Review do Xiaomi Redmi 4 – O Smartphone compacto mais completo
Design agradável e resistenteRendimento equilibradoBateria enorme com 4.100 mAhMuito bom preço
Cores de ecrã muito saturadasCâmara com péssimo estabilizadorFalhas nas traduções
81%Valor Total
Design81%
Ecrã79%
Rendimento85%
Autonomia88%
Câmara73%
Ecossistema80%
Votação do Leitor 0 Votos
0%

A Xiaomi é a companhia de smartphones de gama média mais recomendada em todos os fóruns de tecnologia. Por menos de 300€, o Xiaomi Mi 5 é sempre a recomendação, e por menos de 200€ é o Xiaomi Redmi Note 3 Pro. Ambos os smartphones contam com uma excelente relação qualidade/preço, mas se procuram um smartphone mais pequeno e por menos de 150€, a Xiaomi também tem uma resposta: o Xiaomi Redmi 4.

Este dispositivo é o que testámos durante algumas semanas. É sem dúvida alguma um dos melhores smartphones por este preço, e um dos mais completos. Mas como todos, não é perfeito, e nesta review dizemos- o que devem ter em conta antes de o comprar.

Design premium por um preço baixo

O design dos Xiaomi não é revolucionário, mas as suas linhas são suficientemente atraentes para que muita gente goste delas. Além do mais, em dispositivos de gama média-baixa, não se procura por algo bonito mas sim resistente. O Redmi 4 é um dispositivo com um design muito parecido aos restantes Xiaomi e com uma construção em alumínio sólida.

No geral, pode não chamar a atenção, mas se olharmos aos detalhes, está noutro nível para a gama. Quando lhe tocamos pela primeira vez, pudemos sentir um bom acabamento e uma construção muito resistente. O seu acabamento não escorrega como outros terminais, e o aro em alumínio ajuda bastante à aderência do dispositivo à mão.

review-xiaomi-redmi-4-diseno

A posição dos botões também é a habitual, com os botões de volume e bloqueio à direita. O jack de áudio encontra-se em cima, uma posição que não gostamos muito, mas outros não terão a mesma opinião – dependerá do uso que lhe dêem. Na parte de baixo temos o conector USB, com a coluna e o microfone.

Este dispositivo pode ser adquirido em três cores: cinzento, prateado e ouro. É um dispositivo bonito, agradável e com uma boa ergonomia. O leitor de impressões digitais também está bem posicionado e responde rapidamente às nossas acções. No entanto, e como diremos mais à frente, perde em alguns aspectos de personalização.

Ecrã brilhante e demasiado saturado

O ecrã do dispositivo conta com um tamanho de 5″ e uma resolução FHD. É um tamanho compacto mas com esta resolução, é uma maravilha. No entanto, nem tudo é bom. As cores e a saturação não são as melhores, e em alguns casos é exagerado mesmo.

review-xiaomi-redmi-4-pantalla-y-camara-frontal

É certo que nas Definições podemos alterar algumas configurações relativas ao ecrã (Definições – Definições de Ecrã – Cores e Saturação). Mas estes ajustes são muito limitados e não chegam para alcançar um bom equilibro. Com Root talvez seja possível alterar isto, mas é algo que a Xiaomi deveria permitir aos utilizadores alterar sem ter de realizar outros procedimentos externos, como o Root.

É um ecrã com uma excelente resolução e bons ângulos de visão. O seu painel também não conta com muitos reflexos, por isso se vê relativamente bem em ambientes com muita luz ou no exterior.

Melhor rendimento… impossível!

Não nos surpreende que este Xiaomi tenha um bom rendimento, já que se trata de uma das imagens de marca da empresa. Neste dispositivo contamos com um processador Snapdragon 625, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno. É um dispositivo muito equilibrado e que para a maioria de tarefas funciona uma maravilha.

