Review: Patapon Remastered - Da PSP para a PS4
Excelente trabalho artístico Mistura de ritmo e estratégiaBanda sonora viciante
Alguns momentos muito parados nos níveisPouca profundidade no combate
80%Overall Score
Reader Rating 0 Votes
0%

patapon 2Patapon 2 foi um jogo que joguei com alguma regularidade na PSP, uma vez que era um jogo diferente do habitual, combinando jogabilidade completamente distintas: Ritmo e estratégia. Agora, a Sony relança o original remasterizado para a PS4, pelo que foi a minha oportunidade de jogar o primeiro título da série.

O jogador toma o papel de um Deus em Patapon

Em Patapon, o jogador toma o papel do Deus da tribo Patapon, que após uma época de grande perda, querem agora restabelecer o seu poder de antigamente. Para tal, é necessário que os comandem contra o império Zigoton.

O Império e os Patapon são inimigos mortais, uma vez que os primeiros são quadrados e os nossos personagens são círculos. Além disso, os Patapon procuram por um artefacto chamado “IT” que tem o poder de lhes dar uma eternidade de paz e prosperidade, enquanto o Império quer evitar que os Patapon o obtenham, por acreditar numa profecia que diz que a sua obtenção pode trazer o caos.

Para controlar a nossa tribo, temos de fazer uso de dois tambores, cujos botões do comando geram sons diferentes. Ao realizar determinadas combinações, podemos ordenar aos soldados que avancem, ataquem ou defendam.

Componente estratégica bastante presente

Apesar de não parecer à primeira vista, o jogo possui uma profundidade surpreendente, mesmo que a jogabilidade se resuma a simples combinações de botões.

É necessário que consigamos gerir as tropas, nomeadamente, a formação e que itens usar.

Patapon™ Remastered_20170725114035

Esta componente requer alguma gestão cuidada, uma vez que pode ser necessário repetir níveis para obter materiais. Com estes, podemos aumentar o poder dos nossos soldados, criar soldados para substituir os que caíram em batalha, ou melhorar os existentes.

Existem diversas classes de soldados, com vários tipos de armas como lanças, arcos, machados, entre outros. Antes de cada nível podemos escolher o alinhamento, pelo que é importante saber como dispor cada classe de unidades.

O ritmo é extremamente importante

Há medida que vão dando as ordens no ritmo certo, vão aumentando o vosso combo. Ao atingirem um certo número, vão entrar num estado de Fever, que aumenta o poder dos soldados, mas requer que sejam mais precisos no vosso ritmo.

Assim, torna-se bastante útil saberem antecipar o que vai acontecer, para que possam dar as ordens certas, sem perder o ritmo. Apesar de o jogo oferecer dicas visuais de como manter o ritmo, sob a forma de uma moldura que vai piscando, achei que se tornava mais fácil e interessante descobrir o ritmo usando as dicas auditivas, nomeadamente, os cânticos dos Patapon.

Patapon™ Remastered_20170725115402

É bastante engraçado ver as reações deles quando falham o ritmo, quer tropeçando uns nos outros, quer chamando-vos nomes sob a forma de uns balões de texto.

Dá-lhes uma personalidade bastante cómica

No entanto, algo que não gostei tanto, foram os momentos mais parados nos níveis. Existem algumas alturas em que temos simplesmente de andar para à frente, efetuando várias vezes o mesmo comando.

Seria melhor que os Patapon ou andassem automaticamente até à próxima secção, ou não existissem estes momentos de paragem.

As ordens existentes também são ligeiramente básicas, sendo que a profundidade do jogo advém da gestão da tribo e não propriamente do combate em si.

Arte que envelheceu bem

A arte de Patapon foi uma das razões pela qual o jogo foi tão bem recebido na PSP, e passados quase 10 anos, é bom ver que este estilo de arte se consegue manter atual, mesmo com a passagem para o HD e 4K.

O jogo corre de forma bastante fluída e possui suporte a 1080p na PS4 normal e 4K na PS4 Pro.

O desenho dos inimigos e cenários é extremamente agradável, especialmente os bosses, que possuem desenhos que lembram pinturas tribais e fazem muitas vezes o tamanho dos Patapon.

A banda sonora também é bastante viciante e capaz de ficar na vossa cabeça durante horas.

Patapon™ Remastered_20170725123729

Conclusão

Apesar de não ser já uma inovação, Patapon é um jogo que conseguiu envelhecer bastante bem, sendo que a sua passagem para as novas consolas fez-se de forma natural, sem necessitar de alterações nas mecânicas para agradar ao público de hoje em dia.

Conseguiu envelhecer bastante bem

Artisticamente é muito bom, possui bastante profundidade e uma componente estratégica interessante. O preço também é bastante simpático, sendo em torno de 15€.

Também oferece bastante conteúdo, sendo que a campanha pode ser terminada à volta de duas dezenas de horas e ainda existem muitos segredos por descobrir.

 

No more articles