Ora, ontem tivemos a abertura deste grande evento, que traz uma oportunidade imensa a Lisboa e Portugal no que diz respeito a oportunidades de conhecimento e investimento. Depois de uma Night Summit, hoje foi dia de abrir as portas pelas 9h!

Mas antes, era preciso chegar ao Parque das Nações, o que não tem sido fácil para a larga maioria que faz uso dos transportes públicos.

Bem, os transportes de Lisboa não são perfeitos nos dias normais, quanto mais ainda se junta uma afluência de milhares de pessoas a um ponto da cidade. Uma imagem da estação da Alameda…

Web Summit Alameda

Se calhar, nestes dias de evento, deveria haver um esforço extra da parte dos responsáveis dos transportes que resultasse numa maior frequência na passagem destes.

Hoje o dia prometia! Alem das várias bancas de startups para se descobrir, várias conferências no palco principal e outros palcos secundários abertos para outros temas, corridas e muitas distâncias para percorrer eram esperadas.

Web Summit Dia 2 BMW

Talvez por isso, logo à chegada, tínhamos vários carros da BMW preparados para os Test Drives do dia! A BMW fez-se representar com os modelos elétricos i3 e i8, com um bem bonitinho em exposição num dos pavilhões da FIL.

Esta podia ser a nova frota da NewEsc, não podia?

Conferências

Ontem, no dia de abertura, apenas o Centre Stage esteve em uso. Com apresentação do evento pelo Paddy Cosgrave e António Costa, aos quais se juntaram outros elementos chave do evento.

Hoje o evento expandiu-se, alargando a discussão para outros palcos que também acolheram conferências com temas mais dedicados.

Web Summit

Centre Stage

Ten years from now…

Este foi o tema lançado para a primeira conferência, que teve no palco Mike Schroepfer, CTO do Facebook. Num mundo em que muitas empresas focam os seus planos a curto-médio prazo. Algumas, como no Facebook, preferem focar-se no médio-longo prazo, como 10 anos. Mike falou de alguns desses projectos.

A companhia tem investido em diversas áreas, sendo uma das mais faladas a realidade virtual, muito à conta da Oculus. Outros passam pelos satélites e drones.

Web Summit Drone Aquila

O drone Aquila que tem vindo a ser alvo de testes e mais testes, e que já voou. A ideia será usar este drone para levar internet de alta velocidade onde esta não existe ou a rede é muito diminuta. Como África e algumas regiões na Ásia, com foco na Índia.

Quanto ao capitulo dos satélites, apesar de a companhia ter perdido o seu primeiro satélite na explosão da nave não tripulada da SpaceX, não perdeu a vontade de chegar ao espaço. Sabendo que não se fazem grandes apostas sem falhanços, Mike acredita que isso não será um entrave para a visão da empresa.

Web Summit Mike Schroepfer

The biggest tech IPO of 2016: The real story

Já ouviram falar de Line? Está disponivel para Android e para Iphone nas respetivas lojas, e o que tem de especial? Muito. Takeshi Idezawa, CEO da Line Corporation, subiu ao palco principal para nos falar da aplicação e de um dos maiores negócios do mundo da tecnologia do ano.

A aplicação em si, assemelha-se ao WhatsApp ou Skype com alguns extras. O foco da aplicação é o mercado asiático, e como sabemos, diferentes mercados, diferentes necessidades. Conta com mais de 200 milhões de conta ativas.

Esta permite aos utilizadores não só comunicar via mensagens ou chamadas, de forma gratuita, como ainda: chamar um táxi, encomendar comida, partilhar video e áudio, ou até fazer vídeos stop-motion adicionando áudio em separado. Faz-nos lembrar várias outras aplicações…mas tudo isto numa só, é o que a torna diferente.

Web Summit Takeshi Line

Por ser diferente, é que passou a fasquia dos mil milhões de dólares quando entrou nas bolsas de Tóquio e Nova Iorque este ano.

Sports Trade

Scouting for goals

Luís Figo e João Guerra subiram ao palco Sports Trade para apresentar o seu projecto, Dream Football.

Este projecto foca-se na busca de novos talentos desportivos de uma forma diferente do habitual. A Dream Football lança uma aplicação, disponivel para Android por agora, que possibilita que os jovens que ambicionam tornar-se estrelas cheguem aos clubes.

O projecto cria uma rede entre clubes, que se tornem parceiros, que podem receber vídeos de jovens talentos. Esses vídeos não são enviados por olheiros profissionais, mas sim pelos próprios jogadores numa tentativa de convencer os clubes. Isto é uma oportunidade maior para quem vive em países sem grande expressão futebolística, e assim, não são alvo dos olheiros dos clubes.

Web Summit Dream Football

Mais tarde Luís Figo juntou-se a Ronaldinho Gaúcho, outro craque do relvado, no Centre Stage para partilharem as suas ideias sobre o empreendedorismo no pós-carreira de jogador de futebol. Ronaldinho apresentou a Zoome TV, com um reality show.

