meze classics auscultadores

[Review] Meze 99 Classics e 12 Classics melhor som Hi-Fi

Na NewEsc já analisamos vários auriculares de gaming, muitos deles soam bastante bem. No entanto, no mundo do áudio, há determinadas marcas e dispositivos pensados para um publico muito exigente no que diz respeito a qualidade de áudio. Hoje trazemos-vos a nossa análise dos Meze 99 Classics e Meze 12 Classics, dois auriculares diferentes mas com algo em comum, uma qualidade de som surpreendente.

Quando pensamos em auriculares para gaming, muitos podem imaginar headsets cheios de luzes, com designs imaginativos, configurações mais ou menos complicadas… Mas, o que acham que acontece quando usamos algo de uma parca pensada para audiófilos para jogar jogos de video? Muito simpoles: ouvimos o jogo como nunca antes, com uma riqueza de som sem comparação, desde que tenham um ouvido atento para apreciar essa qualidade.

 

Os Meze 99 Classics e 12 Classics são dois auriculares estéreos cuja qualidade se som é realmente impressionante. Quem disse que o som de alta fidelidade só servia para ouvir música? Com estes auscultadores vais poder escutar como nunca todo o conteúdo, incluindo jogos. Vamos conhecer os seus detalhes.

Meze 99 Classics

  • Se tratam de uns auriculares fechados, auto-ajustaveis e com uns drivers de 40mm;
  • Trabalham em frequências entre 15Hz e 25KHz;
  • Com sensibilidade entre 103dB e 1 KHz;
  • Impedância de 32 Ohmios;
  • Cabos removíveis, com microfone integrado;
  • Ligação jack de 3,5mm;
  • Peso: 260g sem o cabo;
  • Pavilhões em madeira de nogueira.

Meze 12 Classics

  • Auriculares in-ear com drivers de 8mm;
  • Trabalham em frequências entre 16Hz e 24KHz;
  • Sensibilidade de 101dB;
  • Impedância: 16 Ohmios;
  • Microfone integrado no cabo;
  • Ligação jack de 3,5mm;
  • Atenuação do ruido até 26dB;
  • Material das cabeças em madeira de nogueira.

Design

Meze é uma marca que procura a qualidade absoluta dos seus produtos. Para isso não basta terem um som tremendo. O aspecto exterior é igualmente importante, e nisso, a Meze cumpre.

Os Meze 99 Classics, uns dos melhores auriculares mais premiados de 2016, chamam a atenção à vista, destacando-se os seus pavilhões em madeira de nogueira.

A Meze evitou o uso de plástico nestes seus auriculares, aproveitando ainda as características da madeira no que diz respeito à absorção e ressonância.

O resultado é um som com corpo tão completo que fica dificil descrever, e uns baixos absolutamente brilhantes.

Estes Meze 99 Classics contam com um diadema de qualidade e autoajustável. Apenas temos de colocar os 99 Classics na cabeça sem nos preocupar-mos com a dimensão, que eles se adaptam perfeitamente à forma. Alem disso, são bastante leves, sendo que podemos usá-los durante largos periodos de tempo.

O design do pavilhões cobre completamente a orelha, e graças à sua espuma coberta de pele sintética, o conforto é total. Estes pavilhões têm um pouco de movimento, mas não muito, pelo que apesar da solidez da construção, deverão ter cuidado com eles.

O cabo dos auriculares é removível, e tem uma entrada jack para cada pavilhão.

Os Meze 99 Classics são simétricos, o que significa que o canal direito e o esquerdo são atribuídos dependendo como os ligamos.

Nos próprios cabos temos a indicação de qual diz respeito ao direito (R) e ao esquerdo (L). Neste último temos também um relevo no cabo que nos permite identificar ao toque.

O cabo incorpora um microfone no meio que serve como uma conexão entre as duas secções que vêm dos pavilhões e aquela que vai directamente para a fonte de som.

