Review-Huawei-P9-Lite

Review Huawei P9 Lite em português

Depois do êxito do Huawei P8 Lite, este ano a Huawei apresenta a sua melhor aposta para o segmento da gama média, o Huawei P9 Lite. Este telemóvel é considerado por muitos como o melhor da gama média do momento. Mas como nós não acreditamos no que os outros dizem, tivemos de o experimentar.

É necessário ter em conta que tivemos o dispositivo durante duas semanas. Gostaríamos de o ter durante mais tempo, mas tivemos de o devolver. Mesmo assim, duas semanas são suficientes para acostumar-se ao telemóvel e descobrir todas as suas virtudes e defeitos.

Podemos dizer desde já que nos surpreendeu. A Huawei melhorou muito num ano, e este P9 Lite é muito melhor que o P8 Lite. Mas deixemos-nos de tantas palavras e comecemos a review.

Design premium metalizado

Começamos com o primeiro que salta a vista, o design.

Seguindo a mesma linha do Huawei P9, a versão Lite é uma obra de arte. Na parte frontal encontramos um ecrã com uns biseis reduzidos, uma câmara frontal, um LED de notificações e o logo da Huawei. Não existem botões tacteis, já que se encontram integrados no ecrã.

Review Huawei P9 Lite terminal

Ao agarrá-lo dá a sensação de que é muito resistente. Tem uns bordes de alumínio e uma carcaça traseira que, mesmo que não seja de alumínio, é suave, não escorrega e parece ser resistente.

O seu tamanho de 7,3 x 0,8 x 14,7 cm é perfeito para ser utilizado com apenas uma mão. Digo-vos isso eu, que tenho as mãos pequenas. Além disso, pesa pouco (147g), mas parece que pesa mais pelo seu material de construção.

A posição dos botões e das conexões não é a minha preferida. No lado direito em baixo está o botão power e um pouco mais em cima os de volume, o que não está nada mal na minha opinião. O que não gostamos é que o Jack de áudio esteja na parte superior. Tal como disse na review do Moto G4, para quem ouve música com auriculares, esta posição não é a mais cómoda.

Sou o único que não gosta o jack de áudio em cima?

Na parte inferior encontramos a conexão USB, o altifalante e o microfone. Esta posição do altifalante é muito comum, mas tem um defeito: pode ser tapado com uma mão quando o telemóvel for utilizado na horizontal. Seja jogando ou vendo um vídeo. O ideal é que estivesse a frente como os Motorolas ou os HTC. Mesmo assim, é melhor do que se estivesse atrás.

Review Huawei P9 Lite microfono y altavoz

Na parte traseira encontramos a câmara principal com um flash Led Dual numa banda de plástico brilhante. Este plástico é o mesmo que se utiliza na parte frontal e que lhe dá um aspecto original. Além disso, podemos ver o leitor de impressões digitais também na parte traseira, o qual está muito bem posicionado.

Ecrã de 5.2” brilhante

O Huawei P9 Lite incorpora um ecrã de 5.2” com uma resolução FHD (1920 * 1080). O ecrã IPS vê-se muito bem e tem umas cores bem conseguidas. Também vem com uma temperatura de cor que pode ser alterada nas definições.

Ecrã de 5.2” espectacular, mas não ao sol

O ecrã é muito brilhante, mas tem alguns problemas no exterior, donde não se vê assim tão bem. Quando sai à rua, tive alguns problemas em ver o ecrã, principalmente nos casos em que o sol incidia directamente no ecrã. Contudo, com um protetor mate isto soluciona-se em parte.

Review Huawei P9 Lite pantalla

Mas a verdade é que não me posso queixar. O seu ecrã conta com umas boas cores e com uns pretos profundos.

Rendimento

O que queremos num smartphone é que seja rápido, que possamos ter algumas aplicações abertas ao mesmo tempo e que execute as aplicações sem lag. Com o Huawei P9 Lite consegue-se isso em muitos casos, menos quando o levamos ao extremo.

No seu interior encontramos o processador Kirin 650 acompanhado por 3 GB de memória RAM. Uma configuração interessante e que promete executar a maioria das aplicações da Play Store sem nenhum problema.

Durante os dias em que o pudemos experimentar, não houve nem uma só aplicação que não se executasse como o esperado. É verdade que nos jogos mais pesados notamos como perdia alguns FPS, mas mesmo assim, quase que não se notava.

Huawei P9 Lite Root

Algo que gostei imenso foi o seu rendimento multitarefa. Pude utilizar várias aplicações ao mesmo tempo sem nenhum problema, sendo que algumas delas eram jogos, redes sociais e editores de fotos.

Muitas vezes, em outros telemóveis, ao fazer isto acontecia que ao voltar a trocar de app, o sistema abria de novo essa app já que a tinha fechado em segundo plano. Tinha de voltar a abrir os menus ou fazer aquilo que já tinha feito anteriormente. Com o P9 Lite isto não acontece.

Por isso, se forem utilizadores avançados e exigentes, deviam comprar smartphones com 3 GB de memória RAM como mínimo. 2GB é suficiente, mas para os utilizadores exigentes não.

