os-melhores-headset-gaming-baratos

Os Melhores Headset Gaming do mercado

Há mais de 2 anos consecutivos que analisamos e recomendamos headsets gaming, pelo que estamos confiantes que os produtos que irão ver em seguida são os melhores a nível geral. Dividimos o artigo em várias categorias de preço, e colocamos algumas alternativas depois das nossas recomendações principais. Se tiverem alguma pergunta ou dúvida, deixem-na nos comentários.

os Melhores headset Gaming

O melhor por 100€

Pontos positivos:

+ Extremamente cómodos;
+ Boa relação preço/qualidade;
+ Bom som;
+ Compatibilidade com muitos sistemas;

Pontos negativos:

– Não são wireless;
– Microfone melhorável;

O melhor preço:

Por menos de 100€, a nossa principal recomendação continua a ser os Cloud II. Têm uma boa construção, são cómodos e também têm um som bastante bom. O seu microfone desmontável não é o melhor, mas cumpre o prometido.

Vem também com umas almofadas extra, uma caixa de controlo USB e ainda uma bolsa para transporte. A única coisa que gostávamos era que a Kingston criasse um software para podermos personalizá-los.

A melhor alternativa

Pontos positivos:

+ Excelente som;
+ Cancelamento passivo de ruído;
+ Bom microfone;

Pontos negativos:

– Construção barata;
– Software com poucas opções;

O melhor preço:

O GSP 350 é a versão com Surround 7.1 do tão conhecido Sennheiser GSP 300 que custam menos 20€. Têm um design interessante, com umas almofadas bastante grandes e cómodas. Ao contrário dos Cloud II, estes têm um dos melhores microfones que poderão encontrar por este preço.

Os mais equilibrados

Pontos positivos:

+ Boa construção e personalizáveis;
+ Software de personalização impecável;
+ Bom som;
+ Um dos melhores microfones;

Pontos negativos:

– Um pouco apertados;
– 7.1 não é o melhor;

O melhor preço:

Este é o último headset da serie Arctis da SteelSeries e é caracterizado por duas coisas: ligação wireless e a sua construção. A sua construção é muito mais premium que a dos seus irmãos, com a parte superior em alumínio, mas lamentavelmente não têm iluminação RGB.

O seu som é muito bom, ainda que o som 7.1 não nos tenha convencido por completo. Mas uma coisa é certa, o seu microfone é um dos melhores desta gama de preços – se não for o melhor para ser honesto.

O melhor para a PS4

Pontos positivos:

+ Um dos melhores para PS4;
+ Bastante cómodos;
+ Boa duração de bateria;
+ Qualidade de áudio muito boa;

Pontos negativos:

– Sem Jack 3.5mm
– Sem Bluetooth;

O melhor preço:

Muitos gamers têm uma PS4, mas utilizam-na apenas para jogar alguns exclusivos. Se precisam de um headset compatível com o PC e a PS4, estes Razer são os melhores sem sombra de dúvida.

Além de som envolvente, e do microfone extraível, este headset é muito cómodo e tem um som excelente. A única diferença entre este e a versão Ultimate, é que este não vem com a base de suporte que vos permite mudar rapidamente entre PC e PS4. Em tudo o resto, são idênticos.

O melhor de todos

Pontos positivos:

+ Compatível com som Hi-Res;
+ Excelente qualidade de áudio;
+ Bastante personalizável;
+ GameDAC incorporado;

Pontos negativos:

– Um pouco caros;

O melhor preço:

Se o dinheiro não for um problema, este é, na nossa opinião, o melhor headset do momento. O seu design é bastante parecido ao dos Arctis 7, que também recomendamos anteriormente, mas estes são ainda mais personalizáveis. Ainda assim, não é por isso que o devem comprar, mas sim pela sua compatibilidade com som Hi-Res.