Todos os conectores são banhados a ouro para qualidade de som superior. A unidade de teste que nos enviaram, corresponde ao modelo Wallnut Gold, ou seja, o modelo escuro com acabamentos metálicos em cor dourada.

Há outro modelo escuro, mas com acabamentos em prata, e um modelo claro. Todos eles igualmente bonitos, misturando uma estética retro com detalhes modernos.

Quanto aos Meze 12 Classics, estes são fones de ouvido intra-auriculares. E temos de ser sinceros, no início, achámos um pouco exagerado fazer o encapsulamento desses fones de ouvido em noz, já que sendo tão pequeno, não achámos que se notaria a diferença, em geral, com outros fones de ouvido semelhantes que testávamos.

Estávamos errados

 

A qualidade dos Meze 12 Classics no que diz respeito à sua construção é, como não poderia ser, de outra forma, excepcional. Eles são extremamente leves, mesmo com o cabo você não notará notarão que os estão a usar.

Eles apresentam o logótipo da marca na base do fone de ouvido (a parte que dá o exterior) e como temos um encapsulamento de noz. Quanto às possíveis cabeças, ele traz vários tamanhos para que você possa alterá-los e colocar o que melhor se adequa ao seu canal auditivo.

O identificador “L” ou “R”, nesses fones de ouvido Meze 12 Classics, é um pouco complicado de encontrar porque é feito no cabo com uma ligeira gravação semi-transparente.

Talvez pudesse ter sido marcado de alguma outra forma mais óbvia, embora Meze provavelmente não queria que nada quebrasse a estética desta obra-prima do som.

 

Rendimento

É difícil lembrar de fones de ouvido que nos deixaram tão agradados

Os Meze 99 Classics são simplesmente soberbos. O corpo do som que transmite cobre a banda de frequência de forma quase mágica. Mas isso não oferece apenas uma resposta nesta banda ampla; Além disso, a resposta é perfeita.

 

Meze fez um trabalho impressionante para que os pavilhões de madeira igualem o som no modo ideal para neutralizar a possível resposta de frequência do resto dos componentes.

Assim, as nuances do resultado final dão vida a uma música e um áudio em geral que não estamos acostumados a encontrar.

Deve notar-se que esses auscultadores não têm cancelamento de ruído ativo, embora passivos, pois cobrem a orelha e isolam-se do exterior (até certo ponto, embora não sejam exagerados).

Meze fez um trabalho impressionante para que os pavilhões de madeira igualem o som no modo ideal para neutralizar a possível resposta de freqüência do resto dos componentes

Os pavilhões de madeira, embora criados com uma máquina CNC, são mais tarde revistos e finalizados à mão.

Isto, juntamente com cada pedaço de madeira é diferente, faz com que dificilmente existem dois auriculares Classics 99 que se oiçam da mesma forma. Cada um terá suas pequenas nuances nas frequências ou outros que o tornarão único.

Claro, esses fones de ouvido são projetados para alguém que procura uma qualidade de som que não faz o normal. E, como dissemos, é aplicável tanto à música quanto ao jogo.

A intensidade de ação em jogos como Battlefield 4, Overwatch, Titanfall … ouvir isso através desses fones de ouvido, deixa-nos boquiabertos.

No que diz respeito ao microfone, devemos dizer que ficamos muito agradavelmente surpreendidos

Pode-se pensar que esse microfone não deve ter um ótimo som, e basicamente é um utilitário auxiliar para complementar a funcionalidade desses fones de ouvido.

Bem, pode não ser um microfone profissional, mas nós asseguramos que, para os jogos, oferecerá uma qualidade de áudio muito maior do que outros microfones de fone de ouvido tradicionais que testámos.

É importante notar que para usar o microfone, uma vez que este partilha o conector de tomada com os fones de ouvido, devem certificar-se de que a vossa tomada jack suporta a saída de áudio e a entrada do microfone (muito típica em notebooks, por exemplo). Em qualquer caso, os adaptadores são vendidos para este tipo de situações.

