Review LG 34UC88 Ultrawide Curvo em português

Tivemos a oportunidade de analisar o LG 34UC88, um monitor curvo ultrawide de 34 polegadas, de alta resolução e com um design bastante elegante que certamente vai agradar aqueles que gostam de fazer da sua secretária uma obra de arte.

 

Design do LG 34UC88

Como referi, o 34UC88 possui um ecrã curvo, que o torna extremamente elegante e agradável de ser ver na mesa. Possui uma moldura lateral em metal, que lhe dá um aspecto premium e as bordas do monitor são bastante finas. Tem o mesmo estilo que a LG nos tem habituado com as suas TV’s.

Vem com um suporte para mesa, bastante fácil de montar, sendo apenas necessário encaixá-lo no monitor, não necessitando de parafusos. A sua base é curva, pelo que fica muito bem com o painel também curvo do monitor. Além disso, permite ajustar o monitor numa boa gama de alturas, para que nunca se sintam desconfortáveis enquanto o usam.

Review LG 34UC88 ajustável

O painel lateral é bastante fácil de aceder e nele vão encontrar:

  • Duas entradas HDMI 2.0,
  • Uma entrada Display Port 1.2,
  • Uma saída de 3.5mm e audio digital,
  • Duas portas USB 3.0 com suporte a Fast Charging.

Para controlar o monitor, podemos usar o pequeno stick analógico que se encontra na base do monitor, entre as colunas. No entanto achei que um comando seria imperativo já que a maioria das pessoas utiliza um monitor também para ver TV.

Imagem e Som

O 34UC88 vem equipado com um painel IPS que oferece cores bastante vivas, sem cansar os olhos. A resolução do ecrã são uns magníficos 3440×1440 com um contraste de 1000:1, com cores de 10 bits. Conta com um tempo de resposta típico de 14 ms e um ângulo de visão de 178/178.

Possui ainda a funcionalidade para placas gráficas da AMD, Freesync, entre 55 e 75Hz. Parece-me bastante adequado visto que é um ecrã de 1440p e a maioria das pessoas possui hardware para esta resolução. Infelizmente tinha a placa AMD HD7970 que não possui suporte para Freesync, pelo que não pude testar esta funcionalidade.

Review LG 34UC88 parte traseira

No menu de imagem temos acesso a diversos modos imagem como cinema, foto, quarto escuro, jogos ou dois modos personalizados, um para TV e outro para Jogos. Nos modos para jogos podemos definir dois modos para FPS e um para RTS que mudam drasticamente o esquema de cores e luminosidade.

No modo personalizado podemos definir o tempo de resposta para lento, médio ou rápido e se queremos o Freesync ativo. Também gostei da funcionalidade de estabilizador de preto, que permite tornar a cor preta mais clara ou mais escura. Dependendo dos valores que usam, podem alterar drasticamente a imagem que é apresentada.

Podemos utilizar o screen split de duas formas: PIP ou pelas opções do monitor.

O PIP permite-vos dividir o ecrã: num utilizar como saída de HDMI e no outro como saída do Display Port. É pena que não se possa dividir com as duas saídas de HDMI. Podem definir o rácio que querem para cada ecrã e de qual ouvem o som. É uma funcionalidade extremamente útil se quiserem, por exemplo, estar na consola enquanto vêm um walkthrough no PC. Também podem estar no PC pelo Display Port e pelo HDMI ter a vossa Box de TV ligada.

Pelas opções do monitor, podem definir também o tamanho da janela no modo PIP e ainda escolher várias opções para dividir a imagem do vosso PC. Podem dividir em 2:2, 3:3, 4:4 e alterar os tamanhos de cada janela.

Review LG 34UC88 split screen

É uma funcionalidade especialmente útil para quem gosta de multitasking e trabalhar com ferramentas que exijam várias janelas abertas, desde edição de imagem, som, programação, etc.

Na base do monitor estão equipadas duas colunas de 7W, bastante poderosas, ao ponto de o som em 10/100 estar muito alto. Existe ainda a funcionalidade Maxx Audio, que vos oferece um som 3D extremamente bem conseguido, praticamente ao nível de um bom headset. Oferece ainda graves bastante poderosos, pelo que conseguem um bom posicionamento sonoro nos vossos jogos, mesmo sem terem de recorrer a headphones ou headsets.

Jogos, compatibilidade e dia-a-dia

O 34UC88, com a sua qualidade de imagem, som e alta resolução é um bom companheiro para os vossos jogos.

