A evolução da humanidade é determinada pela sua capacidade de se comunicar. Quanto mais evoluídos, mais fácil seria a comunicação entre os homens. Dos desenhos nas paredes até os 140 caracteres do Twitter muitas coisas mudaram, mas será que a humanidade sabe mesmo como se comunicar?

Segundo a Teoria da Comunicação, para que a comunicação seja efetiva é preciso ter um emissor, um meio e um recetor. Ou seja, é impossível se comunicar sem ter uma pessoa emitindo informação e outra recebendo esta informação através de um meio.

Esse processo que parece extremamente simples é muito mais complexo, ainda mais em tempos modernos, nos quais os meios são tão variáveis. Hoje é possível falar também pelo telemóvel, por mensagens de textos em salas de conversação, por áudio, e também por vídeos.

São muitas as ferramentas, e normalmente cada pessoa utiliza 12 apps apenas para conversar. Mas antes de falar um pouco mais em detalhe sobre alguma delas, vejamos como podemos ter uma boa conversa de acordo com a ciência.

O que é uma boa conversa de acordo com a ciência?

A ciência afirma que para ter uma boa conversa é fundamental ter empatia. Se quer conversar, é preciso perceber o recetor. Em adição, é preciso também estar aberto para isso, ou seja, realmente querer receber o que a outra pessoa tem para dizer, tentando se livrar ao máximo dos BIAs, das ideias preconcebidas e das crenças pessoais.

Em vários estudos, afirma-se que mesmo com mais possibilidades de comunicação, estamos, na verdade, perdendo a capacidade de nos comunicarmos efetivamente. Um ponto bastante interessante é que dá para ter uma excelente conversa mesmo com pessoas muito diferentes da nossa realidade e até mesmo com pensamentos totalmente contrários aos nossos.

Celeste Headlee, uma jornalista e escritora especializada em comunicação, dá algumas dicas de como ser bom de conversa sem perder tempo, sem ofender nem aborrecer.

  1. A primeira é não ser multitarefa, ou seja, fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo: estejam presentes em cada conversa.
  2. A segunda é não expressar os nossos dogmas, ou seja, opiniões que para nós são verdades incontestáveis.
  3. A terceira é fazer perguntas com quando, como, por que, onde, o que.
  4. A quarta é deixar os nossos pensamentos virem e irem embora, e focar na conversa.
  5. A quinta é se não sabemos algo, ser honesto e dizer que não sabemos.

Como conversar de forma eficiente num chat online?

Veja como exemplo uma conversa entre um homem e uma mulher no app ​Badoo, já que esse tipo de chat é o que geralmente gera mais dúvida. O primeiro passo é sempre analisar o perfil da pessoa e encontrar algo em comum para iniciar a conversa, logo depois da introdução. Isso faz com que o interesse aumente e conversa tenha um fluxo.

O Badoo traz algo bem interessante, já que só as mulheres podem iniciar as conversas. Dessa forma, podem escolher com quem se sentem mais seguras para iniciar o diálogo. Esta ferramenta tecnológica dá mais segurança, mas também exige mais habilidades de comunicação para iniciar uma conversa agradável. Tanto que essa tecnologia vem sido copiada em outros aplicativos parecidos.

As piadas ou jogos de linguagens devem ser evitados, pois na sala de conversação não dá para ter nenhum outro sinal além do texto, então quanto mais direto melhor. Se for realizar brincadeiras é melhor usar os emojis. É preciso também evitar enviar mensagens negativas, e prestar bastante atenção em cada resposta para avaliar se vale a pena ou não partir para um encontro pessoalmente.

Ter um roteiro com algumas perguntas interessantes é uma maneira de manter a conversa rolando. Um dos grandes problemas da sala de conversação é quando as pessoas param de responder do nada, e isso está errado, uma conversa efetiva tem um começo, um meio e um fim, por isso sempre termine uma conversa começada.

Este tipo de conversa não dá para perceber outras formas de comunicação da pessoa, por isso depois da sala de conversação é preciso passar para os áudios e para os vídeos, dessa forma dá para ter uma perceção melhor da pessoa, mas ainda sim diferente da vida física.

Como ter uma boa conversa em áudios?

Como ter uma boa conversa em áudios

Os áudios do WhatsApp são uma nova forma de conversar, devido esse fato não está ainda muito claro como a conversa por esse meio deve acontecer. Mas há alguns cuidados a serem tomados.

Gravar áudios com boa qualidade evitando interferências e também um som muito baixo, evitar mandar áudios em situações que a outra pessoa não vai entender o que está a acontecer, usar a mensagem em áudio para realmente comunicar algo de forma completa, mas, ao mesmo tempo, de forma sucinta, tentar ao máximo mandar apenas 1 áudio por vez até que a pessoa responda.

Há também algumas ocasiões que é melhor ligar do que mandar áudio. Geralmente, o áudio permite que se abra um tempo maior para ter a resposta, ou em alguns casos, nem é necessário ter uma. Com o áudio dá para ter uma melhor perceção da outra pessoa, pois a voz diz muito. Esse tipo de conversa é mais recomendável em casos de maior intimidade ou quando há a vontade de estar ainda mais perto da pessoa.

Como usar os vídeos para conversar?

Hoje muitas apps apresentam a opção de conversa em vídeo, por isso é preciso aprender a dominar esta técnica. Para usar o Skype, por exemplo, que é o maior neste segmento, a primeira atitude para ter uma boa conversa é escolher bem o horário.

Ambas as partes devem estar dispostas e com tempo para isso. O lugar onde a conversa vai acontecer também é importante para evitar interrupções desnecessárias. Ficar a andar enquanto conversa em alguns casos pode ser irritante, por isso é melhor evitar.

Quanto mais organizada a preparação para a conversa acontecer, melhor. Outro aspeto é também ir direto ao ponto e ter um objetivo com a conversa, já que as conversas em vídeos muitas vezes podem se estender mais do que o necessário.

O vídeo é a ferramenta que mais se aproxima da conversa real, mas mesmo assim ainda há muitas perdas. Quando a distância física não pode ser diminuída, esta é ainda a melhor solução.

A tecnologia por trás dessas inovações em comunicação

Graças aos avanços tecnológicos, hoje ferramentas como chats, aúdios e vídeos estão disponíveis, mas os usuários devem se adaptar para que usufruam delas da melhor maneira o possível. A tecnologia sem as bases da teoria da comunicação não pode evolucionar e mudar o mundo para melhor, por isso é fundamental olhar para essência do que é comunicar-se e a partir daí ir avançando tecnologicamente, tanto na vida pessoal como nos ambientes profissionais.

Em resumo, para ser bom de conversa é preciso se comunicar de acordo com algumas das dicas da Celeste, as quais são baseadas em estudos teóricos da comunicação. Além disso, é preciso entender como usar cada uma das ferramentas. Há o tempo e o local certo para usar tanto as mensagens de salas de conversação, como as de áudios e as de vídeos.

Abrir para a sensibilidade que a comunicação exige é a melhor forma de se tornar uma pessoa boa de conversa e de comunicação, em geral, e ter mais sucesso tanto na vida profissional como na pessoal.