Aquela que é talvez a principal companhia de smartphones, e não só, chinesa, Xiaomi, prepara já os lançamentos para 2017, sendo o mais aguardado, o seu porta estandarte Xiaomi Mi 6. Tal como o Xiaomi Mi 5, este será o dispositivo da companhia para a gama alta, fazendo frente aos principais concorrentes no mercado, apresentando uma performance de excelência e um preço muito competitivo.

Este artigo tem como objectivo apresentar-vos as novidades e os principais rumores que vão sendo conhecidos sobre este smartphone. Se tiveres alguma opinião sobre este, diz-nos nos comentários!

Vamos a isto!

Design Melhorado

  • Ecrã curvo; 
  • Dois tamanhos, 5.1″ e 5.5″;
  • Novas cores.

Não existem muitos rumores ainda relativamente ao design deste dispositivo, contudo espera-se que com o tempo comecem a surgir fugas de imagens dos protótipos, dando-nos uma ideia do seu aspecto final.

xiaomi-mi-6-concept-design

Esta imagem é somente a visão de um fã, mas não ficaria mal numa versão final…

Uma das coisas mais certas sobre ele deverá ser o ecrã curvo. Algo bastante viável, principalmente tendo em conta outros dispositivos da marca, como o Xiaomi Mi Note 2. Mas não é apenas isso, será possivel que este venha com duas variantes, uma com 5.1″ de dimensão, outra Plus com 5.5″.

Novas opções de rendimento

  • Snapdragon 835;
  • 4 GB de RAM;
  • Melhor bateria com carregamento sem fios.

O Xiaomi Mi 5 foi lançado em fevereiro de 2016, tendo na altura o SoC Qualcomm Snapdragon 820, com 3/4 GB de RAM e um ecrã de 5.15″. Os novos Mi 5s são bastante semelhantes, mas com bateria superior e um upgrade no processador com o Snapdragon 821. A próxima edição, o Mi 6, deverá seguir o mesmo rumo, aumentando a potência a outro nível.

Em novembro, após o lançamento de todos os dispositivos para 2016, a Xiaomi enviou uns questionários aos seus utilizadores com três opções de possíveis especificações para o Xiaomi Mi 6:

  • A primeira opção apresentava um modelo com um processador Snapdragon 8xx, uma câmara de 20MP, 4GB de RAM, 32GB de armazenamento e corpo num metal leve;
  • Na segunda opção tínhamos um dispositivo com câmara traseira dupla com OIS, 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno, num corpo com vidro curvo (2.5D possivelmente). Contando com um Snapdragon 65x;
  • A terceira opção sugeria-nos um dispositivo com o mesmo Snapdragon 65x, uma câmara dupla traseira mas sem OIS, mas com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento e o corpo num metal leve.

Os resultados deste inquérito não foram publicados ainda, mas os rumores apontam para a primeira opção, com um Xiaomi Mi 6 com um SoC Snapdrgon 835 e 4GB de RAM, pelo menos. Podemos acabar por ver uma mistura destas opções, seria engraçado pegar no melhor de cada opção.

Processador Snapdragon 835, 4 GB de RAM

Durante o dia de hoje (25 de novembro), um reconhecido analista da industria, Kevin Wang Redbourn, informou no fórum Chinês Weibo que o Xiaomi Mi6 será o primeiro smartphone chinês a oferecer o Snapdragon 835. No seu post, Wang indicou que o primeiro dispositivo a contar com esse processador deverá ser o Samsung S8.

xiaomi-mi-6-imagen-colores

O Snapdragon 835 será uma grande melhoria face ao Snapdragon 821, o processador mais potente do momento. Segundo alguns rumores, deverá ser 30% mais eficiente e 27% mais potente. Isto quer no fundo dizer que o smartphone poderá executar os programas mais exigentes consumindo menos bateria.

Em relação às restantes especificações, apenas se sabe que este deverá contar com pelo menos 4 GB de RAM. Talvez ao lançarem duas versões, normal e Plus, ofereçam um com 4 GB e outro com 6 GB de RAM, sendo mais conveniente para quem procura um dispositivo para durar mais tempo.

Preço e Lançamento

  • Lançamento durante o Mobile World Congress em Barcelona;
  • Preço ao redor dos 400€

O analista de que vos falamos, Kevin Wang Redbourn, também informou que o lançamento do dispositivo se realizará no final de Fevereiro (durante a MWC?), uma data muito parecida com a do Xiaomi Mi 5.

Quanto ao seu preço, nada se sabe de concreto, mas seguramente estará próximo dos 400€. É verdade que os dispositivos Xiaomi são umas bestas em termos de perfomance, contudo não contam com tantos extras como outros, da LG, Samsung ou iPhone, o que permite à marca praticar um preço mais simpático.