A Nintendo Entertainment System ou NES como é mais conhecida, foi a primeira consola caseira da gigante japonesa a ser bem sucedida internacionalmente, tendo sido lançada em 1985, dois anos após o grande crash na indústria dos videojogos. Foi uma decisão muito arriscada numa altura em que o consumo destes produtos estava em valores mínimos.

No entanto, a boa prestação da NES a nível de vendas teve um papel fundamental na revitalização da indústria e muito se deve à quantidade de jogos fantásticos e revolucionários que foram lançados na altura. Abaixo apresentamos alguns desses jogos, que contribuíram para que três décadas mais tarde ainda possam existir jogadores de videojogos.

Super Mario Bros.

Foi o primeiro jogo a solo do nosso canalizador favorito e que belo jogo foi. Apresentando-se com uma jogabilidade fluída e uma banda sonora memorável, Super Mario Bros iniciou aquilo que seria a série de maior sucesso da Nintendo.

Apesar de, no geral, Super Mario Bros 3 ser um jogo um pouco superior, muito devido à forma como os níveis estão estruturados e ao sistema de poderes mais completo, o original merece um lugar de destaque pois foi um marco na indústria.

 

Contra

Após muitas moedas queimadas nas máquinas de arcade em 1987, os fãs de Contra finalmente puderam jogar este magnífico título na NES em 1988.

Este jogo fez as delícias dos jogadores devido à sua jogabilidade e dificuldade, assim como o suporte para dois jogadores em modo cooperativo. Além disso graficamente era um jogo bastante avançado para a altura, com uma enorme variedade de cenários e muitas explosões.

 

Metroid

Tal como Super Mario, a série Metroid também se estreou na NES e, com ela, a primeira personagem feminina de sucesso em videojogos, Samus.

Apesar de não ser tão bem conseguido graficamente como Contra, Metroid conta com um design de níveis quase a roçar o mundo aberto, que juntamente com Castlevania, ajudaram a definir o género Metroidvania, para este estilo de jogos.

Metroid também contava com uma jogabilidade extremamente afinada e precisa que combinava plataformas e tiros, uma história intrigante e belas lutas de bosses.

Vários títulos da série foram lançados ao longo dos anos, inclusive de géneros diferentes, mas este foi o original e já era bem avançado para a época.

 

Mega Man

Um dos jogos mais adorados de sempre e, sem dúvida, dos mais pedidos para regressar, a história de Mega Man teve inicio na NES e revolucionou a forma como a história dos jogos de acção pode ser contada.

Era um jogo extremamente desafiante, com boa jogabilidade e lutas de bosses divertidas. Apesar de não ter sido um sucesso comercial, muito por culpa da capa horrenda que nada tinha a ver com o jogo, foi bastante aclamado pela crítica, principalmente devido ao design dos níveis, personagens e gráficos. Foi também o primeiro jogo da Capcom feito exclusivamente para uma consola caseira.

 

Ninja Gaiden

Ninja Gaiden é um jogo de plataformas com elementos de hack and slash, lançado para a NES em 1988 pela Tecmo.

É um jogo muito conhecido pela sua dificuldade, com hordas de inimigos sempre no nosso encalço, além de ser dos primeiros a apresentar cinemáticas ao estilo anime, entre os níveis.

O jogo conta com uma história de vingança bastante boa, excelentes lutas de bosses, níveis muito bem desenhados e extremamente desafiantes, assim como uma banda sonora memorável.

 

The Legend of Zelda

Aquela que é a segunda maior série da Nintendo também se estreou na NES, The Legend of Zelda deixou a comunidade gamer aos pulos devido à sua mistura de fantasia, acção e puzzles e fez uma geração descobrir que se andarem com uma espada oferecida por um velho que mora numa caverna, podem andar sozinhos na rua à vontade.

O jogo também apresentava uma estrutura de mundo aberto, dividido em secções que podíamos explorar à vontade, com itens que davam acesso a zonas previamente bloqueadas. Esta estrutura manteve-se até aos dias de hoje, sendo que alguns dos títulos mais conhecidos acabaram por utilizar este esquema.

 

Castlevania

Num passado quase longínquo, quando a Konami ainda era fixe e adorada pelos jogadores, Castlevania foi lançado e, que belo jogo foi.

Apostando num estilo de jogo que viria a ser imitado por jogos como Ninja Gaiden, este jogo de vampiros coloca-nos na luta contra Drácula, um dos vilões mais conhecidos de sempre.

Tal como Metroid, Castlevania ajudou a estabelecer o género Metroidvania, utilizado por jogos que fazem uso de elementos destes dois, pelo que é um jogo extremamente importante para a indústria dos videojogos.

 

Final Fantasy

Foi o primeiro jogo daquela que é a maior série de videojogos da história, o primeiro Final Fantasy foi um enorme sucesso comercial e salvou a Square da falência, o que possibilitou o lançamento de inúmeros jogos memoráveis, nos anos que vieram.

O jogo possuía gráficos muito bons e uma história interessante e, apesar de o segundo título ter sido o responsável por criar as mecânicas que viriam a ser padrão na série, pela sua importância o original merece o lugar de destaque nesta lista.

 

Tetris

Um jogo aparentemente simples acabou por se tornar um sucesso fenomenal, sendo um dos jogos que mais vendeu na história, assim como o melhor treino para arrumar a mala do carro nas férias, não existe jogo como o Tetris original.

O jogo que revolucionou os puzzles, já foi lançado para praticamente todas as consolas existentes e, muitos clones foram feitos, e incluiu uma das bandas sonoras mais conhecidas da indústria de videojogos. Dificilmente existe alguém que não tenha jogado ou não conheça Tetris.

 

Duck Tales

Baseado na série animada com o mesmo nome, Duck Tales segue as aventuras do Tio Patinhas por vários pontos do planeta, num excelente jogo de plataformas que foi produzido por vários elementos da equipa que fez Mega Man.

Além dos gráficos bastante coloridos, a jogabilidade e design de níveis, assim como a banda sonora, foram muito bem conseguidos. O jogo ainda apresenta dois finais alternativos dependendo da quantidade de dinheiro que façam durante a história.

O jogo foi remasterizado em 2013, apresentando excelentes gráficos com cenários animados, cinemáticas com as vozes originais e a banda sonora refeita. Aconselhamos vivamente que joguem ambas as versões.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...