Se usarem os 99 Classics com seu dispositivo móvel, por exemplo, não terão nenhum problema, porque reconhece o microfone e os próprios fones de ouvido, como se fosse um dispositivo mãos-livres, e na verdade podem usá-lo como tal.

Também é necessário indicar que, no cabo, encontramos um botão que podemos usar para controlar a reprodução multimédia e para atender / receber chamadas.

 

Quanto aos Meze 12 classics, temos novamente um áudio espectacular. Um som claro, alguns tons cheios de nuances e alguns graves que parecem mentira, que podem sair de duas cabeças tão pequenas.

Baixos surpreendentes em fones tão pequenos

Ao poder mudar as cabeças, podemos ajustá-los ao nosso ouvido de acordo com as necessidades de cada pessoa. Trazem várias cabeças diferentes, entre elas umas premium com maior isolamento e conforto feito de espuma.

Em qualquer caso, eles podem não ser os melhores fones de ouvido para jogos, pois usá-los por longos períodos de tempo pode ser um pouco desconfortável (não por qualquer coisa de sua construção, simplesmente por eles serem in-ear).

Estes fones de ouvido também possuem um microfone no cabo e um botão para controle e chamadas multimídia. A qualidade do microfone é muito boa, embora talvez o baixo escolha algo pior neste caso, sem, naturalmente, ser nada notável negativamente.

 

Packaging

Tanto no Meze 99 Classics como nos 12 Classics, a embalagem merece uma menção especial.

No caso do primeiro, encontramos uma caixa que podemos abrir a partir da aba lateral com íman. Quando o abrimos vemos uma boa capa rígida com o logótipo Meze, que contém os fones de ouvido.

Parece um detalhe muito interessante ter incluído este caso, um valor extra que deve ser apreciado.

Ao abrir o estojo, temos os auriculares, sem cabos ligados, e no meio deles, uma pequena caixa cilíndrica contendo dois conjuntos de cabos (um mais curto e mais longo), um adaptador de tomada 6.5 mm e um adaptador de áudio.

Tudo é perfeitamente cuidado para que possamos saber que estamos perante uns auriculares premium.

Os Meze 12 Classics vêm numa pequena caixa. Quando a abrimos encontramos os fones e o cabo de ligação meio dobrado na caixa, para a apresentação. Debaixo deles, temos o estojo de transporte, que será bastante útil para usar em viagem.

Dentro do estojo encontramos o resto do cabo dos Meze 12 Classics, bem como as cabeças de espuma para trocar-mos se assim quisermos.

Como referimos, achamos um detalhe muito bom incluir os estojos de transporte. É uma atenção ao cliente demonstrada pelas marcas, e parece-nos fazer valer mais um bocado o valor pago.

É um símbolo de diferenciação para as marcas que apostam nisso, como a Meze.

Conclusão

 

Depois de vários dias de experiência com estes auriculares, a única coisa mal que podemos dizer é o quão difícil passou a ser largá-los e usar outros fones, de qualidade inferior.

Meze 99 Classics custam ~300€ na Amazon

A Meze fez um trabalho fantástico com estes Classics, tanto no design como na qualidade de reprodução de áudio. Certamente que merecem todo o reconhecimento que tiveram até ao momento.

Os 12 Classics ficam a ~80€ na Amazon

Se forem gamers exigentes, e quiserem fazer um upgrade aos vossos periféricos, a começar pelo áduio, os Classics são uma boa recomendação.

Vão redescobrir o som dos vossos jogos favoritos

Ainda mais se forem ávidos ouvintes de música, mesmo pelos vossos smartphones, tanto os Meze 99 Classics como os Meze 12 Classis serão boas apostas.

Mas esta qualidade tem um preço, os Meze 99 Classics encontram-se à venda por cerca de 300€, já os in-ear Meze 12 Classics podem ser comprados por cerca de 80€.

Nutella Man
More Stories
NVIDIA GeForce GTX 1080Ti – leak das especificações e possível data de lançamento