Graças ao GameDAC incorporado, poderão escutar musica na melhor qualidade possível. Ainda que a maioria dos jogos não estejam preparados para som Hi-Res, com o tempo irão aparecer jogos compatíveis, pelo que com este headset estarão preparados para o futuro. Mas se isto não vos interessar, têm também a versão Wireless com Bluetooth, que custa um pouco mais mas é compatível com o teu smartphone e tem uma bateria capaz de durar até 20 horas.

Os Melhores Headsets Gaming por 100€

 HyperX Cloud IILogitech G433HyperX StingerSteelSeries Arctis 3CORSAIR HS60
Frequência15Hz – 25kHz20Hz – 20kHz18Hz – 23kHz20Hz – 22kHz20Hz – 20kHz
Som Espacial7.1 Virtual7.1 VirtualEstéreo7.1 Virtual7.1 Virtual
Controladores53 mm40 mm50 mm40 mm50 mm
Sensibilidade do micrófono-39dB-40 dB-48 dB-40 dB
CompatibilidadePC, Mac, PS4, XboxPC, Mac, PS4, Xbox, SwitchPC, Mac, PS4, Xbox, SwitchPC, Mac, PS4PC, Mac, PS4, Xbox, Switch
WirelessNãoNãoNãoNãoNão
PreçoVer na AmazonVer na AmazonVer na AmazonVer na AmazonVer na Amazon

Pontos positivos:

+ Extremamente cómodos;
+ Boa relação preço/qualidade;
+ Bom som;
+ Compatibilidade com muitos sistemas;

Pontos negativos:

– Não são wireless;
– Microfone melhorável;

O melhor preço:

Ainda que não seja o mais barato por menos de 100€, é o mais completo que podemos comprar por este preço. Não só vem com muitos acessórios, como é extremamente cómodo e compatível com consolas e PC. Como se tudo isto não bastasse, tem som 7.1 virtual no PC.

Pontos positivos:

+ Som envolvente 7.1;
+ Muito bom preço;
+ Bastante leves e confortáveis;

Pontos negativos:

– Construção barata;
– Isolamento de som melhorável;

O melhor preço:

Estes Logitech são um clássico que mesmo depois de tantos anos continuam a ser um dos mais recomendados a preços baixos. Ainda que não incorpore os drivers de áudio mais recentes, a sua qualidade de som é invejável, especialmente o som envolvente 7.1. No entanto, devido a não apertar demasiado as orelhas, o seu isolamento não é o melhor.

Pontos positivos:

+ Muito bom preço;
+ Controlo de volume no próprio headset;
+ Som decente;

Pontos negativos:

– Microfone melhorável;
– Construção barata;

O melhor preço:

Se estão a procura de algo muito barato, esta é uma das melhores opções… Os HyperX Stinger são desenhados em especifico para os jogadores de eSports e ainda que não tenham um som envolvente, a sua qualidade em estéreo é muito boa graças aos drivers de 50mm que incorpora.

Pontos positivos:

+ Excelente qualidade de áudio;
+ Bom microfone;
+ Bastante personalizável através do PC;

Pontos negativos:

– Construção não tão boa como os restantes Arctis;

O melhor preço:

Com um design moderno e original, este headset é um dos mais bonitos e eficientes desta lista. Têm um bom som para o seu preço, e muitas opções de personalização. A única diferença dos Arctis 3 para os Arctis 5, é que este último tem iluminação RGB e USB com Chat Mix. Em tudo o resto, o som e microfone são iguais.

Pontos positivos:

+ Som 7.1 para PC;
+ Compatível com consolas;
+ Bom preço;

Pontos negativos:

– Cancelamento de ruido;
– Pouco cómodos;

O melhor preço:

Nesta gama de preços também queremos recomendar o Corsair HS60, compatível com o PC, Xbox One e PS4. Talvez não sejam os mais cómodos desta lista, no entanto, o seu som e microfone não são nada maus (ainda que o seu cancelamento de ruído não seja o melhor).

