Antec GX330

Análise à caixa Antec GX330, que aponta ao water cooling

Montagem
83
Arrumação de cabos
81
Qualidade de construção
75
Review dos Leitores5 Votes
80
Bom espaço para cabos atrás
Painel lateral com janela
Painel para esconder discos
Tem filtros de ar
Custa a remover painéis de topo e frente
LED apenas de uma cor
Filtros de ar de dificil acesso
Falta painel para esconder fonte
80

A Antec não é de todo uma das principais marcas no nosso mercado nacional, contudo a companhia norte-americana é uma das marcas mais experientes na área das caixas de computadores, tendo alguns modelos de referência, como a Antec P180 de 2005, que na sua altura revolucionou o mercado das caixas, combinando de forma bastante positivia silêncio e bom airflow. Por agora, procura introduzir novos modelos no mercado, e a Antec GX330 é um exemplo para a gama média

Hoje em dia a Antec segue o mesmo caminho que muitas outras marcas, e não associa o seu nome apenas ao segmento das caixas de computadores, mas também a outros componentes, desde ventoinhas, como as novas Rainbow, ou sistemas de refrigeração a ar e a água, como os Antec Kühler H, e fontes de alimentação, como as High Current.

Mas vejamos então a caixa…

Unboxing e Primeiras impressões

Uma primeira nota relativamente ao empacotamento da caixa, este pareceu-me bom, com o esferovite a não ser demasiado rijo para danificar, nem macio para se desfazer facilmente.

A caixa vem bem protegida com o esferovite, e contamos ainda com o habitual saco de plástico e temos o vidro protegido, dos dos lados, por uma película colada.

A caixa apresenta um desenho exterior habitual na linha do que a Antec faz, não será um design para todos seguramente. Eu pessoalmente gosto das caixas com desenhos mais frios, muito como a Fractal faz. O desenho desta Antec GX330 é algo mais arrojado, e com uma janela de boas proporções, para se ver bem todo o interior da caixa.

Quanto a acessórios, a caixa traz tudo o que possamos precisar, na medida certa. Desde abraçadeiras para ajudar a segurar os cabos, parafusos para segurar a motherboard à caixa e para os discos, e alguns para ventoinhas extras que arranjemos.

No painel do topo temos um botão grande para o power, e próximo dele um slider para controlar-mos as ventoinhas em três modos. Próximo, voltado para a frente, temos o painel dianteiro, com as portas USB e de áudio. A caixa não tem um botão de reset, mas em muitas das novas motherboards podemos saltar diretamente para a BIOS pressionando o power por 4s.

Não gostei muito quando vi que não tinha qualquer passagem de ar na base para além da fonte de alimentação. A caixa está elevada a uma boa altura com os seus pés, que lhe dão bastante estabilidade. Contudo, essa distância não é aproveitada pela colocação de uma ventoinha para fazer entrar ar fresco pela base.

Nota ainda para a existência de um filtro de pó na entrada de ar da fonte de alimentação, uma solução barata, mas ainda assim é bom saber que lá está e que até dá para retirar para limpar.

Gostei do aspecto geral interior da caixa quando tirei os painéis laterais, assim à primeira vista, a única coisa negativa foi a zona inferior ter uma cobertura para esconder os discos mas esta não cobrir a totalidade da zona e cobrir também a fonte de alimentação e os seus cabos. Não lhes custaria muito mais por um painel a cobrir toda a parte inferior da caixa.

Antec ficou a meio caminho

Gostei da decisão de colocar os discos no fundo da caixa, dá a sensação de muito mais espaço na caixa, principalmente para quem quer montar um sistema de refrigeração líquida. Tem espaço de sobra para os tubos, a bomba e o reservatório. Não esquecer que podemos colocar um radiador de 240mm ou até mesmo de 360mm na parte frontal da caixa!

Olhando à parte traseira da caixa, a Antec fez um bom trabalho ao dar-nos espaço para arrumar os cabos, ainda que para isso fiquemos com uma caixa com barriga. Outro ponto positivo, o espaço para aceder à parte de trás da nossa placa-mãe, para facilitar a colocação de sistemas de refrigeração no nosso processador.

