Review-corsair-harpoom-rgb-wireless

Review Corsair Harpoon RGB Wireless

Gaming sem fios a um preço acessível

Design80
Ergonomia90
Performance88
Autonomia e alcance85
Ecossistema90
Qualidade/Preço90
O bom
Design bastante ergonómico
Excelente performance por 60€
Iluminação RGB e personalização de macros
Podem utilizar com ou sem fios
O mau
Posicionamento do botão de DPI
Algumas falhas de resposta
Não se pode ajustar o peso
87

Se os headsets sem fios já se conseguiram estabelecer como a melhor opção para áudio gaming, uma vez que conseguem obter a mesma qualidade de um headset com fios, com uma latência impercetível e sem a chatice de se quase estrangularem nos fios, os outros periféricos como ratos e teclados ainda lutam por um lugar ao sol, visto que ainda existe aquela perceção de que este tipo de dispositivos ainda não são confiáveis e consistentes o suficiente para gaming competitivo.

Outro fator que não ajuda a tornar estes periféricos em algo mais standard, é o facto de serem bastante mais caros, uma vez que um rato com fios decente pode andar nos 20-30€ e um rato sem fios decente anda acima dos 70-80€. Nesta análise vamos testar o Corsair Harpoon RGB na sua versão sem fios, que oferece uma boa performance a um preço bastante acessível para um rato deste género.

Design na palma da mão

O Harpoon é um rato para quem gosta de um grip do estilo “palm” e isso nota-se imediatamente na curvatura menos acentuada, que permite um melhor encaixe na palma da mão. Nas bandas laterais podem encontrar um grip de borracha com um relevo relativamente confortável, sem ser muito áspero, que permite um alto controlo do rato sem grande esforço.

Review corsair harpoom rgb wireless mano

Por baixo podem encontrar 4 skates bastante bem feitos, que permitem um deslizamento suave em qualquer superfície, mesmo que não usem tapete de rato.

A melhor característica do design, foi a forma como a Corsair implementou o encaixe do cabo que permite, além de carregar, que utilizem o rato em modo com fios. A entrada encontra-se sensivelmente a meio do rato, por baixo do scroll e o encaixe faz um ângulo de 90º que tapa por completo o espaço aberto, fazendo com que nunca fique no caminho dos skates, permitindo que o deslizamento continue suave.

Na banda esquerda podem encontrar dois botões nos quais podem armazenar macros, que são relativamente fáceis de aceder, apesar de não serem a melhor implementação que já vi. A superfície do rato possui um acabamento em mate rugoso, um pouco mais áspero que o do Razer Deathadder, que permite uma boa sensação do rato e ajuda a evitar que vos fuja da mão.

Review corsair harpoom rgb wireless frente

A pior parte do design encontra-se no posicionamento e tipo de botão dos perfis de DPI. Se fizerem scroll com o dedo do meio, algo bastante frequente pelo menos no meu caso quando jogo e não quero tirar o dedo indicador do botão de disparo, é comum carregar sem querer nesse botão, que altera o perfil de DPI caso tenham mais que um programado.

Para ajudar, o rato não permite que andem para trás e para a frente com os perfis, o que significa que vão ter de rodar por todos os perfis até chegar ao que tinham. Isto durante um jogo competitivo é algo que simplesmente não pode acontecer, pelo que vos aconselho a terem um perfil para esses jogos nos quais apenas possuem uma sensibilidade.

Alta performance, com alguns soluços

Cada vez mais tem sido comum colocar sensores de alta performance nos ratos de gaming, com altos valores de DPI, mas um sensor de 10000 DPI num rato gaming sem fios por 60€ é algo que achei fenomenal e aumenta bastante a relação preço/performance do Harpoon.

A performance para gaming é bastante interessante. Os botões vêm com comutadores Omron como é comum neste tipo de ratos e, o melhor, a latência da resposta é completamente impercetível, tal como mencionei para os headsets.

Review corsair harpoom rgb wireless cable

O problema do Harpoon está na inconsistência. Esta inconsistência advém do facto de, por vezes, o rato deixar de responder, algo que me aconteceu algumas vezes e não consegui identificar a causa. Pode ter acontecido por ter o tapete do rato sujo, interferindo com o sensor, pode ter até sido por ter pouca bateria, algo que já me aconteceu com outros dispositivos sem fios, que ao estarem a ficar sem carga parece que respondem mal.

Algo que gostaria de ver neste rato, era a possibilidade de ajustar o seu peso, ou pelo menos a distribuição do mesmo, uma vez que possui bastante peso na traseira e pouco peso à frente. Por exemplo, no meu Logitech G502 utilizo pesos de lado para equilibrar mais esta distribuição e aumentar o controlo sobre o mesmo.

Outra utilização que achei excelente, sendo um rato sem fios, é o facto de poder andar com ele e utilizá-lo no trabalho. Algo que acontece frequentemente para quem trabalha em escritório, é que o rato que lá usam nem sempre é o melhor em termos de conforto e quando chegam a casa, parece que estranham o rato que usam para jogar.

Review corsair harpoom rgb wireless inferior

Como o Harpoon não possui fios, basta levarem o rato convosco e nem precisam de levar o recetor 2.4GHz, visto que também podem ligar por Bluetooth. Mesmo que o queiram levar, o rato possui um compartimento para colocarem o recetor, evitando que fique perdido na mochila.

A autonomia também é excelente, aguentando vários dias sem carregar o que significa que podem levá-lo para qualquer lado e não precisam levar o cabo convosco.

Software para todos

Tal como os restantes dispositivos da Corsair, podem utilizar o iCUE para efetuar diversas ações no vosso Harpoon. Podem programar macros, alterar a sensibilidade dos perfis, mudar a função dos botões, entre outras coisas.

Uma excelente funcionalidade, é que se possuírem outros dispositivos da Corsair, podem passar as macros entre todos eles, imaginando que tinham um Corsair M65, mas trocaram pelo Harpoon pois não se adaptaram ao tipo de grip. Agora podem ter todas as marcos que programaram para o M65 diretamente no Harpoon sem ter de refazer tudo outra vez.

Este tipo de funcionalidade é comum nestes programas, mas o que mais me agradou foi o facto de o iCUE ter automaticamente atribuído as macros que tinha guardadas do M65 para o Harpoon, sem que tivesse de fazer nada.

Conclusões

O Corsair Harpoon RGB Wireless é um rato muito bom, que em termos de performance não fica atrás da maioria dos ratos com fios gaming e possui uma excelente relação preço/performance.

No entanto, falta ainda alguma consistência no que toca à perda de sinal que pode ter a ver com o meu setup e nem acontecer de todo com outros utilizadores.

Também possui um mau posicionamento do botão dos perfis, talvez por ser muito saliente, e o facto de não ser possível ajustar o peso é uma pena e algo que gostaria de ter visto implementado.

Sello Recomendado NewEsc

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Design
Ergonomia
Performance
Autonomia e alcance
Ecossistema
Qualidade/Preço
Final Score