Para os que gostam dos benchmarks, deixo-vos aqui os resultados do AnTuTu e Geekbench:

Review Huawei P9 Lite benchmarks

O seu leitor de impressões digitais é rápido e eficaz. Nem no iPhone 6S, o meu telemóvel, tenho uma resposta tão boa. Este leitor é personalizável, pelo que se pode utilizar para diferentes tarefas como fazer uma foto ou descer a barra de notificações (excelente caso tenhas as mãos pequenas como eu).

Bateria bem otimizada mas sem carregamento rápido

O P9 Lite conta com uma bateria de 3.000 mAh que durará um dia de utilização intensiva. Se lhe der um uso moderado dura um dia e meio, mas não mais do que isso. Para carregar completamente a bateria demora cerca de duas horas. Dura tanto porque não conta com carregamento rápido.

Algo que vale a pena referir é o menu do gestor de bateria. Nele encontramos muitas opções, como a de mudar o plano de energia, limitar as aplicações em segundo plano para que não consumam bateria, ver detalhes de consumo, etc. Um menu muito mais completo que o de outros telemóveis.

Huawei P9 Lite bateria

Além disso, conta com NFC, algo essencial nos dias de hoje, principalmente pelo aumento dos pagamentos com o telemóvel.

Contudo, o P9 Lite não é perfeito, e tem um defeito no seu único altifalante. O seu som não é tão alto como o de outros dispositivos da gama média. Contudo, acho que é o único ponto negativo que consegui encontrar em relação ao seu rendimento.

A câmara é rápida, mas podia ser melhor 

O Huawei P9 Lite é um telemóvel muito equilibrado e com poucas falhas. Contudo, se tivesse de escolher o seu ponto fraco diria que é a câmara.

Review Huawei P9 Lite cámara

A câmara deste smartphone conta com o sensor BSI Sony IMX214 de 13MP, o mesmo que encontramos no Nexus 6 e Huawei Mate 7. É uma câmara que responde bem na maioria dos casos, mas não em ambientes de pouca luz. Além disso, as suas cores não são tão vivas como em outras câmaras, muito menos se a comparamos com a câmara do Huawei P9.

As fotos nocturnas são o seu ponto fraco. Mesmo assim, com o modo profissional podemos melhorar imenso os resultados. Contudo, num smartphone queremos fazer fotos no momento e sem problema, caso quiséssemos utilizar o modo manual estaríamos com uma DSLR, não?

Review Huawei P9 Lite fotos

Ver todas as fotos em alta qualidade

Também temos que indicar que a câmara frontal é uma das melhores da gama média. Tem uma excelente qualidade, vê-se muito bem, até em lugares com pouca luz, e é rápida.

A app da câmara também é muito completa. Conta com muitas definições que podem ajustar como lhes apetecer. Também conta com diferentes modos, como o de beleza, modo noite, boa comida… que podem escolher dependendo de cada momento. É simples de utilizar mas ao mesmo tempo muito completa. Gostamos!

Emui 4.1 otimizado

O Huawei P9 vem com a capa de personalização Emui 4.1 e Android Marshmallow, a última atualização de Android. Temos a certeza que a Huawei atualizará este dispositivo a Android Nougat, mas não sabemos quando.

Esta capa de personalização é totalmente diferente a de Android Stock. Não tem a caixa de aplicações e quase tudo é diferente: centro de notificações, definições, aplicações, ícones… Eu particularmente não gosto do design, pelo que se o tivesse de utilizar durante mais tempo instalaria um launcher. Mas gostos não se discutem…

Huawei P9 Lite apps

Mesmo que não goste do seu design, admito que funciona muito bem. É organizado e intuitivo. Além disso, alguns menus, como os das aplicações e da bateria nas definições, são mais completos que os de Android Stock.

Isso sim, o sistema vem com algumas aplicações “lixo”, tal como jogos ou outras apps de produtividade. Se não gostarem, podem desinstalá-las facilmente.

Compro ou não?

É uma decisão um pouco complicada. O Huawei P9 Lite conta com um design elegante, com um ecrã brilhante e um bom rendimento. Contudo, pode ser que não gostem do Emui, ou procures uma câmara melhor, algo difícil neste patamar de preços.

Huawei P9 Lite Root vs Moto G4

A única e boa alternativa é o Moto G4 Plus, que conta com um ecrã um pouco maior, uma câmara melhor, é Dual SIM e tem Android Stock. Mas o seu design não é tão bonito como o do P9 Lite, o seu rendimento é menor e o seu ecrã não é tão bom.

O Huawei P9 Lite é, sem nenhuma dúvida, um dos melhores smartphones que se pode comprar por 270€. Com o P8 Lite a Huawei mostrou do que era capaz, mas com o P9 lite de certeza que conquista o mercado da gama média.

Design92
Ecrã90
Rendimento88
Câmara81
Ecossitema84
Reader Rating26 Votes65
Ecrã Brilhante e com boas cores
Bateria de 3.000 mAh bem otimizada
Bom rendimento
Ecossistema completo e otimizado
A câmara podia ser melhor
87
More Stories
Review Wiko Bloom: uma verdadeira sensação
Review Wiko Bloom: uma verdadeira sensação