Review Yoga C940 Wallpaper

Lenovo Yoga C940, Review em Português

Um Hibrido a ter em conta
O Lenovo C940 de 14'' é perfeito para consumidores pouco exigentes que não precisam de uma placa gráfica incorporada e não estão pensando em jogos. Para estes, o seu pequeno tamanho e peso é perfeito. A versão de 15" também é boa para viagens, mas a sua maior diferença é o teclado completo e a placa gráfica da NVIDIA, que facilitará a reprodução de jogos e o trabalho em projetos mais exigentes, como a edição de vídeos.
Design
90
Ecrã
85
Performance
85
Autonomia
80
Ecossistema
85
Qualidade/Preço
60
O Melhor
Excelente construção
Design ergonómico e versátil
Ecrãs e som muito bons
Bom desempenho
O Pior
Sem Slot para cartões SD
Pode ser barulhento
81
Recomendado

Lenovo é uma das marcas de portáteis mais populares do mundo, e se estão a procura de um bom desempenho e preço, provavelmente tenham um Lenovo na sua lista. Uma das gamas de produtos na que se encontram no topo é a dos portáteis conversíveis, dentre os quais podemos encontrar o C940, que tive a oportunidade de experimentar durante um mês.

Experimentei os modelos de 14″ e 15″, que são bastante semelhantes em design, porém seu desempenho muda consideravelmente, assim como a sua experiência.

Design

A gama Lenovo Yoga sempre foi leve e versátil, com um ecrã dobrável que o transforma num tablet. O C940 não é exceção, por isso, em qualquer momento podes controlar as suas ações tocando no monitor. No entanto, isso pode causar alguns problemas, ou melhor, limitações.

Review Yoga C940 diseño versatil 1

O altifalante por exemplo, onde o deveríamos colocar? Se for a frente, ao lado do teclado, no modo tablet perde potência. Mas se o colocar por baixo, também não soará tão bem no modo “portátil”. A solução da Lenovo foi colocá-lo no meio, entre as dobradiças do portátil, fazendo com que se mova dependendo do modo em que o tenhamos.

Review Yoga C940 Altavoz 1

É uma grande ideia, mas existem outros pequenos detalhes que não podem passar despercebidos, tais como o bloqueio da webcam com um botão deslizante; a saliência que nos permite abrir o portátil com apenas uma mão; ou também o botão on/off no lado direito do portátil. Não só se sente como um portátil premium graças ao seu acabado metálico, mas também por todos estes pequenos detalhes.

Review Yoga C940 Tamaño

Por debaixo do portátil podemos ver as grelhas para a ventilação, e também outras duas colunas que complementarão a principal na parte superior. Para evitar qualquer movimento temos duas plataformas de borracha no modo horizontal que evitará também qualquer choque com a carcaça traseira do ecrã.

Conectividade

A conectividade é excepcional para portáteis tão pequenos: 2 entradas USB C com Thunderbolt 3, Jack de audio e 1 entrada USB Tipo A. A versão de 15” tem uma conexão para o seu carregador, mas de resto são iguais. A única coisa que falta é um leitor de cartões microSD.

Quanto à conectividade Wi-Fi, temos compatibilidade com Wi-Fi 6. Porém, não pude verificar o seu funcionamento com esta tecnologia porque não tenho um router compatível. De qualquer forma, o meu tem funcionado sem qualquer problema e o mesmo acontece com o Bluetooth 5.0.

Teclado e trackpad

Review Yoga C940 Teclado y Trackpad 1

O teclado nos dois modelos é o mesmo, com a única diferença reside no modelo de 15”, o qual conta com o teclado numérico a direita. Estamos perante um teclado bastante silencioso, com luz de fundo e um recorrido decente. O que não gosto no modelo de 14 ” com acabamento prateado é que a iluminação das teclas não é uniforme.

Quanto ao trackpad, ambos os modelos têm o mesmo tamanho e é um luxo utilizá-los. Sua precisão é certeira e permitirá que usar todos os atalhos para portáteis que o Windows 10 possui.

Pen

Review Yoga C940 Pen

Ambas as versões têm uma Pen, embora guardadas em posições diferentes: o de 15″ à direita, enquanto o de 14″ atrás à direita. Eu pessoalmente não uso a caneta para o meu trabalho, mas se for um estudante, engenheiro ou simplesmente quer ter essa possibilidade, posso dizer-lhe que a precisão desta Pen é excelente.

É um pouco pequena para ser usada durante várias horas. Apesar de ter dois botões com acções personalizáveis, devido ao seu design redondo, não acho que seja muito prática de usar, uma vez que exige que não se vire a caneta e mantenha os dedos sempre no mesmo sítio.

Ecrã e som

Experimentei diferentes ecrãs em cada modelo do C940. Nas 14″ tenho o 4K, enquanto nas 15″ tenho o FHD. Ambos ecrãs são supostamente capazes de atingir um brilho de 500 nits, mas à primeira vista, a de “14” é mais brilhante, de tal modo que, lado a lado, é impossível não notar a diferença.

Os dois monitores IPS são de muito boa qualidade. Bons ângulos de visão com proporção decente (mas um pouco melhor no modelo de 15”) e as arestas no monitor são bastante pequenas. Para consumir conteúdo multimédia, ambos os dispositivos são óptimos, e mais ainda com os alto-falantes incorporados.

