Com cada ano que acaba, começamos a olhar para o ano que vem e, para quem gosta de jogos, quais os que mais esperamos para esse ano. 2017 não é diferente e, após um ano de 2016 recheado de grandes jogos, especialmente FPS, os fãs podem contar com um novo ano cheio de grandes títulos.

Estes são aqueles que mais esperamos ver nas lojas.

Sniper: Ghost Warrior 3

Estúdio: CI Games.
Plataformas: PC, PS4, Xbox One.
Data de Lançamento: 4 de abril de 2017.
Estilo: Guerra Moderna/ Mundo aberto/ Stealth

Sniper Ghost Warrior é uma série que, apesar de não ser muito aclamado pela crítica, que o costuma colocar atrás de Sniper Elite, não deixa de oferecer jogos que vêm aumentado de qualidade a cada novo lançamento.

Para Sniper Ghost Warrior 3, a CI Games decidiu elevar a fasquia e introduzir um mundo aberto à exploração, mantendo as mecânicas já conhecidas dos anteriores. Isto significa que será importante nos manter escondidos, enquanto estudamos o campo de batalha, para podermos abater o nosso alvo de forma rápida e silenciosa.

 

Prey

Estúdio: Arkane Studios.
Plataformas: PC, PS4, Xbox One.
Data de Lançamento: Primeira metade de 2017.
Estilo: Futurista/Aliens/ Sobrenatural

Prey é um dos jogos que mais esperamos para 2017, ainda para mais, vindo do mesmo estúdio de Dishonored.

Apesar de não ter nada a ver com o jogo original, este reboot de Prey parece oferecer mecânicas espectaculares, como a de possuir objetos do cenário para chegar a novas zonas. Além disso, o estilo de jogo e ambiente lembram bastante o de Bioshock, mas no espaço.

Veremos o que a Arkane tem reservado para nós com Prey.

 

Lawbreakers

Estúdio: Boss Key Productions.
Plataformas: PC.
Data de lançamento: 2017
Estilo: Arena/ Baseado em equipa/ movimentos avançados

Com a enorme popularidade de Overwatch, cada vez mais estúdios apostam neste formato. Apesar de Lawbreakers ter sido anunciado antes de toda esta moda, o novo jogo de Cliff Bleszinski parece uma mistura entre Overwatch e Unreal Tournament, com mecânicas de gravidade zero.

Apesar de os demos já revelados não mostrarem nada de especial quanto ao jogo, acreditamos que a experiência de Cliff torne o jogo em algo diferente do resto da concorrência, daí a inclusão nesta lista.

 

Battalion 1944

Estúdio: Bulkhead Interactive.
Plataformas: PC, PS4, Xbox One.
Data de Lançamento: Mayo 2017.
Estilo: 2ª Guerra Mundial.

Após o enorme sucesso de Battlefield 1, a comunidade gamer ficou com uma vontade ainda maior de ver mais títulos passados nas guerras mundiais. Battalion 1944 é um título extremamente promissor, que fez enorme sucesso no Kickstarter. Mistura grandes gráficos, jogabilidade fluída, destruição e autenticidade num jogo de 2ª Guerra Mundial.

Além disso foi mostrado um sistema de personalização de armas muito interessante e realista, assim como a possibilidade de existir uma campanha single player. Mal podemos esperar por jogar este jogo.

 

Destiny 2

Estúdio: Bungie (Activision).
Plataformas: PC, PS4, Xbox One.
Data de Lançamento: 2017
Estilo: Shooter RPG de mundo aberto

Aquele que é um dos FPS com a maior comunidade nas consolas, Destiny 2 promete evoluir de forma substancial face ao primeiro jogo. A Bungie mostrou com Destiny que sabe ouvir a comunidade e prometeu mecânicas à muito pedidas pelos fãs, assim como um mundo aberto à exploração, que ficou bastante de parte no original.

Sendo que Destiny é um dos jogos que mais jogamos nesta geração, as nossas expectativas para Destiny 2 são enormes, ainda para mais saindo também para PC, que nos deixa intrigados com o port, tendo em conta que os últimos grandes títulos da Activision, nomeadamente Call of Duty que não tem tido ports muito famosos.

 

Quake Champions

Estúdio: id Software, Saber Interactive.
Plataformas: PC.
Data de Lançamento: 2017.
Estilo: Arena/ Baseado em equipa

Aquele que é um dos jogos que tornou os eSports conhecidos, volta com um formato um pouco diferente do conhecido. Além de manter o combate rápido em arena, Quake Champions introduz classes e personagens, aderindo à moda mais recente tornada famosa por Overwatch.

Apesar de termos algumas saudades de um bom shooter de arena clássico (Toxikk não chega), este novo formato ainda nos deixa algumas dúvidas, mas acreditamos que vai ser um bom jogo.

 

Insurgency: Sandstorm

Estúdio: New World Interactive.
Plataformas: PC, PS4, Xbox One.
Data de lançamento: 2017.
Estilo: Guerra moderna/ Hardcore

Aquele que é de longe, um dos melhores FPS da atualidade, Insurgency, que começou como um mod em Source, afirmou-se como um jogo extremamente popular, com mecânicas hardcore em mapas mais abertos que, por exemplo, Counter Strike.

Insurgency: Sandstorm é o título da expansão, que marcará também o lançamento do jogo nas consolas, assim como uma mudança de motor gráfico, passando a usar o Unreal Engine 3. Esperamos com bastantes expectativas por este jogo, e estamos curiosos para ver como um jogo cujas mecânicas estão optimizadas para PC, se vai comportar nas consolas.

 

Rising Storm 2: Vietnam

Estúdio: Tripwire Interactive
Plataformas: PC.
Data de lançamento: 2017.
Estilo: Guerra Vietname/ Hardcore

Tal como Insurgency, Rising Storm, que pertence à série Red Orchestra, é um jogo bastante popular com uma comunidade muito ativa. O jogo também se caracteriza pelas mecânicas hardcore, com tempo para matar muito rápido e uma autenticidade enorme.

Rising Storm 2 muda o seu cenário da guerra no Pacífico durante a 2ª Guerra Mundial, para um cenário parecido, mas na Guerra do Vietname. Os jogadores podem esperar as mesmas mecânicas hardcore, pouco acessíveis mas bastante divertidas para os fãs.

Esperamos pelo seu lançamento