E não esquecer, a Antec procura vender esta caixa como uma solução económica para quem quer fazer refrigeração líquida, o chamado water cooling (WC)…

Resumo das Especificações
  • Modelo: Antec GX330 Window BLK High (0761345-01140-2);
  • Formato: Mid-Tower;
  • Compatibilidade: ATX, mATX;
  • GPU – comprimento máximo: 400mm
  • CPU – altura máxima: 160mm (pelo menos, usámos um BeQuiet Dark Rock 3);
  • Materal e Cor: Preto
  • Ventoinhas: Traz duas de 120mm, suporta até sete;
  • Radiador: até 360mm na frente, removendo caixa dos discos, 120mm na parte traseira;
  • Dimensões: 490 mm x 202 mm x 492 mm
  • Peso: 5,9 kg;
  • Outros: Controlador de fans, 1x USB 3.0, 1x USB 2.0;
  • Mais informação.

Montagem

O espaço que temos na caixa resulta numa montagem bastante fácil, mesmo para arrumar os cabos na parte de trás.

O sistema que vêm na imagem é simples, uma motherboard que aproveitamos de outra análise, MSI B250M Mortar, aqui em análise. Esta com um processador i5-7600K, com um cooler BeQuiert Dark Rock 3, que tem 160mm de altura e coube na perfeição nesta caixa, em dimensões e em aspecto.

Para combinar no aspecto, aproveitamos uma gráfica MSI GTX 1060 OC Armor que tínhamos, e que já analisámos no passado. Todo o sistema alimentado por uma Corsair CX600M.

No geral a caixa ficou com bom aspecto, e nem ficou muito mal a arrumação dos cabos. Se bem que poderia ter mais um ou outro ponto para segurar os cabos. Durante a montagem deparei-me com alguns desafios, um de nota.

Nestas imagens podem ver. Talvez repararam na imagem com o sistema todo montado, que a fan traseira foi removida. Isto porque ao colocar a motherboard que tinha, que tem esta proteção na interface traseira, se torna incompatível com a ventoinha traseira desta caixa.

Se adquirirem a Antec GX330, tenham em conta a vossa placa mãe

Uma vez que não dava para montar a ventoinha noutra posição, tive de a retirar e montar no painel frontal. Se fosse outra motherboard, sem esta placa de protecção, não teria este problema.

Notem ainda que, no caso de usarem uma placa mãe que tenha dimensões mATX, deverão colocar os apoios para mATX no inicio da instalação do sistema!

Com o sistema montado, deu também para confirmar a falta que faz o painel estendido na parte inferior, ficando a fonte e os seus cabos à vista, e contrastando com o resto do sistema.

Antes de montar a caixa, explorei-a mais um bocado, quero com isso dizer, tirei-lhe os painéis todos, incluindo o frontal e de cima, que são para sair. Com isto descobri algo bastante mau, o sistema de encaixe. Algo que pensava que apenas se visse nas caixas de gama mais baixa, ou nem essas já.

Este sistema é chato, para abrir e para voltar a por no sitio. Além disso, é fácil de se partir. Felizmente não parti nada. Fazer isto também serviu para confirmar que a caixa conta com filtros de ar em todas as passagens de ar, contudo estes são por um lado de difícil acesso, precisando remover os painéis para tal, por outro, não são removíveis para limpeza.

Antec GX330 – Vale a pena?

Podemos encontrar esta Antec GX330 por 65€ na Amazon ES, estando também disponível em branco e a preço semelhante. Pode ser encontrada a preços semelhantes em lojas nacionais.

Pensando nas características desta caixa, diria que vale bem este valor. É uma caixa com janela num painel lateral, filtros de ar, uma separação para esconder os discos, espaço q.b. para arrumar os cabos. Mas ainda assim, peca em alguns pontos como vimos.

No que diz respeito a LEDs, a partir do momento que há a possibilidade de RGB, não vejo interesse em apenas incluir LED de uma cor. O painel que esconde os discos nesta Antec GX330, podia cobrir toda a parte inferior e esconder a fonte e cabos. O sistema de encaixe dos painéis de topo e frontal podia e devia ser melhor, para facilitar o acesso a estes. Os filtros deviam ser facilmente removíveis para limpeza.

Talvez procurar vender uma caixa barata voltada para refrigeração líquida não seja a melhor ideia. Sem isso em mente, talvez tivessem melhorado alguns outros aspectos da caixa. Mas pronto, radiador 360mm ftw!

Sabe sempre bem!

Nutella Man

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Montagem
Arrumação de cabos
Qualidade de construção
Final Score