permite, além de configurar os botões do rato, a sua sensibilidade e calibrar o mesmo, personalizar a iluminação ao nosso gosto.

Para isso, desde a secção de “Iluminação” podemos aceder ao “Configurador de Chroma”, onde veremos um esquema do rato com diferentes LED’s que integra e todos os efeitos que podemos aplicar-lhe a cada um deles.

As combinações são praticamente infinitas, e se lhe dedicarem uns minutos para o personalizar, podem ter um rato único com um aspeto impressionante.

Packaging

O packaging, pelo menos a desta versão do rato, é ajustado ao tamanho, sem nada que chame muito a atenção. É uma caixa de pequenas dimensões que se abre e que permite ver outra caixa de plástico. Por grande pena nossa, não inclui uma bolsa de transporte, nem nenhum outro extra.

A parte traseira da tampa da primeira caixa mostra-nos uma mensagem do CEO da Razer, que nos recorda o nascimento deste rato, revolucionário na altura, e que o tempo o ajudou a melhorar.

razer diamondback

Dizemos que esta caixa não tem nada que chame muito a atenção, mas existe outra versão de coleccionador com uma embalagem muito mais premium, para os que não queiram deixar passar a oportunidade de ter esta versão na sua coleção de dispositivos gaming míticos.

Vale a pena a compra?

O rato Razer Diamondback é um rato que podíamos qualificar como uma aposta segura. Os seus vários botões programáveis, o seu fantástico deslizamento e sensibilidade e o seu aspeto personalizável são os seus pontos fortes.

Contudo, pode ser que não estejam a procura de algo tão bonito, mas sim mais funcional. Este rato não é wireless, não tem muitos botões e o seu peso não é ajustável. Contudo, é um rato equilibrado e perfeito para quem quiser um rato eficaz e que não falhe.

O seu preço ronda os 80€, pelo que é muito mais barato que outros ratos Gaming deste nível de qualidade, mesmo que não pareça assim tão barato.

Contudo, é um investimento no bom serviço que prestará enquanto o tiverem!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Design
Personalização
Funcionalidades
Rendimento
Final Score