kingston hyperx fury 240gb

Análise de SSD – Kingston HyperX Fury 240Gb

Tivemos a possibilidade de testar este SSD da Kingston, nesta que será a nossa(minha) primeira review de SSD’s, espero que corra bem…há sempre espaço a melhorias!

Este SSD insere-se na linha HyperX da Kingston, que conta com diversos componentes, além de SSD’s (3K), conta já com headsets, pen drives e memórias RAM, a especialidade da casa.

Esta linha de SSD’s foi lançada em meados de 2014, fazendo crescer então a família HyperX, agora com linha Fury em SSD’s, e tinha talvez como principal missão, fazer esquecer as últimas remessas da série V300, cujo controlador foi trocado, resultando em piores resultados.

O Kingston HyperX Fury

Este SSD  tem como base o controlador SandForce 2281 (SF-2281), com NAND MLC da casa. Este controlador já tem alguns anos no mercado, apesar de alguns percalços, é hoje em dia um controlador fiável e permite geralmente bons valores por baixo custo…e isso é o que este SSD promete, boa relação preço/performance…veremos como se porta na realidade.

Sistema de Teste

  • SO: Windows 8.1
  • CPU: I7 [email protected]
  • MB: Asrock Z77 Pro4-M
  • GPU: EVGa GTX 780 SC/ACX
  • RAM: 2x4gb Kingston HyperX 1866mhz
  • PSU: CM V700
  • Cooler: BeQuiet Dark Rock 3
  • Caixa: Fractal Define Mini mixed with Fractal Arc Mini R2
  • Controlador: SandForce SF-2281 (MLC) – versão com synchronous NAND

Metodologia

Para analisar o SSD utilizámos algumas ferramentas simples para medição da capacidade do componente em questão, neste caso utilizamos o CrystalDiskMark e o AS-SSD, que medem as velocidades por diferentes processos, o PCMark 8 que ajuda-nos a medir a largura de banda da memória do SSD e tempos de loadings em diferentes aplicações, ainda que esteja algo desatualizado, é uma boa ferramenta para ter uma ideia da capacidade o SSD em diferentes ambientes.

Utilizámos ainda o BootRacer, que mede o tempo de boot do sistema, com tempo de loading do Windows e o início/arranque do sistema e várias aplicações no start-up.

Para testar os SSD’s em pé de igualdade, foi instalada em todos a mesma imagem do Windows com uma série de programas que a generalidade dos PC’s domésticos têm, que geralmente pesam no arranque do sistema, para que pudéssemos recriar um ambiente de utilização ‘normal’.

Unboxing e Primeiras Impressões

Esta linha de SSD’s da Kingston insere-se na gama de consumidor, aparecendo pouco acima dos 100€, sendo portanto considerado um SSD de baixo custo.

Contudo, pela apresentação física do SSD, não nos dá essa ideia de ‘barato’, à primeira vista talvez nos possa parecer algum tipo de plástico, como sucedia com os V300, mas ao toque rápidamente reparamos que se trata de alumínio, o que é bastante bom, ajudando nas temperaturas e resistência deste.

kingston hyperx fury 240gb

Também faz dele dos SSD’s mais pesados que já me passaram pela mão.

Já o packaging em que vem é do mais simples, apresentando as cores da linha HyperX, trazendo um sticker da HyperX e um adaptador para caso de o termos de montar em cages com 9mm de altura, o que acontece em alguns portáteis, isto pois o SSD tem um perfil de 7mm (altura), baixinho o menino.

Performance

Bem, medindo a performance do SSD, comecemos por ver o comportamento do mesmo no boot do PC, como foi referido, além do SO temos instalado algumas aplicações base, que pesam no arranque, com dropbox, antivirus (AVAST), adobe pdf / flash, etc.

No BootRacer, o iniciar do sistema não chegou a 35 segundos por muito pouco, que não sendo nada de especial no que diz respeito a SSD’s consegue ser um resultado positivo, normal, até, de se obter. Dá-nos tempos para ir buscar algo para beber/comer, ou acender a luz (não devemos estar às escuras à frente do PC! Os meus olhos que o digam…).

Atenção, isto são tempos sem o modo ‘Fast Startup’ do W8.1, mas diga-se de passagem que não se notou diferença usando esse modo.

Quanto às velocidades, tanto pelo CrystalDiskMark como pelo AS SSD podemos verificar que em diferentes ambientes, não fogem assim tanto às anunciadas, principalmente nas velocidades de leitura, o que é bastante positivo neste tipo de disco, voltado para PC’s ‘domésticos’.

Testes completos e comparações

CrystalDisk Kingston HyperX Fury 240Gb Boot Racer Kingston HyperX Fury 240Gb As SSD Benchmark Kingston HyperX Fury 240Gb

Conclusão

Overall, o Kingston HyperX 240Gb comporta-se bem, e oferece o que promete – boa performance em termos de leitura, considerando que é um SSD pensando no utilizador comum, a baixo custo…mas…

A rondar os ~115€, perde para a concorrência, além das velocidades de escrita, se tivermos em conta a capacidade de armazenamento, temos na concorrência outros discos com melhores valores em escrita e com capacidade superior.

Talvez os preços podem-se ser revistos por forma a torna-lo realmente competitivo atendendo ao fator de armazenamento, mas isso a Kingston lá saberá o que faz.

Possivelmente a razão para ter esse preço seja por a série V300 ainda se encontrar no mercado, pertencendo a linhas diferentes da marca, tão cedo não deve dar espaço a estes HyperX, infelizmente.

Só esperamos, e pedimos, que não cometam a mesma aventura que fizeram com a linha V300 e troquem os controladores, o que resultou em SSD’s com menor performance na altura, não mexam nestes, a não ser que seja para melhorar!

Resta-nos agradecer à Kingston pela disponibilização do SSD para teste, e esperamos poder a voltar com vocês no futuro!

Nutella Man
More Stories
andy rubin
Novo smartphone por Andy Rubin, co-fundador de Android