Review dos SteelSeries Artics 5
Bastante confortáveis Som de excelente qualidadeDesign minimalista e únicoMicrofone com boa redução de ruído
Som 7.1 podia ser melhorEngine 3 apenas funciona em PC
89%Overall Score
Design88%
Conforto90%
Som87%
Firmware91%
Reader Rating 3 Votes
86%

Quem for um PC gamer decerto que, há já alguns anos, conhece a Steelseries e os seus famosos headsets gaming, mais especificamente a gama Siberia, uma das mais utilizadas nos eSports. Atualmente a gama Siberia continua a ter bastante sucesso, ainda que reduzido devido a outras marcas que foram surgindo com melhores produtos a nível de preço/performance, como a gama HyperX da Kingston.

Para combater esta situação a SteelSeries decidiu reinventar a sua linha de headsets por completo, lançando para isso a nova gama Arctis. Lançados a cerca de 6 meses, os Arctis estão constantemente esgotados tanto na loja oficial da SteelSeries como em lojas de grandes dimensões.

Dentro da gama Arctis existem 3 modelos. No caso desta review, iremos apenas falar dos Arctis 5, no entanto, é importante referir que todos os headsets da gama Arctis utilizam o mesmo microfone, e as mesmas “drivers” de som, pelo que as diferenças estão nos tipos de ligação, e na existência (ou não) de uma funcionalidade exclusiva chamada ChatMix.

ChatMix Tipo de conexão PVP LED’s personalizáveis
Arctis 3 Não Apenas jack 3.5mm 99,99€ Não
Arctis 5 Sim USB e jack 3.5mm 129,99€ Sim
Arctis 7 Sim Wireless e jack 3.5mm 179,99€ Não

Primeiras impressões

As primeiras impressões foram bastante positivas em todos os sentidos. Vindo de uns Siberia 650 (também conhecidos por Siberia Elite Prism), estes novos Arctis surpreenderam-me bastante. Não só porque o preço é bastante inferior aos 650, como pelo facto de os Arctis 5 serem superiores em todos os aspectos.

Review Artic 5 design completo

Ao tirar da caixa, a primeira coisa que notei era que o headset em si era extremamente bonito e leve quando comparado com os típicos headset gaming que se encontram no mercado. Em relação à construção, tudo parecia ser extremamente sólido, os plásticos de boa qualidade, e o sistema de suspensão que é habitual nos headsets da SteelSeries desde sempre, aparentava ter sido reformulado para melhor.

Principais características
  • Drivers: Neodymium 40mm
  • Resposta de frequência: 20-22000 Hz
  • Sensibilidade: 98db
  • Impedância: 32Ohm
  • Distorção harmônica total: <3%
  • Controlo de volume e de microfone integrado nos headphones
  • Microfone Bidirecional retraível com cancelamento de ruído
  • Jack para compartilhar áudio
  • Cabo removível
  • ChatMix incluído
  • Compatível com PC, MAC, Xbox, PlayStation, dispositivos móveis, entre outros.

Design dos Artics 5

Quase todos os headsets gaming no mercado seguem um design semelhante, sem banda de suspensão e com um microfone fixo ou removível. Mas o mesmo conceito não se aplica aos Arctis 5. O design da linha Arctis é simplista, elegante e original, algo que faz parte do ADN da marca no que diz respeito a headsets.

A versão desta review (Arctis 5) é a única com LED’s RGB em ambos os lados, que podem ser personalizados através do software do headset.

Review Artic 5 controis laterais

Na parte esquerda do headset temos uma entrada Jack 3.5mm que permite partilhar o áudio que estamos a ouvir com outra pessoa. Além disso, existe também o controlo de volume físico, a entrada microUSB para ligar o headset ao ChatMix ou via Jack 3.5mm ao vosso dispositivo preferido, e ainda um botão para silenciar o microfone.

No que toca ao conforto, os Arctis 5 surpreendem bastante e atrevo-me mesmo a dizer que é o headset mais confortável que já utilizeiO design destes Arctis é interessante e inovador, pois ambos os speakers movem-se de forma a ajustar-se à cabeça de cada pessoa. É algo bastante curioso, pois geralmente os speakers são fixos à estrutura do headset e não permitem este tipo de ajuste.

