A ZTE trouxe para Barcelona os novos Blade V8, mas aproveitou ainda para mostrar ao público na MWC a sua linha de smartphones Axon 7, de 2016 mas ainda com algumas características capazes de fazer as delícias dos amantes do áudio e cinema.

Esta linha é composta pelos Axon 7, Axon 7 Mini e Axon 7 Max, o mais recente. Em termos de especificações, as diferenças são as seguintes:

Axon 7
Axon 7 Max Axon 7 Mini
Ecrã 5.5” AMOLED 1440×2560 WQHD 6” FHD com 3D 5.2” FHD
Processador Snapdragon 820 Snapdragon 625 Snapdragon 617
RAM 4GB 4GB 3GB
ROM 64GB+256GB microSD 64GB+256GB microSD 32GB+128GB microSD
Câmara traseira 20MP f/1.8 13 MP+13 MP f/2.0 16 MP f/1.9
Câmara frontal 8 MP 13 MP f/2.2 8MP
Bateria 3250 mAh+ Quick Charge 3.0 4100 mAh + Quick Charge 3.0 2705 mAh+ Quick Charge
SO Android 6.0 + ZTE MiFavor4.0 UI Android 6.0 + ZTE MiFavor4.0 UI Android 6.0 + ZTE MiFavor4.0 UI
Preço 449€  Apenas na China  299€

Como podem ver pela tabela, as diferenças entre o Axon 7 e o Axon 7 mini são aquelas comuns que aparecem em modelos e as versões mais baratas, mas o Axon 7 Max podia ser, só ele, uma nova linha, já que nem no desenho é parecido com os restantes Axon.

Axon 7 – o melhor som que já ouvimos num smartphone

As colunas do Axon 7 são, sem dúvida, o seu ponto mais forte. Para começar estão dispostas na melhor posição possível, isto é, na parte da frente do dispositivo. Possui um desenho bastante atrativo, com uma moldura relativamente reduzida e um peso ligeiro.

zte axon 7 mwc 2017

Em termos de funcionalidade, gostamos bastante da interface que foi colocada por cima do Android, do facto de ser fácil de manusear e das suas cores vivas, provenientes do seu ecrã AMOLED a alta resolução.

O áudio faz uso da tecnologia Dolby Atmos, que lhe confere um efeito surround surpreendente e excelente posicionamento auditivo. Mais, ao utilizarem qualquer tipo de headphones, headset ou earphone, podem continuar a ter uma experiência envolvente, mesmo que apenas suportem stereo, experimentamos com os nossos Roccat e funcionou cinco estrelas!

Caso lhe liguem um headset com 5.1 ou 7.1, o sistema de som consegue fazer uso de todos os altifalantes sem ser necessária qualquer virtualização.

O Axon 7 mini acaba por ser a habitual versão mais barata dos telemóveis de alta gama, com um downgrade no processador, memória e na câmara, tornando-o mais ao nível de gama média. Ainda assim não é um mau dispositivo, apenas seria ideal que o seu preço não passasse dos 250€, visto que é possível encontrar outros telemóveis com especificações similares, a um preço mais amigo.

No entanto ainda conta com algumas características provenientes do Axon 7, que o tornam mais apetecível, como o sistema Dolby Atmos que também se encontra presente no Axon 7 mini.

Axon 7 Max – o dispositivo de entretenimento para os chineses

Infelizmente, o Axon 7 Max não será comercializado fora da China. Ainda assim, vale a pena ser mencionado devido a algumas características presentes que o tornam num dispositivo focado no entretenimento, um pouco diferente do habitual.

Para começar, o seu ecrã é de 6 polegadas e pode reproduzir conteúdos 3D, sem a necessidade de óculos especiais. O seu processador não é tão poderoso como o do Axon 7, mas conta igualmente com 4GB de RAM e 64GB de ROM, alimentados por uma bateria de 4.100 mAh, que deve chegar para suportar a carga do ecrã e dos conteúdos 3D.

zte axon 7 max mwc 2017

Em termos de design, o Axon 7 Max diverge um pouco dos outros dispositivos da mesma linha, passando a possuir colunas na parte de baixo, ao invés de na frente e uma moldura frontal mais parecida com a dos smartphones da Samsung.

O seu ponto mais forte é sem dúvida o ecrã 3D que gostaríamos de ver lançado fora da China, visto que é um tipo de painel incomum por estes lados.

Conclusões

A linha Axon 7 é bastante interessante, especialmente devido à qualidade do som do Axon 7 e Axon 7 mini. A versão de alta gama, nem possui um mau preço para o design e especificações, mas gostaríamos de ver a gama média com um preço mais amigo.

 

No more articles