Os melhores headsets Gaming por 200€

 SteelSeries Arctis 7SennheiserGSP 350Razer Thresher7.1HyperX Revolver SSound BlasterX H7
Frequência20Hz – 20kHz15Hz-26kHz12Hz-28kHz12Hz-28kHz20Hz – 20kHz
Som Espacial7.1 Virtual7.1 Virtual7.1 Virtual7.1 Virtual7.1 Virtual
Controladores40 mm50 mm50 mm50 mm
Sensibilidade do micrófono-41 dB-38 dB-40 dB-40 dB
CompatibilidadePC, Mac, PS4, XboxPC, Mac, consolas, smartphonePC, PS4,PC, Mac, consolas, smartphonePC, Mac, consolas, smartphone
WirelessSimNãoSimNãoNão
PreçoVer na AmazonVer na AmazonVer na AmazonVer na AmazonVer na Amazon

Pontos positivos:

+ Boa construção e personalizáveis;
+ Software de personalização impecável;
+ Bom som;
+ Um dos melhores microfones;

Pontos negativos:

– Um pouco apertados;
– 7.1 não é o melhor;

O melhor preço:

Foi uma decisão muito complicada, mas tendo em conta todos os aspetos, os Arctis 7 são os melhores. É um headset compatível com várias plataformas, sem fios, com uma boa bateria, e bastante personalizável (tanto fisicamente como a nível de firmware), além de que o seu som é fantástico.

Pontos positivos:

+ Excelente som;
+ Cancelamento passivo de ruído;
+ Bom microfone;

Pontos negativos:

– Construção barata;
– Software com poucas opções;

O melhor preço:

Se acharem os Arctis 7 muito caros, estes Sennheiser irão surpreender-vos. O seu som é um dos melhores que irão encontrar no mercado, assim como o seu microfone. É verdade que, a nível visual, não são tão apelativos como outros, mas se o importante for a qualidade de som, então este é um produto que deveria estar na vossa lista.

Pontos positivos:

+ Um dos melhores para PS4;
+ Bastante cómodos;
+ Boa duração de bateria;
+ Qualidade de áudio muito boa;

Pontos negativos:

– Sem conector Jack 3.5mm;
– Sem Bluetooth;

O melhor preço:

Se têm uma PS4 ou uma PS4 Pro, este headset é o melhor, no entanto, apesar de terem sido desenvolvidos em especifico para consolas, podem utilizá-lo no PC sem problemas.

Pontos positivos:

+ Extremamente cómodos;
+ Som 7.1;
+ Compatibilidade com muitos dispositivos;

Pontos negativos:

– Continuam a ser bastante grandes;
– Microfone melhorável;

O melhor preço:

Este headset gaming é o mais cómodo que vão conseguir encontrar nesta faixa de preços. Esta nova versão tem som 7.1, uma tecnologia bastante solicitada pela comunidade, mas que na nossa opinião não pressupõe um salto na qualidade de áudio em relação aos anteriores.

Pontos positivos:

+ Qualidade de som invejável!;
+ Bastante cómodos;
+ Preço/qualidade;
+ Microfone removível;

Pontos negativos:

– O software podia ter mais perfis;

O melhor preço:

É um headset bastante cómodo e compatível com muitos dispositivos: PC/Mac, smartphones, PS4, XBox. O microfone não é retráctil como nos Arctis, e o software não permite a criação de perfis, mas ainda assim não há dúvidas que estamos perante um dos melhores desta lista.

Pontos positivos:

+ Boa construção;
+ Som bastante decente;
+ Compatíveis com muitos dispositivos;

Pontos negativos:

– Cabo podia ser maior;
– O MixAmp Pro custa mais 100€;

O melhor preço:

Se estão à procura de um headset gaming com uma excelente qualidade de áudio, os Astro A40 são uma boa eleição. Além de serem um dos melhores nesta gama de preço, a sua construção é bastante resistente. O grande problema deste headset é que para tirar-lhe o máximo partido têm de adquirir o MixAmp Pro, que custa mais de 100€. Ainda assim, mesmo sem este descodificador de áudio, o som deste headset é surpreendente.