Durante as semanas que o utilizamos como nosso dispositivo pessoal, o resultado foi muito bom. Normalmente utilizamos alguns dispositivos topo de gama no dia a dia, como o iPhone 7 ou o Honor 8, mas trocar pelo Xiaomi Redmi 4 não foi tão difícil como esperávamos.

review-xiaomi-redmi-4-benchmarks

O seu comportamento em aplicações comuns, como o WhatsApp, Messenger e Facebook é muito bom. Além disso, em Multitasking ele porta-se muito bem também.

No entanto, existem outros aspectos nos quais o seu rendimento poderia ser melhor, como o caso da antena Wi-Fi, que na nossa opinião conta com umas velocidades um pouco baixas. O seu som está a cima da média, mas tem alguns problemas nos graves.

Outro aspecto a ter em conta é relacionado com a sua bateria, a qual não é nada pequena, com 4.100 mAh. Não tem qualquer tecnologia de carga rápida, mas também não é um inconveniente. A sua bateria dura sem problemas 2 dias com um uso moderado. Durante estes dias, utilizamos o dispositivo sem a conexão de dados, apenas com Wi-Fi e a bateria durou 4 dias, o que foi impressionante.

Câmara

Com a câmara do Redmi 4 temos uma relação amor-ódio. Amor porque em muitas ocasiões nos surpreendeu. É capaz de produzir fotos muito boas em lugares com boa iluminação. No entanto, o seu estabilizador tal como a velocidade de disparo, são capazes de nos levar à loucura, já que tornam as fotos pouco nítidas.

Na parte traseira contamos com uma câmara de 13 MP com uma abertura de f/2.2 com auto-foco e flash LED. É capaz de fazer vídeos em 1080p a 30 fps e também TimeLapse. Em relação à câmara frontal, esta é de 5 MP e conta com uma abertura também de f/2.2.

fotos-review-xiaomi-redmi-4

Podem ver todas as fotos na qualidade original aqui

Como podem ver nas fotos, é uma câmara com uns resultados bons, mas poderiam ser muito melhores. Atenção, que eliminámos muitas fotos borradas. É necessário não mexer a mão ou encontrar algo para apoiar o dispositivo ou o braço para que esta não saia tremida. Ao mínimo movimento, a foto fica arruinada, e ainda que pensem que saiu bem, quando a virem num ecrã maior como no computador, notarão nas falhas facilmente.

Os ajustes da aplicação não são dos mais completos que já vimos, mas também não os piores. Se procuram uma aplicação mais completa, talvez seja melhor instalarem alguma da Play Store, já que o modo manual é muito básico.

Sistema

Este Xiaomi Redmi 4 conta com o MIUI 8, uma ROM baseada em Android 6.0. É uma ROM personalizada com algumas configurações úteis e uns menus que gostamos bastante, como a possibilidade de duplicar as aplicações, utilizar um modo simplificado, e o menu em segundo plano que nos permite trocar de vista.

review-xiaomi-redmi-4-sistema

Mas claro, temos algumas coisas que gostávamos de poder ver melhoradas em futuras atualizações. Em primeiro lugar, correcções nas traduções. Em alguns menus ainda encontramos frases em inglês, e não em português, o que é imperdoável numa empresa tão grande e internacional como a Xiaomi. Além disso, gostaríamos que fosse possível personalizar acções com o leitor de impressões, para fazer passar as imagens ou baixar a barra de notificações.

Se o recomendamos?

O Xiaomi Redmi 4 conta com um ecrã de 5″ FHD, um rendimento muito bom e uma grande bateria de 4.000 mAh. É certo que não tem conexão USB Tipo C, nem carregamento rápido e a câmara principal não tem um bom estabilizador. Mas por menos de 150€, é o melhor que encontramos com um ecrã de 5″.

Existem outras opções com carga rápida, ecrãs maiores ou ligação USB Tipo C. No entanto, não tão equilibrados como este, o que é muito difícil encontrar. Atualmente podem encontrar o Xiaomi Redmi 4 na Gearbest a 144€. Também podem usar o código de desconto REMI para a versão prateada, ou 4GXM para a versão cinzenta, ou ainda XIAOMI4GS na versão dourada.