os-melhores-teclados-mecanicos-baratos

Os Melhores Teclados Mecânicos do Momento | Janeiro 2019

Depois de muitas horas a analisar e comparar vários teclados mecânicos disponíveis no mercado, acreditamos que o Krom Kernel é a melhor opção para uma grande maioria das pessoas. É barato, resistente e funcional. No entanto, se estão à procura de alguma coisa em particular, seja para jogar ou escrever, existem melhores alternativas, como as que poderão ver em seguida.

os Melhores Teclados Mecânicos

Bom e Barato

Se têm um orçamento limitado, este teclado é, sem dúvida, a melhor opção. Bom design e construção, switches decentes e iluminação RGB.

O melhor preço:

O Krom Kernel é o melhor teclado que podemos encontrar por este preço. Tem um design bastante agradável, fácil de limpar e bastante resistente. Além disso, uma das coisas que mais nos agradou, é o facto de ter iluminação RGB, algo que não é habitual encontrar em teclados mecânicos com preços abaixo dos 50€.

Os switches usados neste teclado são os Outemu, os quais não são tão conhecidos como os Cherry MX, mas cumprem bem com a sua função. Gostaríamos que tivesse um software para personalização ou umas macros menos limitadas, mas de resto tem uma relação preço/qualidade excelente.

Gamer económico

Por um pouco mais encontramos algo um pouco mais personalizável e com melhores switches: os Cherry MX. Gostávamos que tivesse uma porta USB e Jack de 3.5mm, mas por este preço é algo que conseguimos ignorar.

O melhor preço:

Se estão à procura de um teclado compacto com bons switches, um estilo decente, pouco chamativo e com teclas multimédia extra, o K63 é uma das melhores opções do mercado. É um teclado bastante resistente e com um bom feeling, devido aos seus switches Cherry MX. Além disso, é uma boa opção no caso de precisarem de um teclado para transportar facilmente.

Graças ao CUE, podem personalizar os botões e também a iluminação vermelha. Claro que por ser tão compacto falta-lhe alguns extras, como a porta USB e o Jack 3.5mm.

Ideal para escrever

É um teclado minimalista com Cherry MX Brown, um dos melhores switches para escrever.

O melhor preço:

Inicialmente recomendamos o K66 para os que quisessem algo pouco chamativo e sem extras, mas este Logitech é também uma excelente opção, não só pelo seu desenho, como pelos switches que integra: Cherry MX Brown. Ao contrário dos Red do K66, estes são melhores para escrever. Tem as teclas multimédia mais importantes, e uma iluminação inteligente que pode ser personalizada através do Logitech Gaming Software.

O mais completo

Não é o mais barato, mas continuamos a achar que é o mais completo. Existem alternativas mais bonitas e baratas, mas se querem o teclado mecânico mais completo, então deveriam escolher este.

O melhor preço:

Este é o melhor teclado mecânico que poderão encontrar com layout português. Antigamente tínhamos o K95 RGB no nosso top, mas depois de experimentar este Platinum não temos dúvidas de que é o melhor.

É um teclado com uma excelente construção e um aspeto gaming insuperável. Conta com iluminação RGB independente em cada tecla, botões para macros e multimédia, e até um descansa-pulsos. Mas como dissemos, é muito completo e tem um desempenho espetacular, mas não é perfeito. É muito caro e, além disso, os seus switches Cherry MX Speed RGB são demasiado leves.

 Bom e BaratoGamer BaratoGamer completoPara Escrever
TecladoKrom KernelCorsair K63Corsair K95 RGB PlatinumLogitech G610 Orion Brown
SwitchesOutemuCherry MXCherry MXCherry MX
TamanhoCompletoTKLCompletoCompleto
IluminaçãoRGBVermelhaChromaBranca
Macros Ex.SimNãoSimNão
SoftwareNãoCUECUESim
PreçoVer na AmazonVer na Amazon
Ver na AmazonVer na Amazon

Teclados mecânicos baratos

Em seguida podem ver os restantes teclados mecânicos baratos que recomendamos. Continuamos a achar que o melhor de todos é o Krom Kernel, mas se não gostarem do seu design, então os teclados seguintes serão as melhores alternativas.

Trata-se de um teclado completo com switches Kailh Brown e iluminação RGB com 25 modos diferentes. Vem com descansa pulsos e capacidade para gravar macros.

O melhor preço:

É um teclado compacto, barato, com iluminação RGB, e ainda com switches Outemu vermelhos ou castanhos. Esta versão é a versão TKL, mas existe outra mais completa, a MK4BR.

