Como algo saído do filme de 2002 Relatório Minoritário, com Tom Cruise no papel principal, chegam notícias de que o governo da China estará a trabalhar com empresas tecnológicas de Guangzhou para desenvolver uma tecnologia capaz de prever crimes.

Enquanto que no filme se serviam de seres humanos mutantes para tal, os precogs, a China e a Cloud Walk combinaram um sistema de Inteligência Artificial e tecnologia de reconhecimento facial para criar uma plataforma fiável com essa capacidade de predição.

Segundo o Financial Times, já terão mesmo iniciado a fase de testes desta.

Para Li Meng, Vice-Ministro da Ciência e Tecnologia chinês, a união destas tecnologias permitirá ajudar às forças de segurança determinar quem seja terrorista ou a planear fazer algo mau.

A tecnologia que está a ser testada tem em conta uma série de factores sobre a pessoa em análise. Desde o seu historial/cadastro, compras e o seu itinerário de viagens, tudo o que pode contribuir para analisar uma probabilidade de criminalidade. Para isto a Cloud Walk serve-se já das bases de dados das forças de segurança de 50 cidades e províncias.

Esta tecnologia é mais fácil de implementar em países com maior rede de câmaras de segurança. A China tem cerca de 176 milhões destas espalhadas pelas suas principais cidades, segundo um estudo da IHS Markit. É normal que este número venha a crescer.

Não é novidade na China o uso de tecnologia de reconhecimento facial. Além do crescimento destas nos smartphones, recentemente foi apresentado o primeiro sistema de MultiBanco com esta tecnologia, desenvolvida por uma equipa da Universidade Tsinghua e da empresa Tzekwan Technology.

 

No more articles

Privacy Preference Center

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?