Quando chega a altura de fazer ou comprar um novo PC, ou porque simplesmente o nosso monitor está a precisar de se reformar, esta é sempre uma das perguntas que acaba por chegar, e que, muitas das vezes, pode ser das mais difíceis de responder. Com a enorme variedade de preços, marcas e tecnologias, escolher um bom monitor pode ser tão difícil como escolher todos os restantes componentes do computador.

Normalmente quando vemos as especificações de um monitor, a primeira coisa que nos chama a atenção é a tecnologia usada na tela. Não existe uma que seja necessariamente melhor que as outras, até por que cada uma tem vantagens sobre as restantes. Tudo se decide dependendo da função que queiram que o vosso monitor tenha no vosso dia-a-dia.

IPS vs VA vs TN

Estas são as três maiores tecnologias utilizadas actualmente para produzir monitores. Embora não seja necessário ser muito técnico acerca do que cada um dos três é realmente, até porque a informação está disponível online, cada um deles tem vantagens e desvantagens em relação aos outros modos.

Qual escolher? TN, IPS ou VA?

A tecnologia TN é, de longe, a mais antiga das três, e isso não é necessariamente uma coisa má. Como está adaptada e é facilmente produzida é a que faz monitores mais baratos e com menores tempos de resposta (chegam a 1ms). Esta é a principal razão pelo qual a grande maioria dos monitores gaming de baixo custo são feitos com esta tecnologia.

Depois temos a tecnologia IPS, mais recente, e que domina grande parte do mercado actualmente. Estes monitores têm uma qualidade de imagem bastante superior ao TN, e também ao VA, mas apenas em monitores de grande dimensão. Têm ainda um consumo mais reduzido e um ângulo de visão a rondar quase os 180º.

Finalmente temos os monitores com tecnologia VA. Estes possuem um contraste invejável quando comparado com os TN e os IPS, sendo que nestes rondam os 1000:1, e nos VA podem ser várias vezes superiores. Embora consigam ter uma imagem muito sólida, nos ecrãs de maior dimensão começam a perder para o IPS.

va_tn_ips

No final tudo se resume a uma escolha:

  • TN (gaming): menor tempo de reacção, menor preço;
  • IPS (qualidade de imagem): cores fidedignas e uniformes, bons ângulos de visão;
  • VA (contraste): melhor contraste e profundidade de imagem.

Resolução e frequência

Mais resolução é sempre uma excelente adição. O facto de terem uma densidade de pixeis maior irá significar sempre uma imagem de melhor qualidade, isto se tiverem uma placa gráfica que o consiga alimentar. De nada vale ter um monitor com resolução 4K, com uma placa gráfica que não o consiga suportar. Obviamente, esta resolução vem normalmente inversamente proporcional à frequência de actualização do monitor, principalmente nos monitores de  gama mais baixa.

Resolução ou frequência? Porque não os dois?

A não ser que tenham um poder gráfico estrondoso, o vosso computador não conseguiria aguentar mais de 60fps. Com resoluções inferiores, mais em volta do QHD (2160×1440) e principalmente do FHD (1920×1080) já se consegue aguentar as taxas mais elevadas de variação de frames com um poder gráfico de gama média.

A frequência é um dos tópicos mais importantes para um monitor gaming. Isto é especialmente importante se a vossa placa gráfica suportar a resolução e frequência do vosso novo monitor. A não ser que estejam dispostos a gastar uma grande quantia de dinheiro no monitor, o alvo é normalmente nos 144Hz, ou nos 120Hz. Embora a frequência possa não parecer muito importante, vão notar facilmente uma imagem muito mais fluida, especialmente nos ambientes mais caóticos.

Conclusão

Embora estes sejam os tópicos mais importantes na escolha de um monitor há sempre alguns extras que são sempre uma excelente adição como: Freesync para a AMD e G-SYNC para a Nvidia, o número de polegadas, brilho elevado, entre outros.

Quando o orçamento for importante na escolha do monitor, ajuda sempre saber as vantagens que temos disponíveis em cada equipamento. Querem um monitor gaming? Talvez seja melhor um monitor TN, com baixo tempo de resposta e frequência de resposta elevada. Querem qualidade de imagem superior? Então IPS poderá ser a resposta, ou até VA se o contraste for importante.

Embora existam excepções em todos os tipos analisados, é bastante provável que, por exemplo, encontrem um monitor TN com 1ms de resposta do que um VA ou IPS, embora, para valores mais elevados estes também existam.

No more articles