Corsair Dark Core Capa

Corsair Dark Core RGB PRO, Review em Português

Corsair Dark Core Capa
Corsair Dark Core RGB PRO
Un gran ratón con buena conectividad
Aconselhamos o Corsair Dark Core RGB PRO a todos aqueles jogadores que queiram um rato wireless versátil, com um sensor de topo, uma frequência de atualização de 2.000Hz, e uma boa personalização.
Design
80
Ergonomia
80
Desempenho
75
Autonomia
80
Personalização
85
Qualidade/Preço
77
Aspetos positivos
Frequencia de atualização de 2,000 Hz
Sensor Pixart PAW3392
Design ergonomico
Excelente conectividade
Boa duração máxima da bateria
Aspetos negativos
Qualidade de construção
Problemas de conectividade pontuais
Bateria melhorável com iluminação RGB
80
Recomendado

A Corsair é uma das marcas mais conhecidas no mercado gaming, tendo um vasto leque de produtos que vão desde periféricos, como headsets e ratos, até hardware, como fontes de alimentação, ventoinhas, e dissipadores de CPU.

Desta vez a Corsair deu nos a oportunidade de testar o novo Corsair Dark Core RGB PRO, um rato wireless que, no papel, promete ser uma das referências da marca neste segmento para os próximos tempos.

Review Corsair Dark Core RGB PRO

Design

Dentro da caixa encontramos o Corsair Dark Core RGB PRO, juntamente com o seu cabo, o dongle Wireless e os respetivos manuais. Além disso, inclui um acessório extra que permite modificar o agarre lateral direito do rato.

Dark Core PRO ForaDaCaixa

A nível de design, o Dark Core RGB PRO segue aquele que é o design característico dos ratos Corsair. Além de bonito, é também um rato bastante ergonómico, que se adapta facilmente às mãos daqueles jogadores que dão preferência a um agarre do tipo “palm”, e claro, sejam destros, sendo que a possibilidade de escolher entre dois agarres laterais distintos, torna-o ainda mais ajustável à mão. Ambos os agarres encaixam por magnetismo.

Dark Core PRO Grips

No que diz respeito aos materiais, o Dark Core é todo ele feito em plástico, sendo que, por defeito, apenas a lateral esquerda é “texturizada”, conferindo uma boa aderência, que pode ser aumentada com o agarre lateral extra, também “texturizado”. De qualquer forma, apesar do agarre quem vem colocado por defeito ser completamente liso, o facto é que não escorrega facilmente da mão.

Corsair Dark Core Lateral Direita

Ao retirar o agarre lateral, verificamos que existe uma melhoria face a outros modelos wireless da Corsair: existe um pequeno compartimento para guardar o dongle USB no interior do rato, algo extremamente importante para que não o percamos durante o transporte.

A nossa única crítica a nível da qualidade de construção, prende-se com a pequena folga bastante notável, que existe no botão “mouse1”. Podem perceberem melhor do que estamos a falar no vídeo abaixo (vejam com som).

Com podem ver, com simplesmente passar o dedo na horizontal sobre o botão, sem exercer força, é possível notar um ligeiro movimento do mesmo, além de ruído. Este tipo de pormenores, apesar de não prejudicarem o funcionamento, não deveriam existir num rato deste valor.

Devido a ser um rato wireless, é de esperar que o seu peso seja um pouco superior ao habitual. Olhando para “o papel” percebemos que o seu peso é algo elevado: 133g. Ainda assim, o peso está bem distribuído, pelo que acreditamos que não será um problema para a maioria dos utilizadores, no entanto, estamos seguros de que este pode ser um fator de exclusão para os jogadores de FPS mais exigentes, que dão prioridade a ratos bastante leves.

Corsair Dark Core Front

No que à iluminação RGB diz respeito, o Dark Core RGB PRO conta com iluminação full RGB em 9 zonas. De forma mais especifica, é possível personalizar o logo da Corsair, duas pequenas faixas em ambos os lados da traseira do rato, o scroll, os LED’s de DPI e, por fim, a grande linha que existe à esquerda do rato, que se encontra dividida em 4 zonas distintas, permitindo misturar várias cores ao longo da mesma.

O Dark Core RGB PRO conta também com uma boa quantidade de botões. Além dos essenciais em qualquer rato (“mouse1”, “mouse2”, e scroll), na lateral esquerda temos os típicos 2 botões para retroceder e avançar páginas, e ainda 2 botões ligeiramente mais à frente que, por defeito, servem para ajustar os vários níveis de DPI’s.

Corsair Dark Core Lateral Esquerda

Todos os botões encontram-se bem posicionados a nível ergonómico, e podem ser personalizados a nível de funções através do software da Corsair. Existe ainda um botão próximo ao scroll, que por defeito permite mudar entre os perfis on-board do rato. Em relação ao scroll, o mesmo tem a altura certa em relação aos botões principais do rato, e um bom feeling ao toque.

Dark Core PRO Scroll

Como é habitual com os produtos da Corsair, o cabo USB é trançado, conferindo uma maior robustez ao mesmo. Além disso, ficamos bastante contentes por ver que o conector do rato é USB-C.