Review Artic 5 movimento ariculares

A banda de suspensão é elástica, feita de um material semelhante àquele que se encontra nas bandas dos óculos de motas/ski. Oferece ainda a possibilidade de ser ajustada através de velcro localizado nas extremidades. Este aspecto, junto com o facto de serem bastante leves, faz com que a pressão sentida na cabeça seja imperceptível, mesmo após muitas horas de uso.

Já em relação aos earpads originais, estes são feitos utilizando um novo material designado pela marca de “AirWeave fabric”. É um material similar àquele que se encontra nas camisas de desporto, cujo o objetivo é evitar com que as orelhas transpirem, mas sem prejudicar o isolamento do som. São uns earpads bastante bons e que não vão deixar que fiques com as orelhas quentes ou transpiradas, mantendo sempre um bom isolamento de som (claro que não tão bom como os earpads de pele sintética).

Review Artic 5 earpads originais

A desvantagem destes earpads é que para algumas pessoas podem ser pouco “profundos”, fazendo com que as orelhas toquem na parte de dentro do headset. São raros os casos que vi pela internet, mas existem. Nesses casos, a única solução é comprar os earpads de pele sintética que dão um nível acima de conforto e isolamento de som.

A qualidade de construção é outra das coisas que me surpreendeu bastante. Apesar de ser um headset todo ele feito em plástico, têm uma qualidade muito boa e os materiais não fazem qualquer tipo de ruídos “parasitas”.

Nas laterais, onde o logo da marca aparece, toda a zona que fica dentro do LED é feita de uma espécie de borracha bastante suave ao tacto.

Existem no entanto diferenças relacionadas com a qualidade de materiais entre os Arctis 5 quando comparados com os Arctis 7. Nos Arctis 3 e 5, o headset é todo ele em plástico e a headband é segurada por dois pequenos metais. Já nos Arctis 7, a parte superior é toda ela em alumínio, dando um acabamento mais premium.

Performance e qualidade de áudio

Avaliar a qualidade de áudio neste tipo de headsets não é fácil, pois as opiniões variam de pessoa para pessoa e do tipo de utilização que cada um dá. O facto é que a marca afirma que os drivers de som utilizados nos Arctis são os mesmos utilizados nos seus headphones de 300$, querendo isto dizer que são uns drivers premium.

A verdade é que na minha honesta opinião, que não sou um audiófilo, a qualidade de som é extremamente boa não só para jogar, como para ouvir música ou ver filmes.

Review Artic 5 headset

Vi vários filmes, passei muitas horas a ouvir música, e joguei vários jogos como CS:GO, Rainbow 6 Siege, Battlefield 1, entre outros, e em nenhum momento fiquei desiludido com a qualidade e detalhe do som.

O que não me surpreendeu tanto foi o som Surround 7.1. Não é que seja mau, mas também não é extraordinário, mas isso é algo que eu sinceramente já esperava pois estamos a falar de um headset, logo é Aurround 7.1 virtualizado. Ainda assim, em alguns casos como no Battlefield 1, é uma opção interessante tornando o som ainda mais imersivo.

Microfone dos Artics 5

A SteelSeries afirma ter o melhor microfone de todos os headsets de gaming nestes novos Arctis, não só a nível de qualidade mas principalmente a nível de redução de ruído e a verdade é que este é o melhor microfone que vi até hoje num headset.

Principais características do Microfone:

  • Resposta de frequência: 100Hz – 10000Hz
  • Bidirecional
  • Impedância: 2200 Ohm
  • Cancelamento de ruído

O microfone dos Arctis é retrátil e tem um LED que indica se o microfone está ativo ou não. O facto de ser retrátil é uma grande vantagem quando comparado com a maioria dos headsets gaming no mercado,  pelo que podes escondê-lo dentro do próprio headset quando não o estás a utilizar.