Pontos positivos:

+ Construção robusta e resistente;
+ Som impecável em todos os sentidos;
+ Ligação por Bluetooth;

Pontos negativos:

– Conforto limitado sem almofadas XL;
– Isolamento melhorável;

O melhor preço:

Não têm o melhor design do mundo, mas podemos assegurar que são muito, mas muito resistentes. As almofadas que vêm por defeito não são as mais confortáveis do mercado, mas por 25€ podem adquirir as XL, as quais aumentam o seu conforto consideravelmente.

Em relação ao som, temos que admitir que ficamos impressionados. Talvez os seus baixos sejam um pouco exagerados para a maioria das pessoas, mas de resto cumpre as expetativas.

Pontos positivos:

+ Som incrivel;
+ Bastante cómodos;
+ Bons tanto para Gaming como para música;

Pontos negativos:

– Sem microfone;
– Sem 7.1;

O melhor preço:

É um headset pouco recomendado para Gaming porque não incorpora um microfone, mas este aspeto não é o suficiente para não o recomendarmos.

As frequências baixas são fantásticas, mas são as medias que demonstram a sua qualidade, o qual é fundamental para uma experiência de alta qualidade quando estás a jogar. O seu design é diferente do habitual, pois utiliza um sistema de banda superior, que não se estende pela cabeça como a maioria dos headsets, mas tem 2 “almofadas” que descansam na cabeça. Ainda que seja um sistema um pouco estranho, na realidade é bastante cómodo.

Pontos positivos:

+ Qualidade de som decente;
+ Muito cómodos;
+ Classe bastante elevada;

Pontos negativos:

– Sem firmware;
– Microfone melhorável;

O melhor preço:

Este é o primeiro headset gaming sem fios da HyperX e, como podem imaginar, são muito cómodos. A única coisa que gostávamos, era que a sua construção fosse um pouco mais solida, já que nesta casa de preços é possível encontrar ofertas superiores. Além disso, também não tem nenhum software.

O seu microfone é extraível, mas não soa muito bem para ser sincero. Em relação ao som, não existem grandes melhorias em relação aos Cloud 2. Em resumo, são uma boa opção para aqueles que queiram um headset cómodo e sem fios.

Pontos positivos:

+ Design inovador e cómodo;
+ Som decente;
+ Compatível com muitos sistemas;

Pontos negativos:

– Microfone melhorável;
– Duração de bateria;

O melhor preço:

Este é um dos headsets mais recomendados dos últimos anos, mas que já está a precisar de uma atualização. Ainda que o seu design seja bastante interessante, o seu conforto fica atrás de outros headsets, inclusive dos da Logitech. O seu som e isolamento é muito bom, e é por isso que o recomendamos.

Conta com botões para silenciar o microfone, outros para controlar o volume e três botões G que podem ser personalizados. O microfone é extensível, pelo que podem retirá-lo quando não precisem dele.

Os melhores headset Gaming por 300€

 Arctis ProAstro A50SteelSeries Siberia 840Razer Tiamat 7.1 V2ASUS ROG Centurion 7.1
Frequência10Hz – 40kHz20Hz – 20kHz20Hz – 20kHz20Hz – 20kHz
Som espacial7.1 Virtual7.1 Virtual7.1 Virtual7.1 Real7.1 Real
Controladores40 mm40 mm40 mm40 mm40 mm
Sensibilidade do micrófono-38 dB –-44 dB-38 dB-20 dB
CompatibilidadePC, Mac, PS4, XboxPC, Mac, PS4, XboxPC, Mac, consolas, smartphonePC, Mac, consolas, smartphonePC
WirelessNãoSimSimNãoSim
PreçoVer na AmazonVer na AmazonVer na AmazonVer na AmazonVer na Amazon

Pontos positivos:

+ Compatível com som Hi-Res;
+ Qualidade de áudio excelente;
+ Bastante personalizável;
+ GameDAC incorporado;

Pontos negativos:

– Um pouco caros;

O melhor preço:

Por menos de 300€ não temos dúvidas de que este é o melhor headset gaming do momento. São extremamente completos e compatíveis com som Hi-Res, o que significa que no futuro não terão que atualizar o vosso headset para jogar jogos compatíveis. Alem disso, existe uma versão Wireless que é mais cara e vem com Bluetooth.