Já na parte de baixo encontramos os 4 skates habituais (5 se estivermos a usar o agarre lateral adicional), juntamente com o switch que permite mudar entre os modos de funcionamento do rato: off, wireless ou bluetooth.

Desempenho

A nível de desempenho, o Dark Core RGB Pro vem com um sensor ótico topo de gama, o PAW3392 que permite ajustar desde 100 até 18,000 DPI, em incrementos de 1.

Tal como acontece com outros ratos da Corsair, por defeito o sensor vem pré calibrado para funcionar com os tapetes mais recentes da marca. Caso tenham um tapete de outra marca, é essencial realizar a calibração para que obtenham bons resultados, ou provavelmente irão notar erros de tracking.

Corsair Dark Core Sensor

A título de exemplo, durante os nossos testes, tivemos de calibrar o rato nas duas vezes que mudamos de tapete. A calibração faz com que o sensor funcione bem especificamente com o tapete no qual foi calibrado, pelo que se vão transportar o rato, é recomendável que usem sempre o tapete com o qual fizeram a calibração, caso contrario terão de o recalibrar.

O Corsair Dark Core RGB Pro utiliza a tecnologia “Slipstream wireless” proprietária da marca, que tenta oferecer uma experiência de conectividade excelente. Na maioria das vezes o rato comportou-se bem, no entanto, existiram situações pontuais em que reproduzimos problemas de conectividade que originaram falhas de tracking. De qualquer forma, é possível que estes problemas possam ter sido causados por interferências de algum outro equipamento no nosso setup.

O mais impressionante do Dark Core RGB PRO é a sua frequência de atualização pouco comum (especialmente por ser um rato wireless) de 2,000 Hz, o equivalente a 0.5 ms. Esta frequência de atualização é atingida tanto em modo wireless, como wired.

Corsair Dark Core PRO

A duração de bateria é suficiente, mas está longe de ser uma referência na indústria, isto claro, se quiserem ter a iluminação RGB ligada. A marca afirma que a bateria dura cerca de 16 horas em modo Slipstream wireless, e 18 horas em modo bluetooth, isto com uma utilização normal, ou seja, com a iluminação RGB ligada e utilização constante.

De facto, os nossos resultados andaram sempre a rondar os tempos anunciados, tendo em conta que tivemos sempre a iluminação RGB ligada, intercalamos entre o modo wireless e bluetooth, e usamos a taxa de atualização de 2.000 Hz, algo que aumenta ainda mais o consumo de energia. Ainda assim, a marca afirma que ativando o modo de poupança de energia no seu software (que desliga a iluminação LED) é possível atingir até um máximo de 50 horas, um número bastante bom quando comparado com outros produtos concorrentes.

Para terminar, no que ao desempenho diz respeito, e como vem sendo habitual, a Corsair equipou o Dark Core RGB PRO com switches Omron, que têm uma duração media de 50 milhões de cliques. No vídeo abaixo podem ouvir o som produzido por cada um dos botões.

Firmware

Como seria de esperar, o Dark Core RGB PRO é suportado pelo Corsair Utility Engine, mais conhecido por iCUE.

iCUE

O iCUE é fundamental para tirar total partido das funcionalidades que o rato tem para oferecer. É através deste software que podemos criar diversos perfis de configuração, permitindo personalizar um grande leque de coisas, como macros para cada botão, iluminação RGB, níveis DPI, frequência de atualização (que por defeito vem a 1.000Hz), e muitas outras coisas, como o tempo de suspensão ou o modo de poupança de bateria. Estas configurações podem ser guardadas no próprio rato (até 3 profiles on-board diferentes).

Além disso, o software é bastante importante para que possam atualizar o firmware interno do dongle USB e do próprio rato, atualizações essas que não só devem corrigir eventuais problemas, como melhorar o funcionamento.

No aspeto de software, a nossa única critica prende-se com as indicações fornecidas pelo iCUE no que à bateria diz respeito. À data desta review, as indicações sobre os níveis de bateria não demonstram a percentagem aproximada de bateria, mas sim uma mensagem simples de “Alto/Medio/Baixo/Critico”, algo pouco útil para o utilizador.

Veredicto e Alternativas

O Corsair Dark Core RGB PRO é um produto interessante a nível geral, existe de facto algumas coisas que podiam ser melhoradas, tanto a nível de qualidade de construção (pequena folga no botão “mouse1”), como a nível de software (ausência de um indicador do nível de bateria), por outro lado, o Dark Core RGB PRO oferece todos os métodos de conectividade que um rato wireless deste valor deveria oferecer: wired, wireless slipstream 2.4GHz (dongle), e Bluetooth 4.2 LE, e a juntar a estas opções de conectividade, tem ainda um sensor topo de gama, e uma taxa de atualização de 0.5ms, algo difícil de encontrar no mercado.

Dito isto, aconselhamos o Corsair Dark Core RGB PRO a qualquer jogador que queira um rato wireless, que tenha um agarre do tipo “Palm”, e para o qual o seu peso de 133g não seja um problema. Por outro lado, existem outras opções igualmente interessantes no mercado, um dos exemplos que analisamos recentemente é o Logitech G502 LightSpeed, apesar do seu preço ser um pouco superior.

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Design
Ergonomia
Desempenho
Autonomia
Personalização
Qualidade/Preço
Final Score