SabreWireless Capa Final

Corsair Sabre RGB Pro Wireless, Review em Português

Corsair SABRE RGB PRO Wireless
Um bom rato wireless a nivel geral
O Corsair Sabre RGB PRO Wireless é uma opção a considerar, especialmente se estão à procura de um rato wireless ergonómico e relativamente leve para agarres do tipo palm ou claw, tendo ainda como requisitos um ótimo hardware, uma ótima duração de bateria, e ainda versatilidade a nível de conectividade e transporte, podendo ser facilmente usado em qualquer lugar.
Design
84
Ergonomia
82
Desempenho
92
Autonomia
82
Personalização
85
Conectividade
90
Qualidade/Preço
82
Review dos Leitores0 Votes
0
O Melhor
Excelente conectividade
Taxa de atualização de 2,000 Hz via wireless
Boa duração de bateria
O Pior
Cabo podia ser melhor
Os skates podiam ser melhores
100
Recomendado

A Corsair é uma marca que já todos conhecemos, não só pelo seu vasto leque de produtos, como pelos seus lançamentos frequentes. Hoje tivemos a oportunidade de trazermos um produto que alguns até podem reconhecer, mas cujo a sua versão wireless acaba de sair para o mercado, o Corsair Sabre RGB Pro Wireless.

Design

O design deste Corsair Sabre RGB Pro Wireless não é propriamente uma novidade para aqueles que já acompanham a marca a algum tempo, uma vez que há poucos meses a marca lançou uma versão wired deste rato. Ainda assim, existem algumas diferenças entre ambas as versões, tanto a nível de design, como a nível técnico, conforme poderão ler ao longo da review.

De uma forma objetiva, o Corsair Sabre RGB Pro Wireless é um rato ergonómico, indicado para utilizadores destros, não só pelo posicionamento dos botões, mas também devido ao seu formato que favorece o agarre com esta mão. A nível de tamanho, este é um rato relativamente grande, com umas dimensões aproximadas de 12.9 cm x 7 cm x 4.3 cm.

SabreWireless Top

Estas dimensões e design, são as que tornam este rato bastante confortável na mão, especialmente para aqueles utilizadores com mãos um pouco maiores, sendo que o seu design está idealizado para agarres do tipo Palm e Claw. Pessoalmente, e durante os nossos testes, demos por nós a utilizar um misto de ambos os agarres, sempre de forma confortável.

Uma das diferenças visuais em relação ao seu irmão mais velho, wired, está na iluminação RGB, sendo que nesta versão wireless apenas existe iluminação na parte de trás do rato, mais propriamente no logo da marca, que pode ser personalizada com o software da marca.

No que toca à qualidade de construção, este é um rato solido a nível estrutural, e com uma boa construção em termos gerais, não existindo qualquer movimento lateral nos botões principais.

Já a nível de design, o único aspeto que podemos considerar menos positivo é o seu peso de aproximadamente 79g (que apesar disso, está muito bem distribuído). Para a sua robustez e tamanho não deixa de ser um rato leve, no entanto, existem outras alternativas com dimensões similares, mas pesos bastante inferiores, pelo que gostaríamos que esse fosse o caso. Ainda assim, este é um aspeto que varia consoante o gosto pessoal de cada utilizador.

No que toca aos botões, na parte superior existe um total de 6 botões programáveis, sendo que este é um rato com um layout de botões convencional. Além do mouse1, mouse2 e scroll (mouse3), temos os típicos dois botões na lateral esquerda, que permitem retroceder e avançar páginas, e um botão para mudar a configuração de DPI’s na parte superior, junto ao scroll. Os botões laterais são ligeiramente salientes, e são de grandes dimensões, sendo fáceis de pressionar e encontrar.

Na parte inferior encontramos os típicos skates em PTFE, um pequeno compartimento para armazenar o dongle, o botão que permite mudar entre os perfis de configuração armazenados no rato (acompanhado de um LED indicativo), e ainda o switch que nos permite mudar entre os modos de conexão: off, bluetooth e wireless 2.4GHz.

SabreWireless Dongle 1

Falando dos skates, estes estão dentro do que se pode considerar normal, e além disso são substituíveis, no entanto, esperávamos uns skates um pouco melhores nesta gama de preço, uma vez que é notável alguma resistência ao deslizar o rato, sendo claramente inferiores aqueles que temos encontrado em outros ratos testados recentemente.

Em relação aos restantes acessórios, dentro da caixa encontramos um cabo USB Type-A para USB Type-C, juntamente com o dongle wireless.

SabreWireless Conteudo

Infelizmente, o cabo incluído não é de malha, mas sim um cabo normal que oferece uma resistência notável. Neste aspeto, e apesar de entendermos que este é um rato wireless, achamos que a Corsair devia ter incluído o mesmo cabo utilizado na versão wired deste rato. O único aspeto positivo que conseguimos tirar do cabo, é o facto de usar um conector Type-C.