Review Yoga C940 Diseño 1

Como dissemos anteriormente, o alto-falante principal está em frente ao teclado, junto às dobradiças, e irá mover-se de acordo com a posição em que colocarmos este portátil. O seu poder é extraordinário em ambos, e é complementado por dois alto-falantes que se encontram por baixo. No entanto, a reprodução é diferente: a de 14″ tem mais agudos, enquanto a de 15″ tem maior clareza e é mais equilibrada.

Desempenho

Os resultados desta secção depende muito da configuração do portátil. Se procuram algo para trabalhos pouco exigentes, navegar na Internet e consumir conteúdos multimédia, o C940 de 14” é o melhor graças ao seu processador i5-1035G4 ou i7-1065G7 com 8GB, 12GB ou 16GB de RAM e várias configurações de armazenamento interno.

No entanto, se procuram algo mais poderoso para jogar e criar conteúdo, o de 15″ vem com um Intel i7-9750H ou i9-9880H, 12GB ou 16GB de RAM, armazenamento SSD que varia entre 256GB e 2TB, e uma placa gráfica GTX 1650.

Abaixo podem ver os diferentes testes que fiz às minhas unidades. À esquerda o de 14″, e à direita o de 15″.

Com ambos equipamentos, pude trabalhar sem qualquer problema, embora deva admitir que o desempenho do de “15” é muito superior, foi nítido em todas as tarefas que desempenhei. No entanto, um problema que identifiquei está relacionado com a potência das fans, que são colocados a 100% do nada, mesmo em tarefas pouco exigentes.

Fazendo uma pequena pesquisa na Internet podemos ver que este é um problema comum, e devido à sua BIOS limitada, é complicado alterar as configurações padrão. Embora possa ser resolvido com uma atualização da BIOS, a Lenovo ainda não o fez (atualizei manualmente a BIOS com a última atualização da Lenovo para este modelo). Reduzi a potência do processador, o que ajudou muito, porém não é a solução que eu esperava.

Bateria

Com relação à duração da bateria, obtive alguns resultados interessantes. No modelo de 14” com um ecrã 4K, consegui 3 horas e 40 minutos de utilização de acordo com o relatório de bateria do Windows 10; enquanto no modelo de 15” com ecrã FHD, que também tem placa gráfica incorporada, consegui 5 horas e 31 minutos.

No entanto, devo dizer que tenho sempre utilizo os dois portáteis com a máxima luminosidade. Então, se baixarmos a luminosidade, desligarmos a luminosidade do teclado e tomarmos outras medidas, conseguiremos aumentar consideravelmente a duração da bateria. Além disso, num dia em que utilizo o “14”, consegui chegar a 5 horas de utilização, apesar de ter sido bastante limitado.

Câmara e microfone

Esta webcam da Lenovo tem uma qualidade de imagem boa e grava em 720p, mas o seu microfone com som robótico deveria ser um pouco melhor. A própria câmara tem um mecanismo que nos permite fechá-la quando não está sendo usada e também tem um LED à direita que nos diz quando está sendo usada.

Sistema Operativo

Ambos os computadores vêm com o Windows 10 Home ou Pro instalado, e dentro encontrarão algumas aplicações da Lenovo:

  • Vantage: É uma app que lhe dá todas as informações relacionadas com o seu computador, as configurações que possui, as atualizações do sistema, a garantia e outras informações básicas. É como um centro de controlo da marca.
  • Pen Settings: Outra aplicação que lhe permite personalizar as ações dos botões da caneta, assim como a sua sensibilidade.

Também tem o McAfee Antivirus instalado, algo que provavelmente não é necessário quando se tem o Windows Defender. Podem utilizar a webcam para desbloquear o portátil, bem como o seu leitor de impressões digitais, que funciona como esperado.

A única coisa que seria boa no futuro é que a Lenovo nos desse uma BIOS com mais funcionalidades e que fosse capaz de alterar alguns parâmetros do processador, placa gráfica, RAM e outras configurações que os utilizadores mais avançados possam querer modificar.

Conclusão e Alternativas

O Lenovo C940 é a gama perfeita para pessoas que querem um portátil para trabalhar, mas ao mesmo tempo que seja capaz de ser transformado numa tablet. No entanto, ambos os modelos se destinam à pessoas diferentes e não estão disponíveis em todos os mercados.

O Lenovo C940 de 14” é perfeito para consumidores pouco exigentes que não precisam de uma placa gráfica incorporada e não estão pensando em jogos. Para estes, o seu pequeno tamanho e peso é perfeito para ser transportado à qualquer lado. A versão de 15″ também é boa para viagens, mas a sua maior diferença é o teclado completo e a placa gráfica da NVIDIA, que facilitará a reprodução de jogos e o trabalho em projetos mais exigentes, como a edição de vídeos.

O C940 mais barato da Lenovo começa em 1300€, um valor elevado quando comparado com os $939 USD (excluindo impostos) que custa na Lenovo USA. Para um profissional à procura de um portátil eficiente, este preço não é exagerado, mas se procuram por um melhor desempenho, talvez o novo ASUS Zephyrus G14 seja uma opção melhor.

NewEsc-Sello-Final-Recomendado

Editor Chefe

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Design
Ecrã
Performance
Autonomia
Ecossistema
Qualidade/Preço
Final Score