O melhor preço:

É um dos teclados mecânicos baratos com mais estilo da nossa lista. Tem um corpo em alumínio, e é um teclado bastante recente que pode ser comprado com vários tipos de switches Kailh: vermelhos, castanhos e azuis.

O melhor preço:

Teclados mecânicos Gaming baratos

É um teclado com membrana mecânica. O seu design é bastante idêntico aos restantes teclados da marca, e até vem com um descansa pulsos e iluminação RGB.

O melhor preço:

Este teclado tem um aspeto e sensação premium, graças a sua parte superior em alumínio. Incorpora switches Romer-G, pouco conhecidos, mas que cumprem o seu trabalho.

O melhor preço:

Vem com um design simples e iluminação em vermelho, mas com uma construção muito boa e switches Cherry MX. Tem um modo gamer, cabo traçado, e alguma teclas com textura. É claramente um teclado para gamers.

O melhor preço:

É um teclado compacto com switches Cherry MX. A sua construção é bastante resistente, mas gostávamos que a Ozone melhorasse o seu software de forma a permitir que fosse mais personalizável.

O melhor preço:

Teclados mecânicos para escrever

Trata-se de um teclado TKL que conta com switches Cherry MX Blue, os quais são recomendados para escrita. É bastante barato e vem com iluminação RGB de pode ser personalizada.

O melhor preço:

Outro teclado bastante barato com switches Zorro Blue, os quais tem um feeling e som parecido aos Cherry MX Blue, o que significa que são ruidosos. O seu painel é de alumínio e pesa apenas 788g.

O melhor preço:

É o teclado da Razer que vem com os seus switches Razer laranja, muito parecidos com os Cherry MX Brown. Por experiência própria, podemos avisar que são bastante bons para escrever e além disso silenciosos. Este modelo em específico vem sem teclado numérico.

O melhor preço:

Teclados mecânicos premium

O ultimo modelo da Razer juntou tudo o que era bom dos restantes, e adicionou uns novos switches optomecânicos que são ainda mais rápidos que os switches normais. A grande mudança em relação ao BlackWidow Elite está na sua iluminação RGB inferior que ilumina a mesa.

O melhor preço:

No caso de preferirem outros switches, e de não precisarem da iluminação RGB inferior (sobre a mesa), a melhor opção será o BlackWidow Elite. É muito mais barato, e tem a possibilidade de escolha entre 3 tipos de switches diferentes: verdes, laranjas e amarelos.

O melhor preço:

Este teclado mecânico vem com os ultimos switches da marca, os QX2, e também com uma construção em alumínio. O seu software é dos mais completos que existe atualmente, mas o seu design “aberto” é o que nos apaixona. O pior de tudo é que como vem a ser habito dos teclados SteelSeries, não existe layout PT-PT.

O melhor preço:

O seu design é o mais atrevido de todos, com umas teclas reduzidas e uma construção em alumínio. Vem com os Titan Switch, os quais são muito leves e rápidos, mas não muito ruidosos. O único defeito está na falta de memoria interna e nos bordes em plástico.

O melhor preço:

Este teclado mecânico tem, muito provavelmente, a melhor relação preço/qualidade de todos os teclados da Razer. Vários tipos de switches da Razer, descansa pulsos e um design atual. A única coisa que lhe falta são as teclas multimédia dedicadas.

O melhor preço:

Este em concreto não nos chama muito a atenção, mas tem uma boa construção e uma grande quantidade de macros que podem ser personalizadas, além de ser muito cómodo.

O melhor preço:

Teclado mecânico vs Teclado de membrana

No momento de escolher um teclado mecânico devem conhecer a outra alternativa que costuma ser um pouco mais barata: os teclados de membrana.

Teclados de membrana

Os teclados de membrana são os mais comuns e os mais baratos. Normalmente são construídos com teclas de baixo perfil (como as dos portáteis) ou de médio perfil. Funcionam com contactos elétricos ativados pelas teclas, isto é, sem ter em conta a força ou velocidade com que se toca a tecla, o resultado é sempre o mesmo. A nível geral, e apesar de existirem exceções, a sua construção costuma ser um pouco mais barata e menos resistente.