Pontos positivos:

+ Som impressionante;
+ Compatível com consolas;
+ Exterior personalizável;

Pontos negativos:

– Microfone;
– Bastante caros;

O melhor preço:

É considerado por muitos como o melhor headset gaming da atualidade, e a verdade é que é surpreendente. Além disso, é compatível com todas as consolas da ultima geração.

Apesar de ser sem fios e um pouco grande, é muito cómodo. Em relação à sua bateria, a marca indica que dura cerca de 16 horas, mas na verdade não é bem assim. A duração anda a volta de umas 12 horas de uso intensivo.

Pontos positivos:

+ Baterias removíveis;
+ Boa construção;
+ Ligação por Bluetooth;
+ Som impecável;

Pontos negativos:

– Um pouco caros;

O melhor preço:

Com o mesmo design que os Siberia 800, os 840 integram pequenas melhorias que podem ou não justificar o seu preço. A grande melhoria está na sua ligação Bluetooth, a qual o permite ligar-se a mais dispositivos sem fios. Outra melhoria consiste na personalização do headset com a aplicação SteelSeries Engine 3.

Outro aspeto interessante deste headset é que vem com duas baterias, o que significa que podem utilizar uma enquanto a outra está carregando.

Pontos positivos:

+ Bastante cómodos;
+ Som impecável;
+ Bom funcionamento com vários sistemas;

Pontos negativos:

– Sem som envolvente;
– Um pouco caros;

O melhor preço:

Este headset não só tem um design impressionante, como também é extremamente cómodo e muito recomendado por quem utiliza óculos.

Mas aquilo que mais se destaca são os seus drivers de 50mm e o seu microfone. São simplesmente espetaculares – apesar de que se quiserem aproveitá-los ao máximo, aconselhamos a comprá-los com o adaptador de som, que custa uns 50€ a mais.

Pontos positivos:

+ Som envolvente real!;
+ Extremamente cómodos;
+ Design bonito com Chroma;

Pontos negativos:

– Microfone melhorável;

O melhor preço:

À semelhança do ASUS que recomendamos anteriormente, este Razer Tiamat V2 é um headset com 10 altifalantes integrados(5 em cada lado), o que lhe permite alcançar um som envolvente real de 7.1. A acompanhar o som, temos um controlo de áudio bastante completo, algo que se agradece, uma vez que estamos falando de um headset caro.

Um aspeto no qual estes Tiamat se destacam é na sua comodidade, sendo um dos gama alta mais cómodos do mercado. O seu microfone não é mau, mas não está no mesmo patamar que o som.

Pontos positivos:

+ Boa construção e design;
+ Som envolvente real!;
+ Stand incluído;
+ Software personalizável;

Pontos negativos:

– Grandes!;
– Só pode ser utilizado com a sua AMP;

O melhor preço:

Este ASUS tem três coisas que nós adoramos: design impressionante, amplificador integrado e som envolvente 7.1 com 10 altifalantes integrados. O seu aspeto é sublime (tanto o headset como o amplificador). É também um headset bastante cómodo e integra almofadas que podem ser trocadas. O que não é tão bom, ou pelo menos não está ao mesmo nível que o restante, é o seu microfone.

Ao contrário de outros headsets em que devem comprar um amplificador à parte, este ASUS conta com um amplificador muito completo e fácil de utilizar. O controlo sobre o headset aumenta ao instalar o ASUS Sonic Studio, uma aplicação que vos permite mudar ainda mais os aspetos relativos ao áudio. Em fim, é um headset muito completo, o que justifica o seu preço.