O painel bastante largo e curvo permite uma imersão única. No entanto têm, obviamente, de ter hardware a condizer. A resolução de 3440×1440 consegue reduzir a vossa placa gráfica à insignificância se utilizarem configurações excessivamente altas.

LG 34UC88 Witcher3

No meu caso, com a minha GTX 780, por exemplo, no Witcher 3, passei de configurações em High a 60 fps fixos para Medium com uma média de 45 fps. Em Star Wars Battlefront e Battlefield 4, que conseguia uma media de 120 fps em High, passou para 40 fps nessa resolução.

Sendo que estão a jogar numa resolução mais alta que o 1080p, existem alguns hábitos que podem alterar para conseguir uma performance a par da que tinham, sem perder muito na qualidade de imagem.

Se querem ultrawide e 1440p, este é um monitor a ter em conta

Por exemplo, filtros AA, podem eliminá-los por completo. Quanto maior a resolução, mais lisas vão ficar as arestas da geometria dos jogos. Isto significa que não necessitam de filtros AA como MSAA ou SSAA, que aumentam a resolução e fazem downscale de forma a eliminar os serrilhados.

Não tenham receio de baixar um pouco as texturas. Se em 1080p conseguem utilizar as texturas em High, se reduzirem para Medium, não fará tanta diferença e o próprio monitor fará o upscale delas para a resolução nativa. Desta forma conseguem reduzir a carga na memória da vossa gráfica, dando mais folga para processar a resolução mais alta.

Review LG 34UC88 Walpapper

Uma das coisas que preocupa muita gente antes de adquirirem um monitor ultrawide, é a compatibilidade dessas resoluções com jogos e conteúdos multimédia. Posso confirmar que alguns desses receios são verdade, mas nem todos. Além disso, a experiência continua a ser bastante satisfatória.

Adquirir novos hábitos é essencial para terem uma experiência de jogo agradável

Em primeiro lugar, a maioria dos jogos já estão feitos para fazer o scaling automático para a vossa resolução nativa. Não quer dizer que o próprio jogo em si suporte esta resolução, nomeadamente a nível das texturas, que por vezes podem ficar um pouco esticadas. No entanto, não existem barras pretas, mesmo que joguem em 16:9. Isso deve-se ao facto de nas opções do monitor, poderem definir o rácio apresentado como o original, ou se querem que ocupe o monitor todo.

Nalguns jogos podem ocorrer situações que o monitor não pode controlar. Por exemplo, no Witcher 3, as cutscenes que não requerem escolhas apresentam-se com barras pretas de lado. No Battlefield 4, o menu de Deploy apresenta-se também com barras pretas. No entanto ao regressarem ao jogo, a imagem volta ao normal e podem jogar sem qualquer problema.

LG 34UC88 cover

 

Experimentei também ligar a PS4 ao monitor, para ver como se comportava com um sistema em que controlar a resolução é muito mais complicado. Fiquei agradado por verificar que não existe qualquer problema em utilizar a consola com este monitor, mesmo durante os jogos. O Uncharted 4, mesmo com o upscale para esta resolução, continua um jogo extremamente belo, ainda mais com as cores do painel IPS e o estabilizador de preto.

As situações em que realmente se verifica uma falta de compatibilidade para estas resoluções, é quando estamos a ver vídeos online como no YouTube ou noutros sites de streaming. Neste sites vemos as barras laterais pretas devido à falta de scaling para a resolução do monitor.

Conclusões

O LG 34UC88 é um monitor muito elegante que vão adorar ter na vossa mesa. Possui bastantes funcionalidades e é perfeito para multitasking.

Podem encontrá-lo à venda em lojas nacionais a partir dos 740€. O que não é um preço assim tão mau para um monitor ultrawide com estas características e alta resolução, e que na Amazon passa os 800€.

Apenas verifiquem antes se têm um hardware o suficientemente poderoso como para aguentar este aumento de resolução. Se o uso principal for gaming, neste caso atenção à placa gráfica que deverá ser AMD com suporte freesync.

Review dos Leitores0 Votes
0
Painel IPS com boas cores
Qualidade de Som muito acima da média
Boas opções para multitasking
Fácil de Montar
AMD Freesync
Falta de comando remoto
Modo PIP apenas entre HDMI-Display Port
80

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Design
Ecrã
Performance
Autonomia
Autonomia e alcance
Câmaras
Ecossistema
Qualidade/Preço
Ergonomia
Audio
Micrófono
Personalização
Video
Fotografia
Conectividade
Final Score