Teclados mecânicos

Este tipo de teclados utilizam um Switch físico para cada tecla. Existem diferentes tipos de Switches, sendo os Cherry MX os mais conhecidos. Apesar disso, o número de boas alternativas tem vindo a aumentar, como os Razer, Kailh ou Romer-G. Os teclados mecânicos são mais resistentes, pesados, e duram muito mais. Também produzem um feedback um pouco mais distinto, com uma resposta e velocidade que dependerá muito do tipo de switch.

Teclados híbridos

Como o próprio nome indica, este tipo de teclados é uma combinação de componentes de teclados de membrana e mecânicos. Costumam ter os switches como os de membrana, mas as suas teclas estão criadas de forma a permitir replicar o feeling dos teclados mecânicos. É por isso que são mais silenciosos, baratos e leves.

Tudo sobre os Switches

Não existe “o melhor switch”, já que todos eles são diferentes e orientados a atividades diferentes. É por isso que, como poderão ver, cada switch tem as suas vantagens e desvantagens. Uma coisa é certa, com a escolha adequada, não só vão sentir um maior prazer ao utilizar o teclado, como aumentarão a vossa rapidez em qualquer tarefa.

Em seguida poderão ver o “ADN” da maioria dos switches que encontrarão em praticamente todas as marcas.

Switches Lineares, Tácteis, de Click, Híbridos o Optomecânicos 

A primeira coisa que devem saber, é a diferença entre estes três tipos de switches, já que assim poderão identificar o tipo de teclado antes de o comprar.

Os Switches lineares não dão feedback ao serem pressionados, nem fazem o típico “click”. É por isso que não costumam ser muito ruidosos e, regra geral (existem uma exceção), são os mais rápidos, o que significa que são perfeitos para jogar.

Alguns exemplos são: Cherry Red, Cherry Black, Razer Yellow, SteelSeries QX2, Romer-G.

Os Switches Tácteis são aqueles em conseguimos sentir uma resposta, o que significa que o teclado registou a pulsação. Ainda que exista este feedback, este tipo de switch não é tão ruidoso como os que vão ver em seguida, devido ao facto de não existir um “click” audível.

Alguns exemplos: Cherry Brown, Razer Orange, Kailh Brown.

Os Switches de “click” são muito parecidos aos anteriores, com a grande diferença de existir um “click” bastante percetível, que faz lembrar os teclados antigos. Este tipo de switches costumam exigir uma força de toque superior, e a distância de atuação costuma ser maior, o que faz deles uma má escolha para jogadores, mas uma boa escolha para quem escreve bastante.

Alguns exemplos: Cherry Blue, Razer Green, Kailh Blue.

Os Switches híbridos são os switches que têm a típica membrana dos teclados mais baratos, mas a tecla em si simula o feeling de um teclado mecânico. Costumam ser menos ruidosos e também mais pequenos.

Os teclados híbridos mais conhecidos são o 450K da Cougar e o Ornata da Razer.

Os Switches Optomecânicos funcionam de una forma bastante interessante. Como podem ver no GIF, são acionados por uma luz, o que lhes permite atingir uma resposta muito mais rápida ao reduzir o ponto de ativação. Este tipo de switches conseguem também mantém o feeling táctil, já que a sua ativação digital funciona em paralelo com o click mecânico.

Os únicos teclados com este tipo de switches são os Razer Huntsman.

Switches Cherry MX:

Estes switches são os mais conhecidos e comercializados no mercado. Dividem-se em 5 tipos diferentes que se distinguem por cores. Cada um é diferente e tem objetivos diferentes.

Black – os Melhores para determinados Jogos

Não são tácteis, nem dão uma resposta audível. Isto é, são lineares: sente-se a resistência desde o começo até ao final da tecla. O facto de não terem nenhum tipo de bump táctil aumenta a sua durabilidade.

É um Switch pesado, com uma força de atuação que vai dos 60g até as 80g.

Mesmo que normalmente percorram uma distância de 4mm, o seu ponto de atuação encontra-se nos 2mm. Esta característica beneficia o duplo toque e a velocidade de reação. São recomendados para alguns tipos de jogos, como os RTS, em que um toque por engano pode significar uma derrota.

Red – os mais equilibrados

Este Switch partilha quase todas as características do Black. É linear e não dá feedback sonoro.

Tem a mesma distância de atuação de 2mm e a distância total é de 4mm.

A principal diferença reside na força de atuação de 45g, que chega a ser quase metade dos Black. São um pouco mais leves, o que pode aumentar os toques acidentais quando comparado com o anterior.

