O mercado dos computadores não tem sido muito favorecido nos últimos anos, perdendo terreno para o mercado dos smartphones, no entanto há um nicho de mercado que continua a crescer no mundo dos computadores. Muitos fabricantes de PC contam com divisões dedicadas a esse nicho, gaming, e agora a Samsung, um dos gigantes dos smartphones, entrou nesse mercado.

Esta aposta da Samsung resultou numa nova série de portáteis, apresentados na CES 2017, Odyssey, que conta com um logótipo próprio e tudo, presente na tampa do monitor dos dois novos portáteis, Odyssey 15 e 17.

No modelo de 17,3″  podemos escolher a cor de cada tecla, de entre o RGB. No modelo de 15,6″ contamos apenas com retroiluminação fixa vermelha. O teclado conta com teclas volcano, com 2,5mm de key travel. No touchpad temos iluminação em volta deste, vermelha.

Outro detalhe interessante no modelo de 17,3″ é o botão Beast Mode, que ao accionar põe os componentes do sistema ao máximo. Além disto, os portáteis da linha Odyssey da Samsung contam com um hardware para gaming que não deverá ficar atrás da concorrência.

No modelo 15,6″ contamos com uma placa gráfica NVIDIA GTX 1050, algo pensando em gaming sem grandes exigências nas opções gráficas. Boa principalmente para jogos de comunidade eSports como LoL e Overwatch.

Seja qual for a placa gráfica do modelo de 17,3″, não contarão com ecrãs de grandes resoluções. Ambos os portáteis contam com ecrãs FHD com 1920 x 1080 pixeis.

Quanto a preços, o modelo mais pequeno terá um PVPR base de $1.200, já o modelo de 17,3″ fica por saber, mas não deverá ser barato.

odyssey

Olhando a outras especificações dos portáteis, a Samsung não desleixou-se na escolha do processador. Em ambos os portáteis teremos variantes diferentes dos processadores Kaby Lake da Intel, alguns equipados com i7. Em relação a memória RAM, poderemos equipar os portáteis com um máximo de 64GB de RAM.

O Odyssey 17 conta com uma série de opções de armazenamento, com duas ligações PCIe, SSD e um disco rígido. Este portátil conta com um peso de 3,79kg. Pouco se pensarmos no Project Valerie com 5,5kg da Razer. Já o Odyssey 15 conta com 2,53kg e vem equipado com uma bateria de 43Wh.

A Samsung parece focada a apontar à gama média-alta dos portáteis, mas o preço não parece certo. O preço apresentado para o Odyssey 15 não o favorece muito, se pensarmos num portátil de 15″ com FHD e uma placa gráfica como uma GTX 1050, temos pelo menos um modelo ASUS ROG mais barato, próximo dos $900.

Esta linha Odyssey não irá dominar o mercado, por agora pelo menos. Veremos como evolui a Samsung neste mercado.

Uma imagem surgiu na internet mostrando algumas especificações de um destes, o Odyssey 17. Este portátil surge em duas variantes, uma equipada com a GTX 1070 da NVIDIA, e outra equipada com uma das novas placas gráficas da AMD, a RX570 de 4GB ou 8GB.

rx570 odyssey

Contudo, esta deverá ser apenas um rebrand da RX470. Teremos de esperar uns tempos para perceber o que se passa.