Análise a MSI GTX 1050Ti Gaming X 4G, melhor gama média?
Excelente relação performance-preçoFresca e SilenciosaPreço acessívelBoa quantidade de memória
91%Overall Score
Performance87%
Consumo95%
Ruido95%
Preço86%

A MSI enviou-nos uma GTX 1050Ti, da sua gama Gaming X para testarmos e, podemos afirmar que ficámos bastante surpreendidos pela capacidade da placa. Além de fresca, conseguiu aguentar com alguns jogos em definições que não achava serem possíveis, de forma bastante suave. Então vejamos.

Design da GTX 1050 Ti

A GTX 1050 TI Gaming X vem equipada com o cooler Twin Frozr VI da MSI, tal como todas as placas desta linha. É um cooler bastante interessante, com um sistema de enrolamentos e pás mais finas e curtas que permitem um melhor fluxo de ar e um som mais suave, mesmo a maiores valores de RPM.

Em termos de cores, vem em vermelho e preto, como é habitual com este cooler da MSI e LEDs vermelhos para realçar mesmo as cores da marca. O facto de apenas vir com um conector de cada tipo, neste caso HDMI, DVI e Display Port fazem com que as suas dimensões fossem ligeiramente reduzidas, sendo mais pequena e fina que, por exemplo, a RX480 ou a GTX 1080 da mesma linha.

GTX1050Ti 2

Resumo das Especificações
  • Nome do modelo: MSI GTX 1050Ti Gaming X 4G
  • GPU:  GTX 1050 Ti
  • Interface: PCI Express x16 3.0GTX1050Ti 3
  • Nome do Core: GP107
  • Cores: 768 Unidades
  • Clock: 1316 MHz (OC Mode)
  • Memória do Relógio: ~7.000 MHz
  • Tamanho da memória: 4 GB GDDR5
  • Bus da memória: 128-bit
  • Output:  DisplayPort / HDMI / DL-DVI-D
  • Consumo energético: 75 W / 6 pin
  • Energia recomendada: 300 W
  • Tamanho: 229 x 131 x 39 mm
  • Peso: 527 g

Performance Gaming

Como disse acima, fiquei bastante impressionado com os resultados que obtive enquanto usava a GTX 1050Ti, quer a nível de performance, quer a nível de ruído e temperaturas.

Esta placa, é claramente recomendada para quem quer montar um computador focado em jogos online, que não pesem em demasia e não tenham necessidade de jogar com as definições todas no máximo, mas gostam de poder jogar outros títulos que não os do costume sem terem de gastar muito dinheiro na sua máquina.

Apesar de não termos conseguido experimentar todos os jogos que gostaríamos, demos prioridade aqueles que achamos sejam os alvos principais dos que vão adquirir uma placa como esta. Assim, temos abaixo alguns vídeos de gameplay de Battlefield 1, Overwatch e Titanfall 2 para variar do Counter Strike: GO, visto que também usa Source e  CS:GO corre praticamente numa batata.

Battlefield 1

Começando pela campanha, com o Rivatuner ligado, conseguimos ver que nas definições médias, a placa corre o jogo perfeitamente bem, tanto que até podia correr nas definições altas. O mapa Sinai Desert não é propriamente complexo em termos de geometria e falta-lhe vegetação e densidade de edifícios, mas ainda assim, o jogo manteve-se acima das 80 FPS no calor da ação, pelo que podem esperar valores semelhantes no multijogador, talvez um pouco mais baixos devido à quantidade de elementos imprevisíveis que existem.

Passando para o multijogador, agora numa partida de Team Deathmatch, realmente verifica-se que existem umas quedas ligeiras nas FPS, passando  valor mínimo a rondar os 75 e o máximo a não ser tão alto como no vídeo anterior. Apesar de não ser um mapa com 64 jogadores e veículos, o mapa Amiens é bastante mais complexo em termos de geometria e densidade de edifícios, além de que existe um nevoeiro sempre presente. Além disso o mapa mais pequeno faz com que estejam sempre no meio dos combates, algo importante para testar a placa que se mantém sempre forte nestes momentos.

Overwatch

O popular título da Blizzard é um excelente exemplo de um jogo bem optimizado. Portanto nada como colocar as definições no máximo e ver como corria. Sem espanto, o jogo bloqueou nas 70 FPS e não saiu nunca de lá, portanto é bastante jogável.

Sendo este tipo de jogos o alvo principal das placas desta gama, seria de esperar que a placa fosse capaz de o correr à vontade, o que aconteceu.

Titanfall 2

Para terminar, fiquei curioso para ver como a GTX 1050 Ti corria o Titanfall 2, pensando eu que se conseguiu correr o Battlefield 1 em definições médias com aqueles valores de FPS, seria ainda mais fácil correr o Titanfall 2 que faz uso de um motor ainda mais optimizado e leve que o Frostbite.

Portanto, coloquei as definições todas ao máximo e fiquei bastante contente por verificar que o jogo se aguentou acima das 60 FPS em 99% do tempo. Houve uma queda para 58 FPS numa dada altura mais intensa, mas de resto, sempre acima das 65-70 FPS. Assim, se estão a pensar adquirir uma GTX 1050Ti, têm mais um excelente título a ter em conta, visto que se há jogo que merece o vosso dinheiro, é Titanfall 2.

Overclock e ruído

Em termos de ruído, não faço ideia visto que não ouvi a placa a trabalhar, mesmo durante o jogo. Isto deve-se pelo facto de as ventoinhas apenas começarem a trabalhar quando a placa atinge os 60ºC. Mesmo quando ativam, a sua velocidade nunca passou dos 50%, pelo que se manteve inaudível durante todo o tempo.

Já quanto ao overclock, não é algo que faça muito sentido numa placa deste tipo, mas só para testar, decidi colocar o relógio a aproximadamente 1900MHz, que é o limite máximo que a placa permite antes de se começar a tornar instável, ou seja, pouco mais de 100MHz em relação ao Boost Clock.

Ainda assim, as temperaturas mantiveram-se as mesmas, visto que as ventoinhas a 50% conseguiram dissipar facilmente o aumento da temperatura devido ao relógio mais rápido. Caso quisesse ir adiante, seria necessário alterar os valores de tensão e potência máxima, para evitar que a placa ficasse instável.

Será esta GTX 1050Ti a melhor opção?

A MSI GTX 1050Ti Gaming X 4G é uma placa bastante interessante. Apesar de ser uma placa de gama média-baixa, focada para máquinas com um orçamento mais acessível, ainda é capaz de aguentar com jogos mais exigentes, mesmo que tenham de comprometer um pouco a qualidade das opções gráficas, mas sempre com baixo ruído e excelentes temperaturas.

Podemos encontrar estas por pouco mais de 180€, como na Amazon ES onde temos a 184€, e nas lojas nacionais a preço semelhante. O preço, sendo acessível, não é ainda assim o mais competitivo, pois por pouco mais podemos encontrar soluções superiores como a GTX 1060, que já analisámos aqui, ou a RX480 da AMD, que também vimos recentemente.

A GTX 1050Ti torna-se uma melhor opção quando olhamos para os modelos mais baratos, como a MSI GTX 1050Ti 4G OC com um cooler Armor a 160€, ideal para sistemas compactos mini-ITX ou simplesmente para poupar uns trocos, tendo uma capacidade semelhante a esta que analisámos.

 

No more articles