Por fim, no que diz respeito ao dongle, este é o típico dongle USB Type-A, com umas dimensões extremamente pequenas, sendo muito discreto, leve e fácil de transportar dentro do compartimento do próprio rato.

Desempenho

O Corsair Sabre RGB Pro Wireless conta com um sensor ótico personalizado pela Corsair, e desenvolvido em conjunto com a PixArt. Este sensor, denominado Marksman, permite ajustar os DPI’s até um máximo de 26,000, em incrementos de 1, atingindo uma aceleração máxima de 50G e uma velocidade de 650 IPS. Além disso, permite ainda configurar a distância de elevação, algo importante e que muitas vezes não encontramos em outros ratos.

Outro dos pontos chave é a conectividade, uma vez que podemos utilizar o rato com cabo, Bluetooth ou wireless 2.4 Slipstream, sendo este último o seu ponto forte, uma vez que esta tecnologia wireless da Corsair não só ajuda a reduzir interferências na banda dos 2.4GHz, alocando o melhor canal dinamicamente, como garante baixas latências, atingindo uma taxa de atualização de 2,000 Hz.

SabreWireless Sensor

Como habitual, colocamos o Sabre RGB Pro Wireless à prova durante 2 semanas de utilização diária variada (trabalho e jogos), sendo que não reproduzimos qualquer tipo de problemas, seja a nível de tracking, ou a nível de conectividade (tanto através de bluetooth como através de wireless), pelo que ficamos bastante satisfeitos com o seu desempenho, mesmo quando os níveis de bateria eram baixos.

Nota: Durante os nossos testes tínhamos a aceleração do rato, no Windows, desabilitada e, sempre que possível, a opção “raw input” ativada nos jogos testados (ex: CS GO, Battlefield 4).

No que toca aos switches, estamos a falar de uns OMRON com uma durabilidade de 50 milhões de cliques, em conjunto com botões Corsair QuickStrike. De uma forma simples, estes botões não só eliminam o espaço entre o botão e o switch, como utilizam uma pequena mola para repor a posição do botão o mais rapidamente possível, fazendo com que a experiência seja bastante boa e responsiva.

Passando para a duração de bateria, a Corsair anuncia até 90 horas de utilização via Bluetooth, e 60 horas (RGB off) via Wireless 2.4GHz.

SabreWireless Top2

Apesar de não termos contabilizado com precisão a duração da bateria, estes valores aparentam estar dentro daquilo que experienciamos, pelo que podemos considerar que a bateria tem uma boa duração. De futuro, gostaríamos de ver a Corsair implementar algum género de carregamento rápido, melhorando assim a experiência do utilizador.

Para finalizar o tópico de desempenho, deixamos um vídeo do som de cada um dos botões do Corsair Sabre RGB Pro Wireless.

Software

No campo de software, o Corsair Sabre RGB PRO Wireless é completamente suportado pelo já conhecido iCUE, desta vez com um aspeto renovado. Na nossa opinião, o iCUE não é o software de gestão de periféricos mais simples de utilizar, mas parte dessa complexidade deve-se ao vasto leque de configurações que permite realizar.

iCue

Através do iCUE podem configurar e personalizar todo o rato, seja a nível de iluminação, ação dos botões, configuração de DPI’s, guardar/apagar perfis on-board, entre outras coisas menos comuns, como calibrar o sensor para o tapete que estamos a usar, configurar a taxa de atualização para 2,000 Hz, ou até mesmo configurar a distância de elevação do sensor.

Além de tudo isto, o software da Corsair permite ainda adicionar o estado da bateria à barra de tarefas do windows, algo bastante útil para nunca deixarmos a bateria acabar, e permite também atualizar o firmware do rato e do próprio dongle, como objetivo de corrigir falhas ou adicionar melhorias.

Conclusão

Com um preço de 99.99€ na Europa, o Corsair Sabre RGB PRO Wireless é um bom rato wireless em termos gerais, no entanto, não podemos negar que existem pequenos pormenores que nos deixam um pouco desiludidos, como a a qualidade dos skates, que podia ser melhor, ou o facto de vir com um cabo que, na nossa opinião, não está ao nível da qualidade geral do produto.

Ainda assim, achamos que é uma opção wireless a considerar, especialmente se estão à procura de um rato ergonómico e relativamente leve para agarres do tipo palm ou claw, tendo ainda como requisitos um ótimo hardware, uma ótima duração de bateria, e ainda versatilidade a nível de conectividade e transporte, podendo ser usado em qualquer lugar.

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Design
Ergonomia
Desempenho
Autonomia
Personalização
Conectividade
Qualidade/Preço
Final Score