Pavilhões e bancas – Startups

Nos três pavilhões da FIL encontramos uma série sem fim de bancas, umas maiores que outras, de startups e outras empresas já conhecidas que procuram apresentar novos projectos.

Neste primeiro dia ainda não deu para conhecer tudo, mas podemos partilhar algumas coisas giras que vimos.

Web Summit Day 2

Virtual 360 Fit

Uma das primeiras a chamar-nos a atenção foi a Virtual 360 Fit. Esta empresa procura fazer uso da realidade virtual para melhorar o nosso nível fitness. No evento está presente com um aparelho de remos e um kit de realidade virtual, ligado a um computador, o que permite simular uma viagem por um curso de água em 360º!

A empresa não é só isto, tem como objectivo um ginásio virtual e online, fornecendo aulas e planos de treino aos utilizadores. Aliando o exercício físico à realidade virtual, a empresa procura criar diversos ambientes para diferentes experiências, desde correr numa Savana, remar por diferentes rios, subir montes como os de Yosemite, e até mesmo aprender Yoga em ambientes calmos e relaxantes.

Web Summit Takeshi Line

Hardah

Bem, não sei quanto a vocês, mas no meu browser tenho uma série de bookmarks e de páginas marcadas como favoritas, ficando confuso. Esta empresa, Hardah, parece apresentar uma solução interessante. No fundo funciona como uma extensão ou tema para o browser, trata-se uma plataforma que ser usada em qualquer browser.

Esta procura mudar a interface dos nossos browsers, que não parece evoluir nunca. Podemos encontrar assim numa ‘janela’ vários sites predefinidos e organizados conforme trabalho, lazer, redes sociais etc.

Pode não ser ‘a cena’, mas é um bom sinal de mudança. Uma tentativa de renovar a interface dos browsers atuais, e tornar a mesma mais intuitiva e fácil.

AppChieve

Pokemon Go mudou, de certa forma, a maneira de jogar de muita gente. Nos smartphones pelo menos. Pegando no que Ingress trouxe ao mundo do mobile gaming, juntando uma pitada de um jogo com bichos que toda a gente adora. Ora, e se houvesse algo semelhante com coisas do dia a dia? AppChieve procura fazer isso mesmo.

De momento disponivel para Android, esta aplicação trata-se de um jogo interativo em que somos desafiados todos os dias de forma diferente, e com coisas relativamente simples. Semelhante em parte a Pokémon GO, ou se preferirem, a Geocaching, somos desafiados a deslocar-nos a diferentes locais para alcançar os objetivos. Mas não apenas isto, os utilizadores também são desafiados a aprender uma língua, fazer um bolo ou mesmo a casar-se! Tudo conta para a pontuação. Uma aplicação para a vida…

Web Summit AppChieve

Uma diferença para outras aplicações ‘do género’. Nesta somos desafiados a fazer os desafios na companhia de amigos. Isto porque para que a aplicação reconheça o desafio como alcançado, é preciso que seja verificado o nosso código QR por outras pessoas com a aplicação, uma, duas ou três pessoas, conforme o desafio.

Bitdefender Box

Bitdefender, uma reconhecida empresa de segurança online já com muitos anos, aposta numa área que parece estar algo esquecida ainda em termos de segurança, a Internet of Things. Surge assim a Bitdefender Box!

Web Summit Bitdefender Box

Recentemente houve um ciberataque de larga escala, com grande foco nos EUA atingindo vários aparelhos conectados à internet. Não só computadores e telemóveis, mas tablets, carros, electrodomésticos, consolas e impressoras wifi. Enfim, tudo o que esteja ligado à vossa rede doméstica, está ligado à internet, e como tal, exposta a ameaças. Seja para roubar informação vossa ou mesmo apenas para se servirem da vossa rede e capacidade de processamento dos equipamentos para ataques a terceiros.

Pensando neste tipo de eventos, a Bitdefender apresenta a sua Box. Esta caixa permite-nos proteger no fundo a nossa rede doméstica da rede externa, bem como todos os equipamentos ligados a esta. Podemos ainda definir a quem pertence cada equipamento, associando-o e até colocar uma fotografia da pessoa a que pertence.

Por enquanto está disponivel nos EUA por 120 dólares, dando direito a um ano de subscrição e com um número ilimitado de equipamentos. A chegada à Europa está para breve.

Web Summit Bitdefender Box

Nós tivemos sorte e trouxemos um equipamento para testar, por isso contem com uma análise deste menino nos próximos tempos! A ver se o nosso smartfridge não está a preparar nada…

Ideias Finais

A versão mais bonitinha do BMW i8…

Web Summit BMW i8

Faltam dois dias para este evento, vamos ver o que mais descobrimos por lá!

Podem ver algumas fotos do dia no nosso álbum em Fotos do Web Summit – Dia 2.

 

E no fim, um Sunset Summit, antes de mais uma Night Summit no Bairro Alto e Cais do Sodré desta bela Lisboa!