Passei muitas horas a utilizar programas como o TeamSpeak, Skype, Discord, entre outros, e a qualidade de som é simplesmente excelente, alto e nítido, mas o melhor de tudo é mesmo o cancelamento de ruído que funciona inacreditavelmente bem. Por várias vezes tinha bastante ruído à minha volta, como por exemplo o aspirador mesmo ao meu lado. No entanto, as pessoas com quem eu estava a falar, não conseguiam ouvir os sons à minha volta, ouviam apenas a minha voz.

Funcionalidades exclusivas & SteelSeries Engine 3

Existe uma funcionalidade exclusiva dos Arctis que nunca tinha encontrado em nenhum outro headset e que sinceramente achei bastante interessante, o ChatMix.

O ChatMix é uma funcionalidade que permite reduzir o som do software de comunicação (TeamSpeak, Skype, Discord, etc) dando prioridade ao volume do jogo que estamos a jogar, ou ao contrário, através de um controlo físico.

É útil naquelas situações em que preciso ouvir aquilo que está a acontecer no jogo e não o consigo fazer porque a pessoa com quem estou a falar está a fazer demasiado barulho, impedindo-me de ouvir o som do jogo, ou ao contrário. A desvantagem do ChatMix é que só funciona em Windows e macOS.

Outra das coisas que me agradou bastante, mas que ao mesmo tempo tem algumas desvantagens e pode fazer com que este headset não seja o apropriado para ti, é o seu software, o Engine 3.

O Engine 3 é responsável por dar uma nova vida aos Arctis 5, tanto a nível de som, como a nível de microfone e outras funcionalidades. Existem várias configurações interessantes que se podem fazer quando temos o software instalado, desde configurar os LED’s, ajustar o nível de redução de ruído do microfone, ajustar o volume do microfone, equalizador, ativar o DTS 7.1, atualizar o firmware do headset, etc.

A grande desvantagem é que não faz muito sentido usar os Arctis sem o Engine 3 instalado porque deixas de ter acesso a algumas funcionalidades que podem ser importantes, principalmente se és um jogador de consola e procuras um headset com som 7.1, pois esta funcionalidade só está disponível no PC.

Acessórios

Existem vários acessórios disponíveis para os Arctis, como as bandas de suspensão em várias cores/padrões e 3 tipos de earpads diferentes, incluindo os originais.

Este é um aspecto importante na minha opinião, não só porque dá uma sensação de maior longevidade ao produto, como dá a possibilidade de optar por diferentes tipos de earpads caso os que vêm por defeito não sejam do teu agrado, ou tenhas preferência por um determinado material.

O melhor acessório, na minha opinião, é mesmo os earpads de pele sintética, pois dão uma melhor sensação de conforto e permitem, ainda que ligeiramente, um melhor isolamento de som face aos que vêm por defeito.

Artics 5 custo do envio

O grande problema dos acessórios não está no preço, mas no preço dos portes que é exagerado para algo tão pequeno e leve. Por exemplo, no meu caso decidi comprar os earpads de pele sintética e tive de pagar 8€ de portes para algo tão pequeno e leve, o que é um exagero. Infelizmente, os acessórios oficiais são exclusivos da loja da marca, pelo que não é possível comprá-los pela Amazon ou outras lojas.

Vale a pena comprar os Artics 5?

Os Arctis 5 são provavelmente o melhor headset gaming atualmente no mercado quando falamos de preço/qualidade.

É um headset bastante equilibrado em todos os aspectos, desde a qualidade de construção, som, conforto, microfone e até funcionalidades. Sinceramente, não esperava algo tão bom. No entanto, é um produto mais indicado para o público que joga no PC, devido ao facto de ser um pouco dependente do seu software para tirar proveito máximo das suas funcionalidades.

O meu conselho é que se procuras um bom headset e tens uma boa placa de som, então poupa algum dinheiro e compra os Arctis 3, isto claro, se achares que não vais sentir falta do ChatMix. Caso contrário, os Arctis 5 serão de certeza uma excelente aposta que duvido que te venhas a arrepender.

No more articles