Como mudar a configuração DNS no Windows, macOS, Android e iOS

Como alterar DNS no Windows, macOS, Android e iOS

Todos os dispositivos que utilizamos ligados à Internet utilizam um ou mais servidores de DNS de forma a conseguirem estabelecer correctamente as ligações aos serviços que utilizamos diariamente.

Apesar da maioria dos utilizadores não fazer a mínima ideia para que servem os servidores de DNS, o facto é que eles são fundamentais para o correcto funcionamento dos sistemas operativos e softwares que utilizamos.

Neste artigo explicamos como mudar o DNS, o que é o DNS, e quais as vantagens de tal mudança. Se tiverem alguma dúvida, podem sempre deixar-nos um comentário que iremos responder com a maior brevidade possível.

Alterar DNS no Router

A maioria dos portugueses utilizam routers fornecidos pelas operadoras, e infelizmente esses routers não permitem realizar alterações nas configurações de DNS. Caso não tenham outro router, então terão de configurar os servidores DNS directamente nos equipamentos da vossa LAN (PC’s, smartphones, etc). No entanto, se tiverem um router comprado por vocês a servir de gateway, a boa noticia é que basta entrar nas configurações do equipamento e procurar pelas configurações de DNS.

O exemplo abaixo é para um NetGear Nighthawk R7000P, no entanto cada router/marca tem uma interface diferente, pelo que terão de perder alguns segundos a tentar encontrar a opção no vosso.

Caso tenham dúvidas de como aceder ao router, ou de como encontrar as configurações de DNS, podem deixar-nos um comentário com o modelo do vosso router para que possamos dar uma vista de olhos.

No nosso caso, bastou fazer login no router e escolher a opção “Internet” para visualizar todas as configurações fundamentais para o correcto funcionamento do equipamento, incluindo as configurações DNS.

Após aplicar a mudança de DNS, todos os equipamentos que estão na rede interna (LAN) vão ter os nomes resolvidos pelo novo servidor DNS configurado. Este é o método mais simples e rápido caso tenham muitos equipamentos em casa.

 

Alterar DNS no Windows

Num computador com Windows o melhor método é ir ao painel de controlo, através do menu iniciar, e em seguida pesquisar (canto superior direito) por: “centro de rede e partilha”. Uma vez no centro de rede e partilha devem carregar em “alterar definições da placa” no lado esquerdo da janela.

No exemplo acima existem 3 placas de rede (depende de cada PC), sendo que a placa física é a primeira, com nome “Ethernet”. No caso de estarem a configurar um portátil, ou um desktop com placa de rede Wi-Fi, devem repetir todo o procedimento para a placa Wi-Fi, de forma a aplicar a configuração em ambas as placas de rede.

Carreguem com o lado direito em cima da placa de rede a configurar e seleccionem a opção “propriedades”.

Na janela que é aberta, escolham “Protocolo IP Versão 4 (TCP/IPv4) e carreguem, uma vez mais, em “Propriedades”.

Nota: Caso queiram mudar as configurações IPv6, devem repetir o processo no final, escolhendo a opção “Protocolo IP Versão 6 (TCP/IPv6)”.

Por fim basta marcar a opção “Utilizar os seguintes endereços de servidor DNS”  e preencher os dois campos que se seguem com os IP’s dos servidores DNS.

 

Alterar DNS em Android

O smartphone abaixo tem Android “stock” pelo que a sua interface é idêntica aos dispositivos Android One ou Pixel da Google, no entanto, consoante a marca do vosso dispositivo, o menu das definições pode variar a nível de organização e opções.

Abram as definições de sistema e carreguem na opção “Rede e Internet” (ou equivalente no vosso dispositivo), e dentro escolham “Wi-Fi”.

Na lista de redes Wi-Fi, escolham a rede em que querem mudar as configurações de DNS, deixando o dedo a pressionar o nome da rede durante alguns segundos. Em seguida carreguem em “modificar rede”.

Carreguem em “opções avançadas” e nas definições de IP, escolham a opção “Estático”.

Por fim, preencham os campos de DNS com os servidores que querem utilizar. É importante relembrar que é necessário repetir este passo para todas as redes Wi-Fi nas quais querem utilizar servidores DNS personalizados.

 

Alterar DNS em iOS

No iOS, abram as definições, carreguem em “Wi-Fi” e, em seguida, em cima da rede sem fios que querem configurar.

Na parte de baixo dessa janela, escolham “Configurar DNS” e na janela seguinte escolham a opção “Manualmente”.