Blue – os melhores para escrever

Os Blue switches são os mais barulhentos, devido ao facto de serem tácteis e gerarem feedback. Têm uma força de atuação de 50g até 60g. Têm também uma vida útil mais reduzida.

Normalmente quem costuma escrever muito gosta deste tipo de Switches.

 

 

Brown – ideal para textos grandes e gaming

São uma excelente alternativa para quem quer uma resposta táctil, mas não quer o típico “click”.

A sua força de atuação varia entre as 45g e as 55g, o que faz este Switch ser pouco pesado.

É um switch equilibrado, e uma boa opção para quem gosta de escrever bastante com pouco “ruído”.

 

White – evolução dos brown

Estes Switches funcionam da mesma forma que os Brown, mas a sua força de atuação é de 55g.

A única vantagem em relação aos anteriores é o facto de poder gerar menos pulsações acidentais.

Contudo, o seu custo de fabrico é superior, e por isso são poucos os teclados com este tipo de switch.

Switches da Razer

A Razer é uma marca que decidiu desenvolver os seus próprios switches. No entanto, os seus switches são muito parecidos aos mais comuns da Cherry.

Razer Green – os melhores para escrita

Estes switches são bastante parecidos aos Cherry MX Blue, o que significa que são ruidosos/”clicky”.

Este switch tem uma força de atuação de 50g, e uma distância de atuação de 1.9mm. Já os utilizamos para escrever durante mais de 1 ano e gostamos bastante, no entanto, devem ter em conta que são muito ruidosos.

 
 

Razer Orange – os mais equilibrados

Os mais parecidos a estes são os Brown da Cherry, uma vez que recebemos o feedback do switch, mas sem nenhum tipo de click.

A sua distância de atuação é idêntica ao anterior (1.9mm), mas a sua força de atuação é menor (45g), o que o transforma numa melhor opção para jogadores. Na nossa opinião, é o switch da Razer mais equilibrado, já que não é tão ruidoso como os Green, e permite saber quando a tecla foi pressionada por completo, ao contrário do switch que vamos falar em seguida.

 

Razer Yellow– os melhores para gaming

É idêntico aos Cherry Red da Razer, o que significa que é um switch linear.

É bastante silencioso, e o seu ponto de atuação é bastante reduzido (1.2mm). É por isso que são perfeitos para jogar, mas não tão bons para escrever, visto que não existe o feedback táctil que tanto nos agrada.

NomeTipoForçaRigidezRuído
Cherry MX RedLinear45glevemédio
Cherry MX BlackLinear60gdurobaixo
Cherry MX BrownTáctil45glevemédio
Cherry MX ClearTáctil65gduromédio
Cherry MX BlueClick50gmédioalto
Cherry MX GreenClick70gduroalto
Razer VerdeTáctil50gmédioalto
Razer NaranjaTáctil45glevebaixo
Razer AmarilloLinear45glevebaixo
Kailh MarrónTáctil60gdurobaixo
Kailh RojoLinear50gmédiomédio
Kailh AzulClick60gduroalto
Steelseries QX2Linear45glevemédio
Romer-GLinear45glevemédio

Em seguida, deixamos um vídeo comparativo de 5 teclados com switches diferentes, para que desta forma possam ouvir a diferença entre cada um deles.

Como trocar as teclas

Uma das vantagens dos teclados mecânicos é que é possível trocar as teclas.

Existem dois tipos de materiais: PBT e ABS. As teclas PBT são bastante resistentes e não se desgastam com tanta facilidade, mas também são mais caras que as ABS.

Além disso, existem diferentes técnicas para inserir as letras de cada tecla, como a impressão a laser, cinzelado ou apenas um autocolante.

[IMG]

Como Silenciar o vosso teclado mecânico

Outra das características dos teclados mecânicos, é o som que se ouve ao pressionar uma tecla. Ouve-se um “Click” que pode ser incomodo ou não dependendo do gosto de cada um.

Se não gostarem desse som, existem várias formas de reduzi-lo, entre elas os O-Ring e Pads.

Estes pequenos acessórios são anéis de borracha que se colocam diretamente nas teclas. Desta forma podem diminuir a distância total de ação do Switch, e assim reduzir o barulho que se ouve ao pressionar as teclas.

Existem várias marcas e diferentes tipos de anéis com diferentes tipos de resistências e alturas. Podem ver alguns dos anéis na Amazon através deste link.

Esperamos que tenham gostado da nossa lista. Se tiverem alguma questão ou recomendação, não hesitem em deixar um comentário.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)

Loading…