Tudo o que devem saber sobre headsets gaming

Existem alguns aspetos importantes a ter em conta antes de comprar um headset gaming. Em primeiro lugar é importante sabe a diferença entre os diferentes tipos de headset:

  • Headsets digitais: com um DAC integrado (conversor digital para analógico), os headsets digitais oferecem um som mais alto e integração por software. Os headsets com ligação USB funcionam em consolas, PC’s e Macs, enquanto que os headsets analógicos (jack 3,5 mm) funcionam na Xbox e Playstation (menos a 4 Slim), e nos PCs com entradas analógicas, seja ligado diretamente na motherboard, na placa de som interna ou na placa de som USB. 
  • Headsets analógicos: utilizam um ou mais conectores de 3,5 mm para transmitir o áudio, e costumam ser universalmente compatíveis com os PC, consolas e dispositivos móveis. Ainda que o seu som seja mais limpo, costumam estar limitados, pelo que é sempre recomendado usar uma placa de som compatível.
  • Headsets sem fios: com um transmissor ligado ao PC ou consola, os headsets sem fios costumam ser mais pesados e requerem ser carregados com alguma frequência. A duração de bateria e a qualidade de áudio depende de cada marca, mas no geral, costumam ser inferiores a outros headsets com cabo, dentro do mesmo preço.

Depois disto, devem ter atenção ao design do headset. Ainda que a maioria dos headsets gaming sejam fechados, já que isso permite imergir no mundo do jogo de forma mais profunda, também existem alguns abertos – ainda que sejam mais raros de encontrar. Dependendo das vossas preferências, devem escolher ou um ou outro.

Outro aspeto a ter em conta é a compatibilidade com os dispositivos que necessitam. Por exemplo, se quiserem um headset compatível com o smartphone ou com consolas, tenham atenção, porque muitos deles não o são. Alguns headsets wireless não têm ligação Bluetooth, pelo que se não permitirem o uso de um cabo jack (a maioria permite) não poderão utilizá-los com o smartphone. O mesmo acontece com as consolas.

Em relação ao som, é visível a forma como as empresas tentam vender o som 7.1 como se fosse o “santo graal”, quando na realidade não o é. É preferível comprar um headset com bons altifalantes e um som excelente, que um headset com som 7.1 envolvente que só vos dá dores de cabeça porque não são bons de todo.

 

Em relação ao som 7.1 envolvente, deves conhecer estas duas diferenças:

  • Áudio 7.1 virtual: estes headsets não têm 7 ou 5 altifalantes em cada earpad. O que fazem é simular o áudio de forma virtual, ou seja, através de software, para que o som pareça realmente envolvente.
  • Áudio 7.1 “verdadeiro”: estes sim têm vários altifalantes pequenos dentro de cada earpad, o que permite recriar som envolvente de uma forma mais natural e com qualidade. O problema é que este tipo de headsets costumam ser mais caros e pesados.

Outro aspeto a não esquecer é o microfone, muito importante nos dias de hoje. A maioria dos headsets têm bons microfones e um cancelamento de ruído excelente. A qualidade de som varia bastante de marca para marca, pelo que é sempre complicado escolher. Aquilo que recomendamos é que oiçam alguns testes no YouTube para ficarem a saber se gostam daquilo que ouvem.

Alguns headsets não têm microfone (normalmente chamados de headphones), especialmente os mais caros e não orientados para gaming. Nestes casos, vão ter um som espetacular, mas terão de utilizar um microfone externo.

Também vale a pena referir os programas, ou seja, o software de cada headset. Vejamos, por exemplo, o CUE da Corsair, Synapse da Razer e muitos outros que permitem mudar alguns parâmetros do som e da iluminação do headset. Estes programas costumam ser apenas compatíveis com o PC, mas a Turtle Beach, por exemplo, também cria perfis exclusivos para determinados jogos na PS4 e Xbox.

Se tiverem alguma dúvida, escrevam um comentário que responderemos o mais rapidamente possível

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (6 votes, average: 4,50 out of 5)

Loading…