Por fim, basta adicionar os servidores DNS que querem utilizar, e remover os que tinham anteriormente, que no caso do screenshot acima é o próprio router (192.168.1.1). Tal como acontece no Android, é importante repetir este passo para todas as redes Wi-Fi nas quais querem utilizar servidores DNS personalizados.

 

Alterar DNS em macOS

Para mudar as configurações DNS no Mac, têm de começar por abrir as “preferências de sistema” e escolher a opção “Rede” para abrir todas as redes disponíveis e as respectivas configurações.

Na lista que se segue, escolham a interface que querem configurar, por exemplo, Wi-Fi, e carreguem em “avançadas”.

Por fim, apenas têm de seleccionar a aba “DNS” e configurar os servidores de DNS que querem utilizar, carregando no botão “+”.

 

O que é o DNS?

A Internet tal como conhecemos hoje em dia, funciona baseada em endereços IP, que servem essencialmente para que nos possamos ligar aos servidores que utilizamos no nosso dia a dia.

No entanto, para nós humanos, é impossível decorar os IP’s de todos os sites e serviços que utilizamos, pois temos muito mais facilidade em decorar nomes, devido a estes terem um significado para nós. Além disso, os IP’s dos sites que utilizamos podem mudar, fazendo com que deixemos de ter acesso a esses mesmos websites… é por isso que utilizamos nomes, em vez de IP’s, para aceder aos sites que visitamos.

No entanto, para os softwares que utilizamos os nomes não têm muito significado, sendo necessário saber o endereço IP para que se possam ligar ao servidor. E é aí que o DNS entra, funcionando como uma espécie de lista telefónica que armazena o IP associado a cada nome.

De uma forma simples, o DNS serve para converter nomes em IP’s

Por exemplo, quando escrevem http://www.google.com no vosso browser, o vosso computador faz uma consulta ao servidor de DNS para saber o IP associado ao nome que introduziram, e desta forma conseguir estabelecer uma ligação ao IP do servidor ao qual pretendem ligar-se.

 

Serviços DNS recomendados

Google

IPv4:

  • Primário: 8.8.8.8
  • Secundário: 8.8.4.4

IPv6:

  • Primário: 2001:4860:4860::8888
  • Secundário: 2001:4860:4860::8844
Cloudflare (Rápido e maior privacidade)

IPv4:

  • Primário: 1.1.1.1
  • Secundário: 1.0.0.1

IPv6:

  • Primário: 2606:4700:4700::1111
  • Secundário: 2606:4700:4700::1001

 

Vantagens de utilizar um serviço de DNS alternativo?

Existem várias vantagens em usar um servidor de DNS alternativo:

  • Evitar restrições: este talvez seja o motivo número 1 para a maioria das pessoas que quer saber como mudar o DNS. A maioria das pessoas utiliza os servidores de DNS da própria operadora, e em alguns casos as operadoras podem bloquear determinados sites, por diversos motivos, através da resolução de nomes. Utilizar outro serviço de DNS é uma solução para este problema.
  • Fiabilidade: se alguma vez deixaram de conseguir aceder a praticamente qualquer website ou serviço, o problema muito provavelmente estava no servidor de DNS que estavam a utilizar. Se o servidor de DNS que utilizam não estiver disponível, deixa de ser possível resolver os IP’s para os websites que querem utilizar. Recentemente algumas operadoras portuguesas têm tido problemas neste sentido, portanto, é importante estar atento.
  • Velocidade: mudar de servidor de DNS pode acelerar a navegação na web. Parte da velocidade de carregamento de uma página acaba por depender indirectamente da rapidez na resolução de nomes, pois quanto mais tempo demorar-se a conseguir resolver um nome, mais tempo vamos demorar a iniciar a ligação à página pretendida, atrasando assim todo o processo.
  • Controlo parental/filtros: certos serviços de DNS, como o OpenDNS, permitem ao utilizador criar determinadas regras, de forma a bloquear o acesso a determinados tipos de conteúdo/websites. Além disso, também podem incluir protecção contra websites que contenham malware ou phising.

Esperemos ter tirado todas as vossas dúvidas sobre como mudar o DNS nos vossos equipamentos, e sobre o que é e quais as vantagens de utilizar um serviço de DNS alternativo ao da vossa ISP. Não hesitem em deixar-nos um comentário no caso de terem alguma dúvida.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...
More Stories
samsung-galaxy-s8 rumores
900 milhões de Android em perigo por uma falha de segurança QuadRooter