As Steam Sales acabam e os cheaters voltam a entrar em cena. É largamente conhecido que durante estas promoções há pessoas que se aproveitam do preço mais reduzido dos jogos para experimentar as novas cheats disponíveis, sem que o risco monetário seja tão grande.

Acabam as Steam Sales e os cheaters andam aí de novo

Parece que durante estas promoções a corrida a estes jogos foi maior que o normal (pelo menos da parte dos cheaters). Durante o dia 6 de Julho foi ultrapassado o recorde para o número de bans diário. O número habitual para um dia costuma situar-se entre os 2 000 e os 3 000.

O maior valor de bans pela Valve até ao dia 6 de Julho tinha acontecido em Outubro de 2016 com um total de 15 227 bans num dia. Por incrível que pareça este record não foi ultrapassado por algumas dezenas ou centenas. Neste dia foram banidas um total de 40 444 pessoas, o que é um número completamente incrível.

No dia 6 de Julho (40 444) foi ultrapassado o recorde de bans num único dia que tinha sido em Outubro de 2016 (15 227)

Este é, sem qualquer tipo de dúvida, um grande motivo para a Valve festejar porque, mesmo que as Sales não tenham corrido muito bem, ao menos o seu sistema de detecção de cheaters está a funcionar melhor que nunca.