Um dos eventuais problemas de forçar uma falsa localização nos nossos dispositivos, é a sobreposição de informação de localização pelas diferentes aplicações, uma vez que o Pokemon GO precisa do GPS em “alta precisão” e esta é obtida por diferentes meios, isto resulta num efeito chamado rubberbanding.

O que é o rubberbanding?

Se, enquanto jogam com falsa localização, a vossa personagem no jogo correr rapidamente numa direcção, voltando à falsa localização eventualmente, isso é rubberbanding – notem que, a direcção em que ele corre, será para o local onde vocês estão na realidade, como se fosse para um ponto médio entre a localização real e a falsa.

Percebam ou não, o que importa é conseguirem resolver o problema!

Isto deve-se essencialmente a uma atualização do Google Play Services de 2018, sendo que a solução passa para reverter para uma versão anterior, algo de Novembro/Dezembro de 2017

Além de rubberbanding, também resulta no erro Failed to Detect Location, esta solução resolve esse erro!

Para isso, temos de primeiro descobrir qual a nossa versão, pois esta aplicação Play Services é uma das principais do sistema Android com uma série de permissões, uma forma de descobrir será ver a versão atual e perceber as suas características, para isso instalamos o Droid Hardware Info directamente da Play Store.

Depois de instalada e lançada, a aplicação irá nos dizer alguma informação da nossa versão do Play Services, daqui devemos reter os números entre parênteses onde diz a versão.

Com isso podemos então ir até ao APK Mirror e estudar melhor a versão

No site do APK Mirror encontramos a nossa versão do Play Services, e tentamos perceber os seguintes elementos:

  • Architecture
  • Screen DPI

Estes elementos deverão ser iguais quando formos procurar pela versão mais antiga.

Esta versão antiga deve ser uma do final do ano de 2017 para que tudo funcione o melhor possível, permitindo-nos jogar bem, as nossas sugestões:

Depois de feito o download, guardem o ficheiro na vossa pasta de transferências, mas antes de instalar, precisamos primeiro de remover as atualizações da aplicação atual.

Para isto a forma mais fácil será aceder ao Play Services pelo menu da localização, onde verão a aplicação com acesso à localização, seleccionem a aplicação e vão para as opções da mesma, escolham a opção ‘Desisntalar Atualizações’ – isto irá remover as atualizações da aplicação revertendo à versão de fábrica, depois então podemos instalar a ‘nova’ versão.

Confirmada a reversão para a versão de fábrica, encontrem a vossa pasta de transferências, e procedam à instalação do APK do Google Play Services que sacaram, depois de terminado, deverá funcionar tudo bem!

Nota: reparamos que, por vezes, a aplicação força a atualização – geralmente quando se volta a ligar à internet ou quando se desliga/liga o dispositivo, por isso mantenham na pasta de download a versão sacada, pois eventualmente terão de repetir este processo!

Em suma, para facilitar:

  1. verificar a versão de Play Services instalada;
  2. procurar no APKMirror pela versão e verificar Architecture e Screen DPI;
  3. procurar e sacar a versão do final de 2017 com mesmo Architecture e Screen DPI;
  4. desinstalar atualizações do Play Services;
  5. instalar APK de que fizemos download;
  6. fazer figas e testar;
  7. repetir passos 4 e 5 sempre que a aplicação sofrer atualização forçada!

Ah, e o Google Maps continua a funcionar!